Search
Search
X

Útero Bicorno na gravidez: Sintomas, Riscos e Cuidados

Conheça um pouco mais sobre essa anomalia no útero que aflige tantas gestantes e tentantes

Geralmente, as mulheres só descobrem esse problema já na vida adulta, ao fazer uma ultrassonografia (na maioria das vezes quando já estão grávidas). Entretanto, a má formação é congênita, ou seja, deve-se a um problema quando a mulher ainda está no útero da mãe.

O que é Útero Bicorno?

O Útero Bicorno, ou o útero com dois “chifres”, trata-se de uma anomalia no formato do órgão. Este, que deveria ter o formato de uma pera, com a má-formação passa a ter uma membrana que causa a divisão (daí o nome) uterina, que pode ser parcial, deixando-o na forma de um Y, ou total, dividindo o útero em dois.

utero bicorno sintomas

Na imagem, algumas anomalias que podem ocorrer no útero. (Foto: Central)

Útero Bicorno – Sintomas

A mulher que possui um útero bicorno pode ter a menstruação irregular, sentir incômodos durante a ovulação e dor abdominal. Como são sintomas gerais, muitas vezes a mulher não percebe que é um problema que merece atenção e tratamento. A anomalia também pode afetar o sistema urinário e causar problemas renais.

Riscos do Útero Bicorno para saúde da gestante

Os principais riscos para uma mulher que possui o útero nesse formato são relacionados à gravidez, pois há o risco de abortos espontâneos e partos prematuros.

Esses problemas devem-se à falta de espaço para que o bebê cresça, principalmente quando a divisão do útero acontece em tamanhos desiguais, e o bebe é gerado na parte menor.

Como os abortos acontecem geralmente no início da gestação, muitas mulheres acabam por não procurar saber o porquê da interrupção natural da gravidez, o que faz com que o problema não seja descoberto e, consequentemente, possa haver a incidência de outros abortos.

Apesar dos riscos que a anomalia acarreta, não há indícios de que o problema cause infertilidade, nesse caso, o maior desafio é conseguir levar a gestação a termo.

Gravidez com Útero Bicorno

Foto: El Sol

Cuidados

Para as mulheres que descobriram esse problema e já estão grávidas, a grande maioria dos médicos sugere repouso absoluto, além do menor esforço possível.



Nesses casos, são consideradas as gestações de alto risco e, com isso, o acompanhamento da gestação é feito de modo mais assíduo, com a solicitação de uma quantidade maior de exames. Devido à falta de espaço para que o bebê cresça, geralmente essas mulheres acabam por fazer o parto prematuro através de cesariana.

Útero bicorno – tratamento

Tratamento deve começar assim que descoberto o problema. Quando a anomalia é descoberta previamente, a mulher tem a opção de fazer uma pequena cirurgia, que faz a reconstrução do formato do útero.

cirurgia para útero bicorno

Foto: Mirror

Para saber exatamente o problema antes de realizar a cirurgia, há uma série de exames que podem ser feitos para que a mulher seja corretamente diagnosticada, visto que existem outras anomalias e malformações e cada uma com um tipo de tratamento ou cirurgia diferente.  Além do ultrassom, o médico pode realizar o exame pélvico para verificar o formato exato do útero.

Caso sinta algum sintoma como o mencionado no texto acima, é realmente interessante ir ao médico e relatar sobre o que tem passado, para que, caso seja diagnosticada com o problema, tenha tempo hábil para realizar a cirurgia.

Lembre-se que é a sua saúde e do seu filho, portanto, cuide-se bem e garanta uma gravidez tranquila e inesquecível!

Útero Bicorno na gravidez: Sintomas, Riscos e Cuidados
Avalie esta matéria!






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*