Mudança de humor na gravidez repentina, é normal?

 A mudança de humor na gravidez repentina é normal? Veja o que os especialistas relatam sobre esse sintoma.

Grávidas, se em um determinado momento vocês estão se sentindo lindas e radiantes porque terão um filho e, depois de alguns minutos, já desabam em choros e lamentações, não se desesperem! Saibam que isso é normal. Ou pelo menos, aceitável. O humor das gestantes costuma oscilar bastante. Às vezes, até parece que a grávida está com uma TPM (Tensão Pré-Menstrual) em longo prazo.

Isso porque a gestação provoca modificações físicas e psíquicas na mulher e no seu corpo, promovendo mudanças e adaptações nos hábitos e na rotina que, na maioria das vezes, eram impensáveis para algumas mulheres.

“Com certeza, essas adaptações influenciam a saúde psicológica da gestante levando-a, muitas vezes, a situações de estresse”, relata a mestre em Psicologia Clínica pela PUC-SP, Andreza Maria Tobias.

Foto: Dumblittleman

Foto: Dumblittleman

Mudança de humor na gravidez repentina é normal?

A culpa é dos hormônios? Sim. Em boa parte dos casos.

A grande quantidade de Beta HCG e de progesterona (hormônios que regulam a reprodução) produzidos na gestação trazem muitas transformações ao corpo feminino, mexendo com sistemas, como o endócrino e metabólico, o circulatório, o respiratório, o urinário e o nervoso.

De acordo com o ginecologista e obstetra José Luiz Peixoto, durante a gestação, as diversas modificações no sistema nervoso da mulher podem apresentar alterações na memória, na qualidade do sono (sonolência ou insônia), diminuição da visão, do olfato e da acuidade auditiva, além de gerar zumbidos e vertigens. “Essas alterações podem levar a sensação de fadiga, bem como à alteração do estado psíquico e emocional, por exemplo, ou ocasionar patologias mais comuns”, comenta o especialista.

Leia também: Alterações no corpo da mulher durante a gravidez

Vale ressaltar que independentemente da gravidez ser planejada, preocupações como as transformações do corpo, a ansiedade em relação ao parto, as mudanças na situação financeira e a transição do papel de filha e de mulher para o de mãe estão entre os principais fatores que provocam, consciente ou inconscientemente, mudanças de humor nas gestantes.

Além disso, os próprios sintomas gerados pela gravidez como enjoos, azias, cansaço, idas frequentes ao banheiro, barriga pesada e edemas podem contribuir para alterações frequentes no estado de espírito da gestante.

Foto: Matterna

Foto: Matterna

Mas nada disso é regra. Existem grávidas que não possuem mudança de humor na gravidez repentina, e que têm uma gestação tão tranquila que, não fosse o fato da barriga crescer, nem perceberiam mudanças físicas ou psíquicas.

Em todo caso, é bom que a gestante sempre possa contar com o apoio familiar e do futuro papai, que o casal consiga estabelecer uma relação de respeito mútuo e que a grávida pratique exercícios físicos ou atividades que proporcionem alegria e bem-estar. Além disso, “toda alteração física ou emocional deve ser relatada ao obstetra, que saberá como agir em cada caso”, conclui o doutor Peixoto.