Quantos dias de atraso menstrual é considerado gravidez?

Saber quantos dias de atraso menstrual é considerado gravidez consiste numa informação importante para as mulheres. Afinal, quando a menstruação não desce no dia certo, logo vem o pensamento de que se trata de um sintoma de gravidez.

A verdade é que, além da gestação, são vários fatores simples que podem levar a menstruação a demorar um pouco mais para a aparecer. Entre eles estão o estresse, uso de medicamentos e até uma mudança de rotina.

Por isso, nem sempre o atraso precisa ser um motivo para a mulher se alarmar, já pode haver outras causas.

Para evitar uma preocupação desnecessária, veja em quantos dias de atraso menstrual é considerado gravidez e o que mais pode provocá-lo.

Quantos dias de atraso menstrual é considerado gravidez?

Quando há um atraso na menstruação sem que uma gravidez tenha sido planejada, muitos pensamentos começam a passar pela cabeça da mulher. Porém, nem sempre isso significa que há um bebê em formação no útero.

Para que o atraso possa ser considerado gravidez é preciso que ele seja de, pelo menos, 15 dias. Por isso, se houve uma relação desprotegida e a menstruação não desceu no dia certo, nem sempre significa gravidez.

quantos dias de atraso menstrual é considerado gravidez

(Foto: Ava bracelet)

É comum que variações do ciclo menstrual aconteçam, o que faz com que o atraso de apenas alguns dias não precise se tornar motivo de apreensão. Mas se o atraso ultrapassar de 7 a 8 dias em mulheres com ciclo bem regular, é possível desconfiar de uma gestação.

Se a falta de menstruação vier acompanhada de pequenos sangramentos que não se assemelham ao fluxo normal, é indicado fazer o teste de farmácia. Isso pode se tratar de um sangramento de escape, o que é comum no início da gravidez.

O que pode atrasar a menstruação?

Veja quais são os fatores que podem levar a menstruação a atrasar.

  • Mudança na rotina: o corpo precisa de um tempo para se adaptar à uma nova rotina, o que pode até levar à ausência da menstruação. O ciclo menstrual voltará à normalidade assim que o corpo se adaptar às mudanças.
  • Perda de peso repentina: dietas com grande restrição de calorias pode fazer com que a produção dos hormônios responsáveis pela ovulação seja interrompida. Consequentemente, a menstruação atrasa ou não ocorre.
  • Obesidade: o ganho excessivo de peso ou quadros de obesidade levam o corpo a produzir mais estrogênio. A quantidade elevada desse hormônio no organismo pode alterar o ciclo menstrual.
  • Estresse: esse é um dos motivos mais comuns para o atraso menstrual. O próprio fato de achar que está grávida pode aumentar o estresse, atrasando ainda mais a menstruação.
  • Ficar doente: quando estamos doentes, o corpo entende que não é o momento de se programar para uma gestação. Assim, ele pode deixar de produzir os hormônios da gravidez como deveria, levando ao atraso da ovulação.
  • Medicamentos: o uso de medicamentos pode afetar o corpo, incluindo o ciclo menstrual. Nesse caso, o atraso pode ser consequência do uso de uma nova medicação ou mudança na dosagem.
  • Pílula anticoncepcional: tomar pílula também pode levar a uma variação no ciclo sem nenhum motivo aparente. Isso ocorre mesmo quando não houve esquecimento ou atraso no uso de uma pílula da cartela.
  • Síndrome dos ovários policísticos: um dos sintomas dessa síndrome é a irregularidade menstrual.
  • Ciclo irregular: muitas mulheres têm ciclos irregulares. Na adolescência, é normal que os primeiros ciclos sejam desregulados, devido à imaturidade da produção hormonal.

Como saber se está grávida?

Depois de entender quantos dias de atraso menstrual é considerado gravidez, o próximo passo é saber identificar se está ou não esperando um bebê.

Na maioria dos casos, é necessário aguardar o atraso para que o resultado seja mais preciso. Entenda melhor a seguir.

Teste de farmácia

A maneira mais comum de descobrir ou descartar uma gravidez é por meio de um teste de gravidez de farmácia. Esse teste costuma ser bem preciso, mas é necessário seguir as informações do fabricante para garantir a sua eficácia.

saber se está grávida

(Foto: Verywell Family)

Ultrassom

Além de avaliar se a mulher está ou não grávida, o ultrassom também permite identificar o tempo de gestação. Porém, para que seja possível confirmar com certeza, é preciso que o exame seja feito, no mínimo, a partir de 5 semanas de atraso menstrual.

Exame de sangue

Trata-se de um exame que identifica a presença do hormônio beta HCG, produzido pelo corpo apenas durante a gestação. Ele é mais preciso do que o teste de farmácia, pois identifica a presença do hormônio mesmo em quantidades baixas.

Porém, é possível acontecer um falso negativo quando o exame é feito antes do atraso. Nesse caso, se a menstruação não aparecer o indicado é repetir o teste alguns dias depois.

Sintomas

A atenção aos sintomas também pode ajudar a descobrir uma gravidez. Eles costumam aparecer por volta da segunda semana de atraso.

quando a menstruação atrasa e não é gravidez

(Foto: MDedge)

A mulher pode apresentar enjoo, fadiga, vômito, sensibilidade nas mamas e aumento da vontade de urinar. Com o avanço da gestação, outros sintomas se manifestam, como prisão de ventre, inchaço abdominal, tontura e azia.

É possível fazer teste de gravidez antes do atraso menstrual?

O teste de gravidez de farmácia pode sim ser feito antes do atraso da menstruação. Se o resultado for positivo, o mais provável é que a mulher esteja mesmo grávida. Mas se o teste der negativo e a menstruação não descer, o ideal é repeti-lo após alguns dias.

O hormônio beta HCG começa a ser produzido logo após a concepção. Porém, é apenas cerca de 8 a 15 dias após a relação que os níveis do hormônio se encontram em uma quantidade que pode ser detectada pelos testes de gravidez.

Já o exame de sangue pode identificar a gestação até mesmo antes do atraso menstrual. Porém, o mais recomendado é que todos os testes de gravidez sejam feitos após o atraso, o que reduz as chances de resultados imprecisos.

é normal a menstruação atrasar

(Foto: Newser)

Agora que você já entendeu quantos dias de atraso menstrual é considerado gravidez, não precisa se alarmar sempre que isso acontecer. Caso tenha suspeita de que está mesmo esperando um bebê, não deixe de fazer o teste para acabar com a dúvida.