Distúrbios do sono durante a gravidez

A mulher pode acabar tendo dificuldade para dormir durante a gestação, e os motivos para isso são diversos, como a ação dos hormônios, a dor nas costas, o tamanho da barriga que dificulta o encontro de uma posição confortável, dentre outras. Veja a seguir mais informações sobre o assunto e como lidar com o problema e voltar a ter noites de sono tranquilas.

Os distúrbios

Os distúrbios do sono não são uma doença, mas indicam que há algo errado. Cada fase da gestação tem suas especificidades e algumas acabam afetando a noite das gravidas. É fundamental que a mulher descubra o que está atrapalhando seu sono (a causa) para que algo seja feito para solucionar o problema.

Leia ainda: Como organizar chá de bebê simples e barato

Por que eles acontecem?

Se nos três primeiros meses de gestação a mulher sente muito sono e constantemente cansada, no segundo trimestre os hormônio e o crescimento do útero sobre a bexiga fazem com a mulher sinta vontade de ir ao banheiro várias vezes durante a noite, o que atrapalha seu sono.

Nos últimos meses da gestação os hormônios estão a todo vapor, o que acelera o metabolismo feminino. O tamanho da barriga provoca dor nas costas e fica cada vez mais difícil encontrar uma posição confortável para passar a noite.

Foto: Portal RCR.

Foto: Portal RCR.

As consequências

Uma noite mal dormida traz consequências negativas, agora imagine várias noites sem conseguir descansar adequadamente. As consequências são alterações de humor, angústia, ansiedade, imunidade baixa.

O que fazer?

Depois de identificada a causa, algumas práticas podem ajudar a atravessar esse momento com mais tranquilidade. A mulher deve ter uma alimentação saudável, que mantém seu organismo funcionando corretamente e que mantém seu peso, e deve realizar exercícios físicos. Alguns medicamentos, como os que combatem a ansiedade, também podem ser receitados.