Search
Search
X

Mancha no colo do útero: o que pode ser?

Esclareça a seguir quais são as possíveis causas da mancha no colo do útero e os tratamentos realizados nesses casos

O aparecimento de uma mancha no colo do útero pode trazer uma grande preocupação para as mulheres, pois há o receio de que seja algo grave. Porém, há vários motivos que podem resultar no surgimento dessa lesão no útero.

Sintomas

Há alguns sintomas que indicam que há alguma alteração no colo do útero, como a secreção vaginal e sangramento nas relações sexuais:

Secreção vaginal

O aspecto da secreção vaginal revela uma inflamação no colo do útero, como odor forte e coloração esbranquiçada, amarelada ou esverdeada.

mancha no útero tratamento

A sensação de coceira também pode indicar que há algum problema.

Sangramento nas relações sexuais

O sangramento nas relações é um sintoma que pode ser causado pelo um protozoário, resultando em uma lesão no colo do útero. Como consequência, ele se torna mais sensível, apresentando sangramentos.

Causas

O surgimento de uma mancha no colo do útero pode ter como causa uma infecção ou infecção provocada por fungos, bactérias ou protozoários. Caso não seja feito o tratamento adequado, a inflamação pode se tornar crônica e resultar em uma lesão.

mancha branca no colo do útero biopsia

Foto: Terve.fi

HPV

Uma das causas para o surgimento de mancha no colo do útero é o HPV, doença transmitida através da relação sexual e, em alguns casos, pelo compartilhamento de sabonetes e uso de piscinas contaminadas, por exemplo.  Nesse caso, a mancha apresenta uma cor branca e aspecto espesso.

Alterações hormonais

É natural que o corpo da mulher passe por alterações hormonais ao longo da vida. Um exemplo é durante a gestação, onde o corpo produz uma quantidade maior de estrogênio, hormônio que pode provocar o surgimento de alguma ferida, que resulta em uma mancha no colo do útero.

Se for essa a causa do surgimento da mancha, ela desaparece naturalmente, sendo necessário apenas aguardar o processo natural da gravidez.

Uso de anticoncepcional

O uso de anticoncepcionais de alta dosagem pode ser a causa do surgimento de manchas no colo do útero, devido à quantidade elevada de estrogênio dessas pílulas. Isso pode causar uma alteração na mucosa interna do útero. Essa alteração desaparece de fora natural, sendo indicado o uso de contraceptivos com uma dosagem hormonal menor.

Endometriose

A presença de manchas escuras ou vermelhas podem indicar endometriose, que consiste na formação de um tecido na parte interna do útero ou fora dele.

Colpite

Essa inflamação ocasiona manchas vermelhas no colo do útero, que são provocadas pela presença de protozoários.



Mancha no colo do útero pode ser câncer?

Nem sempre uma mancha no útero pode ser o indicativo de câncer. Porém, é importante tratar as feridas nessa região, principalmente quando são causadas pelo HPV, que pode vir a evoluir para um câncer do colo de útero.

Pode ser gravidez?

Normalmente o surgimento de manchas no colo do útero não indica gravidez. Além disso, as mulheres que já tiveram alguns tipos de inflamação ou ferida uterina podem engravidar sem nenhum problema no futuro.

mancha branca no útero pode ser câncer

Foto: Shutterstock

Mancha branca no colo do útero é grave?

A gravidade do surgimento de uma mancha branca vai depender do diagnóstico, sendo uma das possíveis causas o HPV. Após o diagnóstico é realizado o tratamento adequado.

Tem cura?

As manchas no colo do útero são curáveis, mas é também preciso fazer a prevenção, como visitar regularmente o ginecologista. No caso do HPV, o uso de camisinha nas relações sexuais é imprescindível para evitar o contágio por essa e outras doenças.

Tratamento

O tratamento vai depender da causa da lesão no útero. Se a causa for doses elevadas de estrogênio, o ginecologista irá diminuir a dose hormonal dos contraceptivos.

Também pode ser indicado um tratamento com antibióticos e antifúngicos, além do uso de cremes vaginais que ajudam a cicatrizar a área lesionada.

Mancha no colo do útero: o que pode ser?
Avalie esta matéria!






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*