Tratamento para engravidar gratuito

Procurando um tratamento para engravidar gratuito? Conheça os principais órgão públicos que disponibilizam tratamentos gratuitos para fertilização.

Síndrome do ovário policístico, miomas (tumores benignos), endometriose (quando o tecido interno do útero – o endométrio – se desenvolve fora do seu local) e problemas hormonais são algumas das doenças mais comuns que podem trazer infertilidade para as mulheres. Já para os homens, a baixa produção de espermatozoides, varizes testiculares (Varicocele), medicamentos utilizados em tratamentos de câncer (como quimioterapia) e ainda o uso de anabolizantes podem comprometer a fertilidade masculina.

Para muitos desses problemas, basta o uso de medicamentos, como é o caso do ovário policístico: a maioria dos tratamentos são à base do uso de pílula anticoncepcional – buscando evitar a formação de novos cistos e permitindo uma gravidez naturalmente. Já para outros diagnósticos, em grande parte dos casos, a melhor indicação é a FIV (Fertilização In Vitro).

Tratamento para engravidar gratuito

Fertilização In Vitro

Para o processo de fertilização in vitro é necessário retirar os óvulos da mulher, fertilizá-los dentro de um laboratório (FIV), junto com o sêmen do seu companheiro e depois, inserir os embriões gerados para o útero da mulher – procedimento que ocorre entre dois e seis dias depois da fertilização.

Foto: Invitrofertilisation

Foto: Invitrofertilisation

Com o avanço da ciência, as técnicas de reprodução estão cada vez mais seguras e as clínicas e hospitais costumam contar com equipes multidisciplinares – que oferecem diversas opções de tratamentos para a concretização deste sonho da maternidade/paternidade.

Leia também: Existe idade ideal para engravidar?

Embora existam muitas técnicas diferentes para a reprodução assistida, o mais indicado é que o casal opte pelos métodos que apresentem os melhores resultados. Se possível, os mais simples, de baixo custo e com facilidade para várias tentativas de reprodução.

Tratamentos gratuitos para fertilização

Foto: Livescience

Foto: Livescience

 Para os casais que não podem cobrir as despesas dos tratamentos para fertilização, desde 2012, o Ministério da Saúde custeia o tratamento pelo SUS (Sistema Único de Saúde), por meio da portaria 3.149. Mas, dependendo do Estado, a maioria dos hospitais e clínicas credenciadas pelo governo federal para este tratamento tem fila de espera. Além disso, existem algumas regras que precisam ser cumpridas, como idade mínima, renda familiar, histórico de doenças crônicas, realização de cursos e outros critérios médicos que determinam a prioridade no tratamento.

Pensando nisso, alguns grupos particulares, ONGs (Organizações Não Governamentais) e outros projetos sociais buscam reduzir essa fila de espera criando programas de reprodução assistida, parcial ou totalmente gratuitos (alguns cobram os medicamentos). Entre eles, citamos dois dos mais renomados no País: a Associação Instituto Sapientiae  e o Projeto Beta.

Principais órgãos públicos que realizam tratamento para fertilização:

Tratamento para engravidar gratuito
5 (100%) 1 vote[s]

    1. Avatar
      Sheila Zeferino da Silva 15 de novembro de 2016
    2. Avatar
      Valeria Renato Nonato 22 de fevereiro de 2017
    3. Avatar
      Dejane Jovina oliveira Felipe 28 de março de 2017
    4. Avatar
      Jessica 20 de junho de 2017
    5. Avatar
      BARBARA 24 de março de 2018

    Adicione um comentário

    *