João e Maria: histórias infantis e contos

João e Maria é um conto clássico europeu que fazia parte da tradição oral e, posteriormente, foi escrito e adaptado pelos irmãos Grimm.

Conta a história de dois irmãos pobres que, ao serem abandonados na floresta, encontram uma casa feita de doces. Essa é a parte mais conhecida do conto, além daquela onde as crianças espalham migalhas de pão para marcar o caminho.

Apesar de a narração apresentar alguns trechos considerados assustadores (como era comum nas versões originais dos contos) continua encantando as novas gerações.

Quer conhecer mais sobre o enredo de João e Maria e entender qual é a moral da história? Então siga as migalhas e boa leitura!

Resumo da historinha de João e Maria

A fábula de João e Maria conta a história de dois irmãos muito pobres. Eles viviam com o pai, que era lenhador, e a madrasta. Um dia, a madrasta convence o pai das crianças a abandoná-las na floresta, com a justificativa de que não podiam mais sustentá-los.

joão e maria

(Imagem: YouTube)

O pai os leva para a floresta e, no caminho, João tem a ideia de espalhar migalhas pelo chão para marcar o caminho. Porém, os pássaros comem as migalhas e João e Maria ficam perdidos na floresta.

Ao tentarem voltar para o lar, as crianças se deparam com uma casa feita de doces e, com fome, resolvem comer as guloseimas. A dona da casa aparece e gentilmente os leva para dentro, oferecendo mais doces.

Porém, a bondosa senhora revela ser uma bruxa que se alimenta de criancinhas. Ela aprisiona João para engordá-lo e depois se alimentar de sua carne. Enquanto isso, faz com que Maria se torne sua escrava.

Os irmãos bolam um plano para escapar e conseguem enganar a bruxa, que acaba presa dentro do forno. As crianças conseguem retornanr para casa levando o tesouro que haviam encontrado na casa da bruxa e, por isso, nunca mais passaram necessidades.

História João e Maria completa

Era uma vez um pobre lenhador que vivia em uma cabana próxima à floresta com seus dois filhos, que se chamavam João e Maria. Um dia, o pai das crianças resolveu se casar novamente, mas não percebeu que sua nova esposa não gostava das crianças.

Com o passar do tempo, a situação da família foi ficando mais difícil, até chegar ao ponto de quase não terem o que comer. Desesperado, o lenhador perguntou para a sua esposa:

– O que vamos fazer? Desse jeito vamos todos morrer de fome, a começar pelas crianças…

– Já sei o que vamos fazer. – respondeu a madrasta – Amanhã de manhã leve as crianças para passear na floresta e as abandone lá.

historia joão e maria completa

(Foto: Eagle 9.69)

O lenhador não queria concordar com o plano, mas foi convencido pela madrasta. O que não sabiam é que as crianças estavam escondidos e escutaram a conversa. Maria chorou ao ouvir tudo, mas João a tranquilizou:

– Não precisa chorar, irmãzinha… Eu tenho uma ideia para conseguirmos voltar para casa.

Assim que o pai e a madrasta foram dormir, João foi até o quintal e recolheu várias pedrinhas. Elas as guardou no bolso e voltou para dormir. De manhã, as crianças foram despertadas pela madrasta e levadas para a floresta pelo pai.

O lenhador disse que ia cortar lenha mais adiante e os abandonou. Porém, João marcou o caminho usando as pedrinhas e assim puderam voltar para a cabana onde viviam.

Apesar de o pai ter ficado contente com o retorno dos filhos, a madrasta se irritou. Na hora de dormir, trancou as crianças no quarto e disse para o marido:

– Amanhã vamos levá-los mais longe na floresta, assim não vão encontrar o caminho de volta.

Na manhã seguinte, as crianças receberam um pedaço de pão antes de irem com a pai para a floresta. Como a madrasta tinha fechado com chave a porta do quarto e João não conseguiu ir à noite recolher as pedrinhas, ele resolveu guardar o seu pedaço de pão.

No caminho para o lugar mais distante da floresta, João deixava as migalhas do pão caírem no chão e marcar o caminho. O pai disse que iria recolher lenha e os abandonou novamente. Maria começou a chorar e João a reconfortou:

– Não chore. Vamos seguir as migalhas de pão e voltar para casa.

Porém, ao procurar pelas migalhas no chão, os irmãos perceberam que os pássaros haviam comido tudo.

Assim, resolveram tentar achar sozinhos o caminho, mas acabaram indo mais para dentro da floresta, até que encontraram uma casinha feita toda de doces.

Encantados, resolveram comer parte do telhado de chocolate, porta de biscoitos e janela de balas. De repente, uma senhora apareceu de dentro da casa e disse com um sorriso:

– Entrem, crianças. Aqui dentro tenho muito mais doces para vocês.

As crianças entraram animadas, mas só então descobriram que a velhinha era uma bruxa má que se alimentava de criancinhas. Ela aprisionou João dentro de uma jaula para engordá-lo e assim pudesse devorá-lo. Já a pequena Maria acabou virando sua escrava.

A cada dia, João era obrigado a mostrar o dedo para bruxa para ela ver se ele havia engordado. Como o menino percebeu que ela não enxergava bem, resolveu sempre mostrar a ela um ossinho de galinha que encontrou na jaula.

– Esse menino não engorda! – reclamava a bruxa – Traga mais comida para ele, Maria!

Um dia, a bruxa se cansou de esperar e resolveu se alimentar de João. Ela mandou Maria acender o fog do caldeirão e a menina, desesperada, começou a chorar. Sem se importar, a bruxa mandou a menina entrar no forno para ver se estava bem quente.

Maria teve uma ideia e disse para a bruxa que não sabia ver se o forno estava ou não na temperatura certa. Irritada, a bruxa foi até o forno e meteu a cabeça lá dentro para mostrar como era para fazer.

Menina empurrou a bruxa para dentro do forno e a trancou lá dentro. A bruxa acabou morrendo queimada e Maria correu para libertar o irmão. Antes de fugir, os dois pegaram algumas guloseimas e descobriram um tesouro que a bruxa escondia.

Eles foram para a floresta e, depois de muito procurar, finalmente avistaram a cabana onde viviam. Ao entrarem em casa, encontraram o pai, que correu para abraçá-los.

Os dois ficaram felizes ao saber que a madrasta já não vivia lá e que o pai, muito arrependido e triste pelo que havia feito, procurou por dias os filhos pela floresta.

João e Maria contaram tudo o que havia acontecido e mostraram ao pai o tesouro que tinham encontrado. Daquele dia em diante, eles nunca mais precisaram se preocupar com dinheiro ou comida e viveram felizes para sempre.

Vídeo para assistir com as crianças

Confira o vídeo da história na íntegra junto com seu filho ou filha:

Moral da história de João e Maria

Confira alguns ensinamentos da história de João e Maria:

  • Não se deve confiar em estranhos;
  • O mal muitas vezes vem disfarçado de bem;
  • Não é porque alguém oferece coisas boas que ela tem boas intenções;
  • Mesmo em momentos difíceis, é preciso manter a calma e procurar uma solução;
  • É possível ser feliz depois de passar por tempos de dificuldades.

Gostou de conhecer mais sobre o conto João e Maria? Uma boa dica é contar a história aos seus filhos e depois perguntar o que aprenderam com ela.

Conheça também:

Os Três Porquinhos: história infantil, nomes

Soldadinho de Chumbo: histórias e contos

O Gato de Botas: história infantil completa