Saco Gestacional vazio ou irregular, expelido, tabela de tamanho e idade

O saco gestacional é a primeira estrutura que se forma para o desenvolvimento da gravidez, que dará início a bolsa amniótica.

No acompanhamento do primeiro trimestre de gestação, o saco gestacional é utilizado como um dos parâmetros para verificar se a gravidez está se desenvolvendo adequadamente.

A verificação do formato, contorno, conteúdo e tamanho do saco são medidas importantes para o acompanhamento e, para melhor visualização, geralmente é feito o ultrassom transvaginal.

O que é saco gestacional?

O saco gestacional é um invólucro que abrigará o bebê, líquido amniótico e a vesícula vitelina durante uma gestação.

Ele é a primeira coisa a se ver em um ultrassom, antes mesmo de ser possível visualizar o bebê dentro dele.

O saco gestacional tem seu início quando a quantidade de Beta HCG no sangue atinge valores iguais ou superiores a 3mUl, lá pela 4ª ou 5ª semana de gravidez.

É comum muitas mulheres se assustarem quando a ultrassonografia apresenta um “vazio” por dentro. Isso acontece porque o saco gestacional aparece quando o bebê ainda é minúsculo. Então, dá a impressão de que tem alguma coisa errada acontecendo na gravidez, quando não há.

Para que serve 

O saco gestacional é imprescindível para a saúde e desenvolvimento do bebê.

Suas funções principais envolve dar suporte ao bebê até aproximadamente a 12ª semana e formar toda a estrutura de que o feto precisará para crescer de forma saudável, como a placenta e a bolsa.

Outra função do saco gestacional é indicar como anda a progressão da gravidez.

Se houver algum problema, ele é um dos primeiros a sinalizar um estado de alerta, através de sua forma e tamanho.

Por isso, durante um exame convencional, o médico analisa características do saco gestacional para saber como se comporta a gravidez.

Os aspectos do SG a serem analisados em ultrassom são: formato, tamanho, implantação e conteúdo.

como é o saco gestacional

Como é o saco gestacional? 

Em uma gestação saudável, o saco gestacional aparece por volta do fim da 4ª semana e é tão pequeno que chega a lembrar uma mancha no útero.

Ele é como uma fina membrana que possui em seu interior um líquido de cor clara.

À medida que as semanas passam e o bebê cresce, ocorrem mudanças na forma e no tamanho do saco gestacional.

Após a quinta semana, a estrutura se torna mais visível e seu formato mais regular e centrado.

Normalmente, é possível ver o bebê – através de ultrassom – dentro do saco gestacional logo após à 6ª semana de gravidez.

O tamanho também pode variar.

Por exemplo, um SG que se apresente em um tamanho pequeno para a idade gestacional pode referir-se a uma gravidez fruto de uma ovulação tardia.

Nesse caso, a mulher estará com menos tempo de gravidez do que o calculado através da última menstruação.

Com quanto tempo aparece o saco gestacional?

Como o embrião fica visível apenas a partir da quinta semana de gestação, caso o exame seja feito nessa época, pode ser que somente o saco gestacional seja visto, o que causa preocupação em algumas gestantes.

saco gestacional irregular

Entretanto, não visualizar o feto não quer dizer que o embrião não está se desenvolvendo de modo sadio, apenas que a gestação ainda está muito recente. (Foto: Foster Womb)

Tabela de Tamanho de acordo com a Idade Gestacional

Mas, felizmente, para acalmar os ânimos e ajudar no acompanhamento, existe uma tabela padrão, onde podemos ter uma noção do desenvolvimento do bebê através do tamanho do SG.

Assim fica mais fácil de identificar problemas e anomalias com antecedência.

Durante a realização do ultrassom, o médico obstetra faz diversas medições referentes à tamanho, forma, distâncias e etc.

Entre esses valores (especialmente nos dois primeiros ultrassons) estarão o tamanho do saco gestacional.

Ele compara as medições feitas pelas imagens em vídeo com os valores da tabela a seguir:

IDADE GESTACIONAL DIAMETRO (MM) VARIANTE (MM)
4 semanas 5 2 a 8
5 semanas 10 6 a 16
6 semanas 16 9 a 23
7 semanas 23 15 a 31
8 semanas 30 22 a 38
9 semanas 37 28 a 16
10 semanas 43 35 a 51
11 semanas 51 42 a 60
12 semanas 60 51 a 69

Saco gestacional vazio

Caso o ultrassom seja realizado precocemente e não tenha sido possível visualizar o embrião, o ideal é realizar um novo exame a partir da oitava semana de gestação, já que o coração do bebê começa a bater entre a sexta e a sétima semana de gravidez. Se após essa espera for realizado um novo exame e o embrião não for visualizado, apenas o saco gestacional vazio, significa que a gestação é anembrionária, também chamada de anembrionada ou ovo cego. Nesse caso, o óvulo fertilizado implanta-se no útero, mas o embrião não se desenvolve.

saco gestacional vazio

Foto: Verywell

Como há a presença do óvulo no útero, o organismo da mulher entende a gestação, o que faz com que os hormônios da gravidez sejam produzidos, o que evita a menstruação, aborto ou qualquer outro sinal de que a gravidez não está se desenvolvendo; por esse motivo, a mulher só percebe o problema através do ultrassom.

Em caso de gestação anembrionária confirmada, o médico poderá optar por aguardar um aborto espontâneo, que pode acontecer nas próximas semanas, ou realizar uma curetagem, que é um procedimento realizado no hospital do qual, na maioria das vezes, a mulher recebe alta no mesmo dia.

Apesar da decepção e tristeza que uma gestação como essa traz para a família, a mulher poderá engravidar normalmente dentro de pouco tempo.

Descolamento do saco gestacional 

Um dos problemas que podem acontecer durante a gravidez e que estão entre os mais temidos pelas gestantes é o descolamento do saco gestacional.

Mesmo em uma gravidez 100% saudável, pode haver um hematoma, fruto de esforço físico, quedas ou desregulação de progesterona.

Quando acontecem, pode resultar em um descolamento do SG.

Quando o descolamento é superior a 50%, existem grandes chances de que essa gravidez não evolua, resultando em aborto espontâneo.

No entanto, grande parte das mulheres que passam por descolamento do saco gestacional se reestabelecem, desde que tomem a medicação correta e fiquem em repouso.

Infelizmente não existe uma forma eficaz de prever ou prevenir o descolamento do SG.

O ideal é não pegar peso durante a gravidez e realizar o acompanhamento pré-natal rigorosamente, afim de avaliar especialmente a produção de progesterona.

Repouso após o descolamento 

Quando acontece o descolamento, a reversão se dá com o uso de remédios e repouso.

Para que possa ser tratado de forma correta e não resultar em maiores riscos para o bebê, recomenda-se ficar atenta aos seguintes sintomas:

Sempre sinalize seu obstetra a respeito de qualquer sintoma ou dor que julgar incomum.

Uma vez detectado o descolamento, a paciente deverá ficar de repouso absoluto por 15 dias e, em casos mais graves, uma internação é necessária para cuidados mais intensos.

Durante o repouso, a mulher deve ser tratada com uma suplementação hormonal (progesterona), tomar bastante líquido e abster-se de relações sexuais.

Após esse período, deve-se realizar um exame de ultrassom para confirmar o reestabelecimento do saco gestacional.

É perfeitamente normal mulheres que passaram por descolamento de SG levarem o resto de sua gestação de forma normal e saudável.

Saco gestacional irregular volta ao normal?

Durante o primeiro trimestre, um dos itens de verificação do saco gestacional é o seu contorno, pois no caso de formato irregular, o risco de descolamento do saco e aborto é maior. Nesses casos, a gestante deverá permanecer em repouso e fazer uso de medicamentos prescritos pelo médico, para que o saco gestacional volte ao normal e a gestação se desenvolva corretamente.

saco gestacional anembrionado

Foto: Womenonly

Saco gestacional expelido

Em caso de aborto retido, incompleto ou gravidez anembrionária, o médico poderá verificar o útero da mulher e optar por aguardar que o saco gestacional seja expelido naturalmente, o que pode acontecer nas próximas semanas, ou realizar uma curetagem, que é um procedimento realizado no hospital do qual, na maioria das vezes, a mulher recebe alta no mesmo dia.

Saco gestacional pequeno

Durante o ultrassom, o obstetra avalia o tamanho do saco gestacional, comparando-o com o tamanho do feto para verificação do desenvolvimento da gravidez. Caso seja constatado um saco gestacional com tamanho inferior a 20mm e não haja a percepção de embrião, é provável que seja diagnosticada uma gravidez anembrionária; nesses casos, o médico deverá solicitar um novo exame dentro dos próximos dias para verificar se houve alguma alteração no quadro da gestante antes da confirmação.

Saco gestacional pode ser confundido com cisto?

E o contrário também é possível.

Devido ao pequeno tamanho e por se assemelhar a uma mancha nas primeiras aparições, a forma do saco gestacional pode lembrar uma mancha e ser mal interpretada como um cisto.

Além disso, tanto o cisto como a gravidez envolvem mudanças hormonais e inclusive tem sintomas parecidos.

É comum que uma mulher com um cisto sinta enjoos, náuseas, sensação de abdômen inchado e pasmem: pode até mesmo sinalizar um positivo no teste de gravidez.

Para que isso não ocorra e resulte em um grande susto, é necessário estar atenta para as diferenças entre um e outro.

Primeiramente, um cisto causa dores na área pélvica e no abdômen, geralmente se intensificando quando o estômago está cheio.

Em uma gravidez normal, não há ocorrência de dores nessa região.

Outra diferença é que o cisto causa sangramento vaginal, o que não é para ocorrer – ou não é comum – no início da gravidez.

O melhor é sempre recorrer ao seu médico e optar por um diagnóstico preciso.

Saco gestacional de gêmeos 

E quando são dois?

Bom, isso vai depender do tipo. Se forem gêmeos univitelinos eles dividem o mesmo saco gestacional.

No caso de gêmeos fraternos, cada embrião terá seu próprio compartimento especial, cada um com um saco gestacional próprio dentro do útero da mãe.

E como praticamente tudo numa gravidez de gêmeos, o cuidado deverá ser dobrado para que não haja problemas com descolamento ou outras complicações.

Saco Gestacional vazio ou irregular, expelido, tabela de tamanho e idade
3.7 (73.33%) 6 vote[s]

  • Adicione um comentário

    *