Fisgadas no útero: essa dor pode ser gravidez?

Fisgadas no útero pode ser um sintoma de gravidez. Entenda os sintomas:

A gravidez é um período em que ocorrem grandes transformações no corpo da mulher.

Além das alterações físicas, ocorrem as oscilações hormonais, mudanças de humor e sensibilidade excessiva.

Alguns sintomas da gestação podem ser sentidos apenas algumas semanas após a fecundaçãooutros, logo nos primeiros dias.

Fisgadas no útero é sinal de gravidez?

Sentir fisgadas no útero pode ser um sintoma de gravidez, já que a partir da primeira semana o organismo começa a produzir um hormônio chamado Gonadotrofina coriônica humana, conhecido pela sigla HCG, que é um dos responsáveis pelo desenvolvimento da gestação; esse hormônio faz com que o útero fique inchado, o que causa as dores.

fisgadas no útero na gravidez

Além disso, pelo fato de o útero alterar o seu tamanho normal, outros órgãos próximos a ele precisam se realocar, o que também causa desconfortos. (NetDoctor)

É importante frisar que, caso a mulher sinta dores intensas ou tenha dúvidas quanto a origem do desconforto, deverá procurar um médico, pois as fisgadas no útero podem realmente ser um sintoma da gravidez, mas esse não é o único motivo que pode fazer com que a mulher sinta essas dores; já que infecções uterinas, miomas e outras doenças podem apresentar o mesmo sintoma.

Dor no útero pode vir antes e depois gravidez

O útero é um órgão elástico, que pode aumentar até cinquenta vezes o seu tamanho natural por conta de uma gravidez. Entretanto, a gestação não é o único motivo que faz com que ele se altere fisiologicamente.

Um dos motivos mais comuns das dores no útero é a menstruação. Muitas mulheres sentem cólicas todos os meses durante o período menstrual, e isso se dá porque o útero se contrai para eliminar o endométrio, que é uma camada do útero importante para o desenvolvimento de uma gestação, mas que deve ser descartada quando não há fecundação.

fisgadas no utero é sinal de gravidez

Foto: AnionCare

Caso a mulher não esteja grávida e sinta dores no útero com frequência, é importante conversar sobre esse desconforto com o ginecologista, para avaliar o real motivo das dores e determinar o melhor tratamento para tal.

Já no caso de um pós-parto, a dor no útero acontece porque o órgão está retornando ao seu tamanho natural, o que também causa desconforto e inchaço.

Algumas mulheres sentem dores mais intensas enquanto amamentam, entretanto, a dor tende a diminuir com o tempo, já que o útero leva cerca de seis semanas em média para voltar ao normal.

Deitar de bruços e fazer massagens suaves na região podem amenizar o desconforto, mas caso sinta a necessidade de medicação, é importante consultar um médico, para que ele receite um medicamento compatível com a amamentação.

É normal surgir essa dor do lado esquerdo ou direito?

fisgadas no utero do lado direito

Foto: Medisite

Quando a dor acontece somente do lado direito ou esquerdo, geralmente é causada por causa da ovulação, que ocorre no período fértil da mulher ou no final do ciclo menstrual. As fisgadas no útero podem ser amenizadas com compressas de água quente ou analgésicos.

Algumas doenças no ovário como infecções, cistos e endometriose também causam dor nos ovários, portanto, em caso de dores frequentes, deverão ser feitos exames de urina, sangue e ultrassom para a verificação do problema.

Caso a mulher esteja grávida e sinta dor em um dos ovários, deverá procurar um hospital o mais rápido possível, independentemente do estágio da gestação, pois esse pode ser um sintoma de alguma ocorrência mais grave, como uma gravidez ectópica ou aborto.


  • Add Your Comment

    *