Search
Search
X

Como cortar o cordão umbilical do bebê?

Confira os principais cuidados que devem ser tomados com o cordão umbilical do bebê:

O cordão umbilical é o elo de ligação entre a gestante e o bebê em desenvolvimento na placenta. Ele é feito de uma substância gelatinosa e muito flexível que o protege, chamada geleia de Wharton, além de conter duas artérias e uma veia.

Qual a função do cordão umbilical?

Essa estrutura de comunicação entre a mãe e o bebê é fundamental para o desenvolvimento do feto, pois é através do cordão umbilical que ele recebe oxigênio, o sangue já praticamente limpo e nutrientes, além de também ser através dele que o organismo do bebê libera as substâncias a serem eliminadas. A eliminação de tais dejetos será feita pelo organismo da mãe pelos fígados e rins.

Cordão umbilical é ligado onde?

O cordão é formado em uma abertura no estômago do feto e se conecta com a mãe através da placenta. Após o nascimento da criança, será cortado em quase a sua totalidade e assim formará o umbigo do recém-nascido.

como cortar o cordão umbilical em caso de emergencia

Após o nascimento, o cordão umbilical é imediatamente cortado. (Foto: Babysitio)

Formação do cordão umbilical

O cordão começa a ser formado ainda na primeira semana de gestação, devido a sua importância para o desenvolvimento do feto, e só será cortado após o nascimento.

Quanto mede o cordão umbilical?

O cordão umbilical mede, em média, 55cm e tem cerca de um a dois centímetros de espessura. Ter o cordão muito curto ou muito longo, ou ainda com pouca geleia de Wharton, pode acarretar em problemas na comunicação entre a mãe e o bebê, como o mal funcionamento da placenta ou diminuição do líquido aminiótico.

como cortar o cordão umbilical de um recem nascido

Foto: CastingStudioBébés

Nó no cordão umbilical

O nó geralmente é formado no início da gestação, devido ao fato do feto ser ainda muito pequeno e dar a volta em si mesmo. Como o líquido amniótico mantém o cordão sempre lubrificado e com isso mais frouxo, na maioria dos casos o nó não traz nenhuma consequência para o bebê durante toda a gestação, entretanto, durante as contrações e no momento do parto poderá haver o comprometimento do fluxo sanguíneo, com o risco de morte do bebê. É por esse motivo que, quando o médico consegue detectar a presença do nó durante o ultrassom, há a preferência por realizar o parto através de uma cesariana.

Cortando o cordão umbilical

O cordão é cortado logo após o nascimento, pois o bebê já não poderá receber oxigênio através dele e terá a necessidade de usar os pulmões. O corte é feito quase rente à barriga do bebê, ficando por volta de dois centímetros grudados à pele, e que necessitará de especial atenção dos pais com relação a higiene na região.



Esse pedaço do cordão restante, chamado de coto umbilical, deverá ficar sempre limpo e seco, evitando o contato com as fezes e a urina, além de protegido para que não seja arrancado abruptamente. A queda do coto ocorrerá naturalmente, na maioria dos casos ainda na primeira quinzena de vida do bebê, quando finalmente o umbigo ficará em seu formato definitivo.

cordão umbilical é ligado onde

Foto: Pluska

Cordão umbilical enrolado no pescoço do bebê

Ver que o cordão está enrolado no pescoço durante um ultrassom não deve ser motivo de receio por parte dos pais, já que o bebê se movimenta muito na barriga da mãe e, inclusive, utiliza o cordão umbilical como um brinquedo, apertando, soltando e mudando-o de posição dentro do útero.

Estima-se que cerca de um terço dos bebês nasçam com o cordão umbilical enrolado no pescoço, o que, apesar de todo a preocupação que essa ocorrência traz, geralmente não acarreta em nenhum problema para o bebê por cauda da flexibilidade que possui e porque o bebê ainda está recebendo oxigênio através da mãe.

cordão umbilical enrolado no pescoço do bebe

Foto: Phununews

No momento do parto, quando a cabeça da criança começa a aparecer, por regra os médicos inserem um ou dois dedos próximo ao pescoço e verificam se o cordão está em volta do pescoço. Caso não esteja muito apertado, o parto segue normalmente e, tão logo se dê o nascimento, o cordão é retirado rapidamente.

Se for verificado que o bebê está muito com o pescoço muito apertado, o que pode atrapalhar a sua oxigenação mesmo pela passa passagem através do cordão e trazer o risco de sufocamento, o médico avaliará no momento do parto da melhor solução para conseguir retirar o cordão sem prejudicar o bebê.

Como cortar o cordão umbilical do bebê?
Avalie esta matéria!






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*