Esquecimento na gravidez: causas e tratamentos

Algumas grávidas enviam perguntas querendo saber se esquecimento na gravidez é normal, se o raciocínio lento e a desatenção são comuns na gravidez. Pensando nisso, elaboramos uma matéria especial sobre esse tema, que discutiremos a seguir.

Como se não bastassem o enjoo matinal, a sonolência, seios inchados e doloridos, cólica, câimbras, sangramento irregular, mudanças constantes de humor, dentre outros sintomas, algumas gestantes podem ficar mais distraídas, esquecidas e com a memória fraca com facilidade nesse período.

 Apesar de o esquecimento ser muito comum na gravidez, as futuras mamães não precisam se preocupar: não é um problema médico e sim de origem física. E os hormônios são os grandes responsáveis por esse esquecimento na gestação, principalmente a progesterona.

Alguns levantamentos têm mostrado que a gestação de fato altera a memória da mulher no período gestacional, e que isso ocorre também pela privação do sono ou o estresse de lidar com essa grande mudança na vida.

Esquecimento na gravidez: causas e tratamentos

Esquecimento na gravidez

Foto: RedVOUX

Um estudo realizado pela Universidade de New South Wales, na Austrália, indicou que mulheres grávidas podem ter uma perda pequena de memória devido às mudanças hormonais e à ansiedade do período de gestação. Durante a pesquisa foram avaliadas 1.000 mulheres, que foram questionadas sobre suas tarefas e obrigação diárias. O resultado apontou que as elas perderam dados que já haviam fixado em sua memória.

Esse fator foi comprovado por esquecerem informações básicas como esquecer compromissos, onde deixaram sua bolsa, se desligaram o fogão e, acredite, até mesmo o número do seu próprio telefone.  Isso aconteceria, segundo o estudo, quando elas têm muitas tarefas para realizar em pouco tempo.

Já as alterações do hormônio progesterona na gravidez deixa o metabolismo lento e, consequentemente, o reflexo da gestante fica devagar, ou seja, a futura mamãe demora um pouco mais para ter atenção no que está fazendo.

A importância da progesterona

A gestação constitui um período da vida da mulher de grande atividade hormonal. A produção dos hormônios existentes adapta-se à nova fase e outros hormônios, específicos da gravidez, passam a ser produzidos. O primeiro trimestre a futura mamãe começa a sentir as modificações no organismo causadas pelo aumento drástico da progesterona e estrogênio.

Progesterona é considerada o hormônio mantenedor da gravidez. A molécula de progesterona é derivada do colesterol. Ela participa da preparação do endométrio para a implantação do óvulo fecundado na parede do útero e sustenta esse endométrio até o final da gravidez.

Leia mais: Visão embaçada na gravidez: é normal?

Esquecimento na gravidez é normal

Foto: Scoopnest

Dá para evitar o esquecimento?

Não há muito o que fazer, pois são os hormônios da gravidez “brincando” com o seu corpo para manter o bebê no seu útero. Mas não se preocupe, a condição é temporária e volta ao normal após o parto.

Evite se cansar demasiadamente. Caso o seu médico obstetra autorizar, faça regularmente algum exercício físico recomendado para gestantes (como ioga, caminhada, pilates, hidroginástica etc.), pois o sangue circulará melhor pelo seu corpo todo, incluindo o cérebro.

Como lidar com o esquecimento

Confira algumas dicas para acabar de vez com o esquecimento na gravidez:

  • -Nem pense em tomar remédios para melhorar a memória. Aliás, a futura mamãe saber que não pode nem comer um doce sequer sem perguntar para o médico antes;
  • -Tente criar estratégias para lembrar de coisas importantes;
  • -Faça um calendário bem detalhado de atividades e datas;
  • -Diminua o pouco a tamanho da sua responsabilidade (em casa ou no trabalho) e delegue algumas funções, se for possível como pagar contas ou fazer o supermercado, por exemplo;
  • -Leve na bolsa um bloquinho de notas para escrever lembretes a qualquer momento. Consulte as anotações sempre;
  • -Guarde sempre junto os itens mais que usa, como chaves, óculos e carteiras;
  • -Uso o alarme do celular ou do tablet para te lembrar da sua rotina. Exemplo: horário de tomar remédios, de sair para uma consulta no médico etc.;
  • -Leia muito e diariamente;
  • -Tente não ser dura consigo mesma. O estresse só vai ofuscar a sua memória ainda mais;
  • -Estudos indicam que falar em voz alta pode ajudar a memorizar algumas coisas. Não custa tentar, não é?!

  • Add Your Comment

    *