Bebê gripado: sintomas, cuidados, remédio, gripe com catarro

A gripe é uma infecção respiratória comum no inverno, quando o tempo está mais seco e a temperatura mais baixa, trazendo sintomas como febre, dor de cabeça e mal-estar. Ao notar o bebê gripado, com dificuldade para respirar e mamar, é comum os pais não saberem bem como agir para aliviar o incômodo da criança.

Essa doença é muitas vezes confundida com o resfriado e geralmente não traz maiores complicações, mas é preciso tomar alguns cuidados. Entenda a diferença entre gripe e resfriado e como fazer para prevenir e tratar os seus sintomas.

Diferença entre gripe e resfriado

Os resfriados são mais comuns do que a gripe. Os sintomas aparecem aos poucos e são mais leves, podendo incluir obstrução nasal, dor de garganta e, em alguns casos, febre.

O resfriado pode aparecer em qualquer época do ano e dura só alguns dias. Apenas os sintomas são tratados, de forma a aliviar o desconforto provocado. É preciso aguardar para que o vírus vá embora, já que não há muito o que ser feito.

Já a gripe surge repentinamente e apresenta sintomas bem mais intensos, como febre alta, dor de garganta, tosse seca e mal-estar, entre outros. A gripe geralmente aparece durante os meses mais frios do ano e deve ser tratada para que não haja o risco de evoluir para uma inflamação no ouvido, sinusite ou pneumonia.

Se o bebê fica mais abatido, mesmo que tenha uma febre baixa, pode se tratar de uma gripe. Repouso e hidratação são recomendados no caso de gripe, além do uso de antitérmicos, o que deve ser feito com a indicação de um pediatra.

Como saber se o bebê está gripado?

As crianças pequenas têm três vezes mais chances de contrair uma gripe do que os adultos. Isso acontece porque a sua imunidade é menor, já que possuem pouco tempo de exposição ao vírus.

Para saber se o bebê está gripado, é preciso se atentar aos sintomas iniciais. Ele pode se mostrar mais indisposto e com dificuldade de respirar pelo nariz, já que as vias aéreas se encontram congestionadas.

crianca no colo

A gripe também pode vir acompanhada de tosse e febre, por isso é importante verificar se há o aumento na temperatura corporal. Além disso, é possível que o bebê não queira se alimentar como de costume, pois se sente incomodado com o nariz entupido e mal-estar causado pela gripe.

Sintomas

Os sintomas mais comuns que identificam o bebê gripado são:

  • Febre elevada
  • Espirro
  • Coriza (nariz escorrendo)
  • Dificuldade em respirar
  • Indisposição
  • Nariz entupido

Além desses sintomas, também é possível que a gripe se manifeste primeiramente com diarreia e vômito, para só depois apresentar os sintomas respiratórios.

Bebê gripado, que fazer?

Ao notar o seu bebê gripado, a primeira coisa a fazer é manter a calma, pois a gripe ou resfriado não vai trazer maiores complicações. É normal que o bebê perca um pouco do apetite e não se alimente direito.

O bebê pode ficar irritadiço e manhoso, o que é algo normal, já que ele se sente incomodado com o nariz entupido. Conforme o bebê cresce, as gripes e resfriados são menos frequentes, já que o seu sistema imunológico está mais fortalecido.

Gripe com catarro

Em primeiro lugar, é importante entender que o catarro é algo comum em bebês e está presente até quando eles não estão gripados. O motivo é porque ele atua como uma defesa do organismo contra a proliferação de microrganismos nocivos, além de ajudar a manter as vias aéreas limpas.

Porém, quando é o caso de bebê gripado, a produção do catarro ou muco ocorre em excesso e, quando se acumula pode causar espirros ou tosse, além da dificuldade de respirar.

O tratamento do catarro pode não ser indicado pelo pediatra pois, embora ajude na eliminação, aumentam a quantidade de secreção. O recomendado é fazer a limpeza com o uso de um pano macio embebido em soro fisiológico. O bebê deve estar deitado de lado, para evitar que acabe engolindo o catarro.

Aumentar a umidade do ambiente também ajuda, o que pode ser feito com o uso de um vaporizador ou espalhando recipientes com água pelo local. No caso de aspiradores nasais, ele deve ser usado, no máximo, duas vezes ao dia, para evitar causar irritação no nariz do pequeno.

Cuidados com a febre

Se o bebê tem menos de 3 meses e a febre chegar a 37,8 °C, é preciso procurar o médico. O mesmo vale se ele tiver menos de 2 anos de idade e a febre durar por mais de 24 horas, ou for maior de 2 anos e a febre perdurar por mais de 3 dias.

O pediatra vai indicar quais são os medicamentos que deverão ser usados para baixar a febre e trazer o alívio das dores.

bebe febril

Qual melhor posição para o bebe dormir quando está gripado?

Quando o bebê está gripado, a melhor posição para que ele possa dormir com mais tranquilidade é se for deixado com a cabeça mais elevada que o restante do corpo. Isso vai tornar a respiração mais fácil, além de trazer mais alívio para o nariz entupido.

Uma dica é colocar um travesseiro embaixo do colchão para deixar um dos lados mais altos, permitindo que a cabeça do bebê permaneça em uma posição mais elevada.

Quanto tempo dura uma gripe em bebês?

Na maioria das vezes, os sintomas que o bebê gripado apresenta começam a melhorar por volta de três a sete dias. Quando se trata de apenas um resfriado, o tempo de duração é menor e os sintomas podem desaparecer entre dois a cinco dias.

Quando o bebê convive com outras crianças, como no caso de irmãos que frequentam a creche ou escola, é bem provável que ele tenha gripe mais vezes, chegando a dez vezes até completar um ano de idade. Por isso, pode dar a impressão de que o narizinho dele está sempre escorrendo, o que acontece com maior frequência durante o inverno.

Como curar gripe em bebê

Existem dois tipos de tratamento para gripe, sendo um deles com a finalidade de aliviar os sintomas causados por essa infecção e o outro para atacar o vírus da gripe. No primeiro caso, os sintomas são minimizados com o uso de xaropes, antitérmicos (como dipirona, paracetamol ou ibuprofeno), entre outros. Já o tratamento para eliminar o vírus é feito com o uso de antivirais.

O tipo de tratamento a ser utilizado deve ser indicado pelo pediatra após o bebê passar por uma consulta, pois nenhum tipo de medicamento deve ser usado sem que tenha sido prescrito por um médico.

É importante lembrar que o uso de antibióticos não funciona para curar gripes e resfriados, pois o seu uso é feito para eliminar bactérias, é não infecções virais, como é o caso da gripe e do resfriado.

Para ajudar a aliviar os sintomas provocados pela gripe, algumas atitudes podem ser tomadas, como é mostrado a seguir:

  • Dar banhos prolongados no bebê usando água morna contribui para abaixar a febre e também diminuir a sensação de desconforto da criança.
  • A febre faz o corpo transpirar mais, o que resulta na perda de líquido. Por esse motivo, é importante manter a criança hidratada, oferecendo bastante água no decorrer do dia.
  • Fazer inalação usando soro fisiológico ajuda a tornar o muco mais fluido, reduzindo a congestão nasal. Para ajudar a expectorar, use um pouco de hortelã ou sálvia, que pode ser fresca ou desidratada.
  • Se não tiver um inalador, crie vapor ligando o chuveiro no quente. Em seguida, fique com o bebê no banheiro por cerca de 20 minutos. Como a roupinha dele pode acabar ficando úmida devido ao vapor, é melhor fazer a troca após sair do banheiro.
  • Lavar o nariz do bebê usando o soro fisiológico deixa o muco mais fluido, ajudando a deixar menos entupido.

Chás e receitas caseiras podem ajudar?

O uso de receitas caseiras pode contribuir de forma a minimizar os sintomas da gripe. Porém, é importante salientar que elas devem ser usadas como auxiliares.

Uma boa recomendação para o bebê gripado com mais de 6 meses de idade é hidratar com chás e, para melhorar a tosse seca, oferecer mel. Beber suco de laranja com acerola é uma receita caseira que ajuda a diminuir os sintomas e ainda a combater a gripe.

Se o bebê ainda não completou 6 meses, o melhor remédio caseiro para ele é a amamentação. O motivo é porque, enquanto o bebê está mamando, ele acaba engolindo as secreções nasais, o que contribui para desobstruir o nariz. Além disso, a amamentação permite o fortalecimento das defesas do pequeno e ajuda na hidratação.

bebezinho

Gripe na gravidez prejudica o bebê?

Quando a mulher está grávida, as chances de ter uma gripe ou resfriado são maiores, já que ela se encontra mais vulnerável. Por esse motivo, a gestante pode ficar preocupada imaginando que o bebê também pode ser afetado.

Porém, não há motivo para preocupação, pois o vírus da gripe não é transmitido para o bebê. O vírus não é capaz de atravessar a placenta, permanecendo na região respiratória da mãe.

Apesar disso, é preciso ficar atenta e procurar um médico caso os sintomas se agravem e a mãe apresente uma febre persistente. O recomendado é que a gestante receba a vacina contra a influenza (H1N1), que consiste em um tipo de gripe mais grave.

Bebê gripado pode tomar vacina?

Se o bebê estiver gripado e sentindo uma pequena indisposição, pode tomar a vacina sem nenhum problema. Entretanto, ele não deve ser imunizado caso apresente febre ou então algum problema mais sério, como uma pneumonia ou manchas vermelhas na pele.

Vacina contra gripe dá reação?

A dúvida se a vacina dá reação ou não é muito grande entre a maioria das pessoas. Na verdade, isso é algo considerado bem difícil de acontecer, pois a vacina é produzida com vírus inativos.

É possível que a vacina cause alguns sintomas leves, como irritação e dor no local onde foi aplicada, além da possibilidade de uma febre baixa. Porém, nenhuma reação grave será causada por conta da vacina.

Ar condicionado faz mal para bebe gripado?

O uso do ar condicionado provoca o ressecamento da mucosa respiratória, o que acaba prejudicando o bebê gripado, que provavelmente estará com as narinas obstruída pelo muco.

Mas é possível fazer o uso desse aparelho com algumas precauções. O ideal é diminuir apenas um pouco a temperatura do ambiente, cerca de 23 a 24 graus. Para que o ambiente não resseque, deixe uma toalha molhada no quarto.

gripe em bebes

Como evitar que o bebe pegar gripe da mãe

Quando a mãe está gripada, é preciso tomar algumas precauções para não contaminar o bebê. O primeiro cuidado é evitar o contato excessivo com a criança, como dar beijos nela.

As mãos devem ser lavadas sempre que for pegar o bebê e não se deve comer no mesmo prato ou usar o mesmo copo que ele. Após assoar o nariz com lenços de papel, eles devem ser jogados no lixo imediatamente, para evitar que o vírus se espalhe.

Amamentar com gripe passa para o bebê?

Ainda não se sabe se ocorre a transmissão da gripe pelo leite materno. A mãe pode amamentar a criança se os sintomas não forem fortes e se o pediatra liberar. Para evitar que o bebê seja contaminado, o melhor é usar uma máscara de proteção, que pode ser encontrada em qualquer farmácia.

Prevenção

A melhor maneira de prevenir a gripe é vacinar o bebê a partir dos 6 meses de idade. Ele deve ser mantido distante de crianças ou adultos gripados ou resfriados. Além disso, é bom evitar ficar em lugares fechados, onde não há circulação de ar.

Se a criança frequenta creche ou escolinha, é importante prestar atenção no estado de saúde dos coleguinhas, que podem transmitir facilmente a gripe ao seu filho.

É recomendado manter apenas o aleitamento materno até os 6 meses de vida do bebê, permitindo assim uma maior proteção contra a gripe e outras doenças.

Quando ir ao médico

bebe no medico

Se o bebê for menor de 3 meses, ele deve ser levado ao médico assim que notar que ele não está bem, pois há o risco de um resfriado simples evoluir para uma bronquite ou pneumonia. Caso a criança seja maior, deve ser levada ao médico se apresentar os sintomas que indicam se tratar de uma gripe, como febre elevada.

Os cuidados com o bebê gripado são fundamentais para aliviar os sintomas e deixar a criança mais confortável, além de prevenir qualquer tipo de complicação.

Referências

trocandofraldas.com.br/bebe-gripado-o-que-fazer/
http://www.danonebaby.com.br/saude/gripe-resfriado-bebes/
blog.emporiodobebeecia.com/index.php/2017/05/12/bebe-resfriado-como-cuidar/
paisefilhos.uol.com.br/bebe/e-gripe-ou-resfriado/
gravidezefilhos.com.br/bebe-gripado-ou-resfriado-veja-como-aliviar-os-sintomas/
draanaescobar.com.br/dicas-da-dra-ana/duvidas/meu-filho-esta-gripado-ligo-o-ar-condicionado-ou-nao/
tuasaude.com/remedio-caseiro-para-gripe-em-bebe/
revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI306094-10510,00-COMO+PROTEGER+SEU+FILHO+DA+SUA+GRIPE.html


  • Add Your Comment

    *