Search
Search
X

Falta de ar na gravidez é normal? Como Aliviar

A falta de ar, normalmente, é motivada pela dilatação dos vasos sanguíneos, que se dilatam por conta das mudanças no corpo da gestante

Falta de ar na gravidez é normal? Nem tanto. Veja como evitar esse incomodo:

O corpo da mulher passa por diversas transformações no decorrer da gestação, tanto hormonais como físicas. Além disso, alterações de humor e dúvidas também são frequentes.

Dentre todas essas mudanças, é comum a gestante sentir-se mais ofegante com o decorrer da gravidez, principalmente após alcançar o segundo trimestre. Isso ocorre porque o útero passa a crescer mais rapidamente, e essa expansão começa a pressionar outros órgãos e músculos, inclusive o diafragma.

Apesar do desconforto, entretanto, sentir-se mais ofegante não possui consequências graves e nem afeta o bebê, que continuará a receber o oxigênio necessário através do cordão umbilical sem nenhuma alteração.

Falta de ar e coração acelerado

falta de ar na gravidez

Conforme o útero vai aumentando, a sensação de ofegância vai se tornando mais frequente e, com isso, a fata de ar passa a ser uma preocupação para a gestante. (Scoopnest)

Entretanto, caso a falta de ar não seja acompanhada de outros sintomas, não há motivos para preocupação; se algum outro sintoma surgir, é aconselhável procurar o médico para uma avaliação do problema.

Falta de ar na gravidez

Além do crescimento normal da barriga, alguns outros motivos também podem desencadear a falta de ar, como problemas respiratórios que a mulher já tenha anteriormente (asma e bronquite, por exemplo), cansaço extremo ou ansiedade. Esse último é o mais comum, já que é normal que a mulher se sinta nervosa e ansiosa pelos preparativos e a chegada do bebê, mas, nesse caso, deve-se ter em mente que relaxar e descansar o máximo possível é a melhor maneira de conduzir a gravidez de modo saudável.

falta de ar no inicio da gravidez é normal

A falta de ar tende a diminuir conforme a gestação vai chegando ao seu estágio final. (Bubhub)

Por voltas das 34 semanas, o bebê começa a descer para se encaixar na pelve, liberando assim mais espaço para os músculos e órgãos voltarem aos seus lugares habituais e, com isso, a respiração melhora.

Respiração ofegante na gravidez é normal?

Outro sintoma frequentemente sentido por mulheres grávidas é o coração acelerado, mesmo que estejam em repouso. Isso ocorre porque o órgão, com a gestação, passa mesmo a trabalhar em um ritmo mais acelerado, já que o corpo da mulher precisa suprir a demanda de se auto sustentar e fornecer mais oxigênio e os nutrientes necessários para o desenvolvimento do bebê. Estima-se que, por isso, durante a gravidez o corpo da mulher produza dois litros a mais de sangue, o que sobrecarrega o coração, que precisa bombear essa maior quantidade do líquido.



falta de ar na gravidez primeiro trimestre

Com essa mudança, a média de batimentos cardíacos da mulher, que é de cerca de 70 por minuto, pode chegar a 100. (Nazdravie)

Caso a mulher tenha problemas cardíacos, histórico de doenças cardíacas na família ou sinta outros sintomas além do coração acelerado, entretanto, também é aconselhável informar o médico, já que poderá precisar de um acompanhamento de um cardiologista e, assim, evitar qualquer tipo de complicação.

Como aliviar a falta a de ar na gravidez

Para aliviar a falta de ar na gravidez, é recomendado que a mulher evite fazer atividades físicas de alta intensidade e não pegue peso.

falta de ar no inicio da gravidez é normal

O ideal é fazer bastante repouso e praticar exercícios leves, como caminhadas de no máximo meia hora ou hidroginástica, que também podem auxiliar no controle da respiração. (Soulfulfitness)

Buscar uma posição confortável para dormir também é importante, para que o corpo possa repousar durante a noite e a mulher não acorde com sensação de desconforto e dores, o que pode piorar o quadro. Para auxiliar no repouso, o ideal é evitar dormir de barriga para cima e utilizar um travesseiro ou almofada para acomodar a barriga. Algumas mulheres perceber que dormir com a cabeça mais alta também se torna uma forma mais confortável de adormecer.

Seguir uma dieta nutricional equilibrada também é importante, já que engordar muito também pode ser um fator para o aumento da falta de ar na gravidez. Por fim, controlar a ansiedade e evitar qualquer tipo de estresse durante a gestação também são recomendações preponderantes para o alívio da falta de ar.

Falta de ar na gravidez é normal? Como Aliviar
Avalie esta matéria!






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*