Pinóquio: história infantil resumida e completa

Pinóquio é um personagem conhecido dos contos infantis e muito querido pelas crianças. Afinal, não há quem não conheça a história do menino de madeira que, quando mente, o nariz cresce.

Esse conto surgiu na Itália por volta do século XIX e agradou tanto as pessoas, que logo ganhou o mundo. Com muitas aventuras e ensinamentos importantes, essa história cativante segue sendo atual.

personagens de pinóquio

Quer saber mais sobre o conto, conhecer os personagens e descobrir a moral da história? É só continuar a leitura e voltar a se apaixonar pelo boneco de madeira que sonha em ser um menino de verdade.

Personagens do Pinóquio

As aventuras de Pinóquio apresentam alguns personagens curiosos.

pinoquio

(Foto: ScreenBeauty)

Conheça os principais personagens da história antes de ler o resumo:

  • Pinóquio: personagem central da história, é um boneco de madeira que sonha em se tornar um menino de verdade.
  • Gepeto: velho solitário que trabalha como entalhador e sonha em ter um filho. Ele cria Pinóquio a partir de um pedaço de madeira e se torna pai dele.
  • Grilo Falante: grilo que está sempre com Pinóquio o aconselhando. Muito inteligente e corajoso, está sempre pronto para ajudar o seu amigo de madeira.
  • Fada Azul: ser mágico que concede vida a Pinóquio e o ajuda nos momentos de necessidade. É ela quem toma a decisão se o boneco de madeira deve se tornar um menino de verdade.

João e Maria: histórias infantis e contos

Resumo da história do Pinóquio

Gepeto era um velho homem que sonhava ter um filho. Um dia, ele fez um boneco de madeira, que ganhou vida graças à bondosa Fada Azul. O homem então deu o nome de Pinóquio e fez o menino de madeira se arrumar para ir à escola.

No caminho, Pinóquio foi enganado por dois homens e perdeu suas moedas. Ao encontrar a Fada Azul disfarçada, ele acaba mentindo para ela e o seu nariz começa a crescer.

Mesmo com os conselhos do Grilo Falante, ele se desviou do caminho da escola e foi se divertir no circo. Lá, acabou sendo transformado em um burro e foi obrigado a trabalhar para o dono.

moral da historia do pinoquio

(Foto: Hazte Queer)

Cansado de tanto trabalhar, Pinóquio foi jogado ao mar, onde acabou engolido por uma baleia. Dentro da baleia, encontrou Gepeto, que havia saído para encontrar o filho e que também havia sido engolido.

Após conseguir sair da baleia, Pinóquio cuidou de Gepeto e decidiu nunca mais mentir. Como recompensa, a Fada Azul decidiu transformar o boneco de madeira em um menino de verdade.

O Gato de Botas: história infantil completa

História infantil completa

Conheça a história completa de Pinóquio e leia para as crianças:

Era uma vez um senhor chamado Gepeto. Ele trabalhava criando lindos brinquedos de madeira. Como era muito solitário, sonhava em ter um filho para lhe fazer companhia.

Certo dia, Gepeto encontrou um belo pedaço de madeira e decidiu usá-lo para fazer um boneco. Ao terminar, ele olhou para o objeto e disse:

– Queria tanto que esse boneco de madeira fosse um menino de verdade para ser meu filho…

A bondosa Fada Azul ouviu o seu lamento e concedeu o desejo ao velho e bondoso Gepeto. Ao ver que o boneco de madeira ganhou vida, Gepeto pulou de alegria e disse:

– Seu nome será Pinóquio!

A fada também enviou o Grilo Falante para cuidar do garoto e o aconselhar. No dia seguinte, Gepeto arrumou alguns livros para Pinóquio e o enviou para escola. Ele o alertou para que não se desviasse e voltasse para casa quando a aula terminasse.

– Não se preocupe, papai. – respondeu o boneco de madeira – Vou direto para a escola.

No caminho, Pinóquio encontrou dois homens maus, que perguntaram se ele tinha dinheiro. Ao responder que tinha algumas moedas que Gepeto lhe deu, um dos homens disse:

– Enterre essas moedas para que elas se transformem em uma árvore de dinheiro. Assim, você ficará rico e seu pai não vai mais precisar se cansar de tanto trabalhar!

O Grilo Falante tentou alertar Pinóquio para que não desse ouvido a eles e fosse direto para a escola. Porém, o garoto de madeira, desejando ver Gepeto feliz, enterrou as moedas e se sentou para esperar que se tornassem uma árvore de dinheiro.

Cansado de esperar, caiu no sono e os homens roubaram as suas moedas enterradas. Ao acordar, Pinóquio viu o que aconteceu e começou a chorar. Uma senhora se aproximou e perguntou:

– O que aconteceu? O que faz aqui sozinho e onde estão seus pais?

Como não queria que Gepeto descobrisse que tinham roubado as moedas, Pinóquio respondeu:

– Eu não tenho casa e ninguém no mundo.

A senhora revelou ser a Fada Azul e, ao descobrir que Pinóquio mentia, fez o nariz dele crescer. Ela disse para ele voltar para a casa e não mentir mais, pois sempre que fizesse isso o seu nariz cresceria.

Pinóquio prometeu à fada que não mentiria mais e o nariz voltou ao normal. No caminho para casa, encontrou um parque de diversões. O Grilo Falante novamente o alertou, dizendo para Pinóquio voltar para a casa.

Porém, o boneco resolveu ficar e tomar sorvetes que estavam dando de graça. Ao tomar o sorvete, Pinóquio se transformou em um burrinho. Ele então foi vendido para um circo junto a outras crianças transformadas, onde foi obrigado a trabalhar muito.

Os dias se passaram e Gepeto, muito triste, saiu para procurar Pinóquio. Um tempo depois, Pinóquio não aguentava mais trabalhar no circo, pois foi muito maltratado. O dono então resolveu jogá-lo no mar e, ao cair na água, Pinóquio voltou a ser um boneco.

Ele acabou engolido por uma baleia e, ao chegar ao estômago do animal, encontrou Gepeto! Ele também havia sido engolido enquanto procurava por Pinóquio e estava bastante fraco.

Pinóquio teve a ideia de acender uma fogueira com os pedaços de pau que a baleia tinha engolido. Assim, ela começou a tossir e Pinóquio e Gepeto escaparam. Pinóquio cuidou de Gepeto e, a partir daquele dia, nunca mais mentiu ou o desobedeceu.

A Fada Azul, ao ver que Pinóquio tinha se comportado e cuidado bem de Gepeto, decidiu transformá-lo em um menino de verdade. Enfim, Gepeto realizou o seu sonho de ter um filho e os dois viveram felizes para sempre!

Chapeuzinho Vermelho: histórias infantis e contos

Conheça agora outra versão da história Pinóquio:

Moral da história do Pinóquio

A principal lição de Pinóquio é que nunca devemos mentir. Sempre que ele mente, o nariz cresce, de modo que não consegue esconder a mentira. Assim, a criança aprende que, uma hora ou outra, a verdade vai aparecer.

resumo

(Foto: Extra)

O conto do Pinóquio ensina às crianças a evitarem o impulso de mentir. Por esse motivo, é muito indicado para meninos e meninas de todas as idades.

Conheça também:

Branca de Neve: história infantil e contos

História Bíblica Infantil: 5 melhores ensinamentos

Os Três Porquinhos: história infantil, nomes

Soldadinho de Chumbo: histórias e contos