Anticoncepcional que não engorda e não retém líquido existe?

Existe anticoncepcional que não engorda e não retém líquido? Tire suas dúvidas!

“Depois que comecei a tomar anticoncepcional engordei bastante.” Esta frase é muito comum nos papos entre mulheres. Mas será que de fato as pílulas anticoncepcionais são as vilãs do peso feminino?

O assunto é controverso até entre os especialistas. Mas, a maioria aceita que, no geral, os anticoncepcionais contribuem para a retenção de líquido – o que aumenta o peso da mulher em poucas gramas – ficando em torno de um quilo por ano. Veja por que logo a seguir!

Anticoncepcional que não engorda e não retém líquido

Ainda de acordo com especialistas no assunto, essa não é uma característica apenas do anticoncepcional: todo medicamento de uso contínuo provoca retenção de líquido.

No caso específico do anticoncepcional, a dosagem hormonal utilizada na fórmula é o que pode levar ao inchaço (retenção de líquido), visíveis principalmente, em membros como as pernas.

Além da pílula, outros métodos de contracepção como o adesivo, o DIU (Dispositivo Intrauterino) e a injeção trimestral, que costumam conter doses altas de progesterona – hormônio do sistema reprodutivo que prepara o útero e estimula as glândulas mamárias, podem contribuir para a retenção de líquido – dependendo da quantidade de hormônio presente em sua composição.

É claro que esses efeitos variam de mulher para mulher e de organismo para organismo. Por isso, é comum algumas mulheres incharem mais e outras menos.

Leia também: Pílula anticoncepcional pode afetar o bebê?

existe anticoncepcional que não engorda

Foto: Deshebideshe

Outro fator relevante é que pessoas que já estão acima do peso, geralmente, apresentam mais inchaços depois de fazer uso de pílula anticoncepcional. Além disso, o estresse e a pressão do trabalho também costumam aumentar a circulação sanguínea e a retenção de líquido no corpo.

Como minimizar a retenção de líquido do anticoncepcional?

A saída? Tomar muito líquido, em especial água, sucos naturais e outros alimentos que proporcionam hidratação, durante o uso das pílulas. Eles auxiliam a diminuir a retenção de líquido e consequentemente, reduzem o aumento de peso.

Mas, não adianta só culpar o anticoncepcional pelos quilinhos extras. O ideal é manter uma alimentação balanceada e praticar exercícios diários, como caminhadas, por exemplo. Meia hora de caminhada diária já ajuda a melhorar a circulação sanguínea e minimiza o inchaço e a sensação de ganho de peso – causados pelo uso da pílula anticoncepcional.

anticoncepcional que não engorda

Foto: Curejoy

Depois de todos estes cuidados, é bom saber que já existem no mercado pílulas específicas para reduzir a retenção de líquido. Elas possuem funções diuréticas – que eliminam os efeitos indesejados dos anticoncepcionais.

Essas pílulas são as de baixa dosagem hormonal – que fazem exatamente o oposto das comuns: permitem a perda de líquidos no corpo feminino.

Nomes e marcas

No mercado existem várias marcas de anticoncepcionais que também auxiliam na tarefa de liberação desse líquido retido no organismo. As mais conhecidas são as pílulas com drospirenona, encontradas em produtos como o Yasmin, Yaz, e Elani Ciclo.

Procure seu ginecologista e converse com ele sobre o anticoncepcional que não engorda e não retém líquido mais adequado para você, para o seu corpo e para sua rotina.