Temperatura Basal: Como medir

Temperatura basal é a temperatura mais baixa que o corpo atinge em repouso, geralmente quando a pessoa está dormindo.

Saber verificar a temperatura corporal e estar atenta às suas oscilações pode ser uma boa técnica para que a mulher conheça o seu corpo e perceba o início da ovulação e dias mais férteis, já que nesse período, a temperatura da mulher tende a ficar um pouco mais alta devido a produção de um hormônio indutor de aquecimento chamado progesterona.

O que é temperatura basal?

grafico temperatura basal positivo

Para entender melhor como a temperatura basal pode auxiliar a mulher para engravidar, o ideal é criar um gráfico para acompanhar as oscilações que a temperatura corporal apresenta.

A medição deve começar a partir do primeiro dia do ciclo menstrual, assim que a mulher acordar (o ideal é ter uma noite de sono de no mínimo seis horas para que os valores sejam mais precisos).

É importante fazer a verificação o mais cedo possível, de preferência ainda deitada, pois a atividade física eleva a temperatura corporal e com isso a verificação pode ficar prejudicada. Verificar a temperatura todos os dias com o mesmo termômetro e no mesmo lugar (os locais mais indicados são embaixo da língua ou na axila, apesar de algumas mulheres verificarem a temperatura da vagina ou ânus, o que não é recomendado) também aumentam as chances de uma percepção mais precisa das alterações.

Apesar de muitas mulheres utilizarem esse método e acreditarem em sua eficácia, os médicos se dividem em opiniões com elação à sua precisão e real auxílio para quem deseja engravidar.

Veja também: Fertilidade feminina: o que é e como funciona

temperatura basal 37

Foto: Soitbuthow

Gráfico temperatura basal positivo

Conforme o gráfico abaixo, o aumento da temperatura é sutil, em média entre 0,2ºC e 0,4ºC, mas há casos em que percebe oscilações maiores ou menores. A temperatura deverá elevar-se entre dez e dezesseis dias, até que a quantidade de progesterona no organismo diminua e a mulher fique novamente menstruada. Caso a mulher engravide, a temperatura permanecerá alta até o nascimento do bebê.

Temperatura basal normal

A temperatura basal normal da mulher varia entre 36,2ºC a 36,7ºC, a qual é verificada a partir do primeiro dia de medição. É ela que deve ser tomada como base e ponto inicial para verificar as modificações de temperatura no decorrer do mês.

Temperatura Basal - Como Medir e Gravar

Foto: HealthMagazine

Temperatura basal baixa depois da ovulação

Caso a temperatura permaneça baixa após a ovulação, significa que não ocorreu ovulação durante esse ciclo de verificação, pois é esse processo que libera a progesterona e faz com que a temperatura aumente.

Método contraceptivo

O óvulo só tem possibilidade de ser fecundado em suas primeiras 24 horas, após esse período, atinge a maturação e posteriormente em deterioração. A temperatura corporal atinge o pico mais elevado a partir dos dois primeiros dias antes da ovulação até o terceiro dia após, portanto, ao verificar o gráfico e saber reconhecer essas alterações no decorrer do mês, a mulher consegue identificar os seus dias férteis e, assim, evitar ou planejar a concepção.

Tireoide

Além de auxiliar na percepção do período fértil e com isso facilitar ou evitar uma gravidez, a análise da temperatura basal também serve para verificar possíveis distúrbios com a glândula tireoide. Nesse caso, a medição deve ser feita oralmente e, em caso de mulheres, a partir do terceiro dia do ciclo menstrual.

Caso a temperatura basal se mostre elevada constantemente, isso pode ser um sinal de hipertireoidismo, o que faz com que o metabolismo fique acelerado e haja um aumento da frequência cardíaca.

Apesar de ser um teste que pode auxiliar no autoconhecimento corporal, é muito importante ir à uma consulta médica para constatação de possíveis problemas hormonais, pois o teste de temperatura basal não é um resultado de precisão.

Avalie esta matéria!

  • Adicione um comentário

    *