Manchas vermelhas na pele do bebê: pode ser dente?

Pais de primeira viagem? Acalmem-se! Manchas vermelhas na pele do bebê pode ser dente. 

Notar manchas vermelhas cutâneas pode ser indicação de diversas dermatites ou mesmo de doenças mais graves. Por conta disso, muitos pais se assustam ao perceber tais manchinhas na pele dos bebês.

É importante investigar se aparecem outros sintomas em conjunto com as vermelhidões. No entanto, não é preciso criar alarde logo de início, pois as manchas podem não ser nada que se imagina.

Manchas vermelhas na pele do bebê pode ser dente? 

As manchas vermelhas podem significar desde pequenas alergias até câncer de pele. Portanto, caso elas não sumam por conta própria e venham acompanhadas de mais sintomas, o ideal é procurar um médico especialista para uma avaliação mais contundente.

Manchas vermelhas na pele do bebê pode ser dente

Isso pode ajudar a esclarecer uma condição simples da criança, como o início do nascimento dos dentes do bebê.

Se a criança estiver próxima da idade da dentição, os pais também podem verificar se de fato o nascimento de dentes é a causa das manchas vermelhas. Isso pode ser feito apenas a partir de uma observação geral do comportamento e da gengiva da criança.

Se ela tiver febre, estiver passando por momentos de choro que exprimem dor sem motivo aparente e gengiva inchada, há grandes chances de que a aparição de manchas vermelhas na pele do bebê podem ser dente. 

Porém, é importante fazer um acompanhamento com um pediatra para se certificar de que os vermelhidões não constituem algo mais grave.

Quais os sintomas de dente nascendo? 

Alguns dos sintomas mais comuns no período de dentição do bebê são dermatite na pele – as manchas vermelhas das quais comentamos -, que podem gerar coceira na região e até mesmo bolhas se a pele da criança for mais sensível do que o normal.

Outros comportamentos além dos já citados anteriormente também podem indicar que o motivo do choro excessivo e das manchas vermelhas na pele são a dentição.

São eles: a recusa em se alimentar, salivação maior do que o esperado, busca de algo para morder o tempo todo e a perda de sono. Isso ocorre porque a dor é tão incômoda que muda completamente o humor do bebê.

febre no bebe dente nascendo

Ressaltamos a importância de procurar um acompanhamento caso o bebê apresente vermelhidão, pois a aparição de manchas vermelhas na pele do bebê pode ser dente, mas pode não ser. E neste caso, alertam para problemas de pele.

No desejo de aliviar o sofrimento do bebê, muitos sentem o ímpeto de medicá-los. Todavia, existem contraindicações a isso.

Logo, para aliviar esses sintomas existem outras coisas mais seguras que os pais podem fazer. Uma primeira sugestão é massagear a gengiva dolorida do bebê, isso deve ser feito com cuidado e higiene e os movimentos devem ser feitos com os polegares em sentido circular.

Além disso, oferecer mordedores irá melhorar tanto o humor por se tratar de um brinquedo, como aliviar a dor do bebê.

Outra dica é dar alimentos gelados, pois a baixa temperatura tem o poder de suavizar o incômodo na gengiva. 

Com quantos meses nasce o dente do bebê? 

Não existe necessariamente uma idade exata para o nascimento dos dentes. É possível apenas aproximar um período em que isso pode ocorrer. Até porque os dentes de cada posição nascem em momentos diferentes e isso varia de criança para criança. De modo geral acontece o seguinte:

Os dentes incisivos inferiores podem começar a apontar na gengiva a partir de 5 meses e podem demorar até os 12 meses de vida do bebê para crescerem completamente. Quase ao mesmo tempo – dos 7 aos 12 – são os incisivos superiores que começam a apontar.

bebe ao lado de um dente

Lá pelo 9º mês de vida do bebê, os laterais de baixo e de cima da boca também começam a crescer, o que também dura mais ou menos até o bebê completar 1 ano de vida.

Depois, de 1 ano a 1 ano e 1/2, os primeiros molares tanto superiores como inferiores começam a se desenvolver.

Já com 1 ano e meio (18 meses) do bebê, é esperado que os caninos inferiores e superiores também se desenvolvam. Esse processo pode chegar até 2 anos de vida.

Por fim, os últimos dentes a se desenvolverem na primeira infância serão os segundo molares inferiores e superiores. Este desenvolvimento pode acontecer até os 30 meses de idade, isto é, até os 2 anos e 1/2. 

Como fica a gengiva do bebê quando vai nascer dente? 

Como já dito, os pais podem observar a criança para descobrir se os sintomas dizem respeito realmente à fase de dentição. Aqui vão alguns fatores que indicam início da dentição na situação da gengiva do bebê:

bebe sorrindo com os primeiros dentinhos

Gengiva inchada e bastante irrigada indicam que a dentição está próxima. Ainda, dependendo da fase, é possível ver indícios do próprio dente nela. 

Equipe Gestação Bebê

A equipe de redatores do Gestação Bebê é formada por jornalistas e profissionais convidados de diversas áreas, como pediatria e psicologia.

Deixe um comentário