Grávida pode andar de moto?

You are currently viewing Grávida pode andar de moto?
Foto: Hellobaby

Gestante e motocicleta: Grávida pode andar de moto? Quais são os riscos?

Apesar de não existir nenhum estudo comprovado ou pesquisa segura indicando patologias que possam afetar a gestante ou o bebê por ela andar de moto, existe um receio muito forte em relação a esta prática.

Grávida pode andar de moto?

A grande questão é que andar de motocicleta, em qualquer situação, é uma opção bem mais arriscada que andar de carro, por exemplo. Já que nela não há cintos de segurança, nem airbag ou latarias – que acabam minimizando o impacto de um acidente. Além disso, dependendo do lugar que em que a gestante irá (pilotando ou na garupa), há estradas que aumentam a trepidação e o desconforto.

Agora, à medida que a barriga vai crescendo, mais especificamente, a partir do segundo trimestre, o desconforto tende a aumentar quando a gestante escolhe a moto como veículo de transporte. E se for a lugares muito distantes, por conta da posição em que ela fica, poderão ocorrer dores nas costas e até desequilíbrio pelo peso da barriga. E esse desequilíbrio sim pode provocar quedas.

Grávida pode andar de moto
Foto: Hellobaby

No geral, não existe contraindicação, a grávida pode andar de moto principalmente no primeiro trimestre, mas é preciso ter consciência dos riscos em relação ao trânsito. Pois não bastassem os motivos já citados, existe a questão estatística.

No Brasil, o número de acidentes que envolvem motocicletas é bem maior que qualquer outro veículo de transporte. Sendo responsável pela morte de mais de 10 mil pessoas por ano. Além das quedas e colisões com caminhões ou automóveis de pequeno porte, existem acidentes causados por atropelamentos e choques com animais nas rodovias.

Leia mais: Por que gestante não pode usar salto alto?

Grávida pode andar de moto
Foto: Brostrick

Mas veja bem, futuras mamães, o objetivo desta matéria não é deixá-las inseguras, mas sim fazer um alerta para o bom senso. Já que não existe contraindicação, o ideal é evitar pilotar ou estar de carona numa motocicleta, sobretudo, a partir do segundo trimestre de gestação.

Se for muito necessário, faça. Do contrário, opte pelo carro, ônibus ou táxi. Gestação é uma fase para alegrias e não para receios e inseguranças, concorda? A prevenção deve sempre ser levada em consideração durante uma gravidez, seja pilotando motos, praticando esportes radicais, fazendo uso de medicamentos sem o consentimento de um médico, alisando o cabelo ou até mesmo consumindo produtos ou alimentos que podem fazer mal ao seu bebê. #ficaadica

Equipe Gestação Bebê

A equipe de redatores do Gestação Bebê é formada por jornalistas e profissionais convidados de diversas áreas, como pediatria e psicologia.

Deixe uma resposta