Estrias vermelhas na gravidez – Há tratamento? Tem cura?

You are currently viewing Estrias vermelhas na gravidez – Há tratamento? Tem cura?

A desidratação da pele potencializada pelo seu estiramento de forma rápida, como ocorre na gravidez, causa o aparecimento das estrias avermelhadas.

Nesta matéria você verá tudo sobre estrias vermelhas na gravidez: há tratamento? Tem cura?

A pele humana é capaz de esticar e encolher de acordo com o crescimento do indivíduo, pois ela possui propriedades elásticas. Porém, essa flexibilidade é limitada e uma rápida distensão da pele provoca lesões conhecidas como estrias.

 As estrias gravídicas, também chamadas de víbices, são alterações atróficas que traduzem o estiramento das fibras colágenas. Seu aparecimento está condicionado à diminuição da hidratação e ao estiramento da pele. Elas aparecem mais frequentemente no abdômen, nas mamas, nas nádegas e nas coxas. (Alterações na pele durante a gestação).

Foto: Healthadvisorgroup.
Foto: Healthadvisorgroup.

“Durante a gestação, essas estrias costumam ser avermelhadas. Após o parto, a coloração delas muda, e passam a ser brancas”, diz a médica Maria Fernanda Truffa.

O aparecimento das estrias, nas mulheres grávidas, começa, geralmente, a partir do terceiro trimestre, quando o peso da futura mamãe é maior. Contudo, isso não é regra e existem mulheres que não são acometidas.

As estrias podem ser:

Vermelhas: são as mais recentes e, se não cuidadas, assumem a coloração branca. Pode ocorrer coceira no local do aparecimento.

Brancas: são as estrias mais antigas e pode-se dizer que já ocorreu uma atrofia mais intensa das fibras colágenas e elásticas.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Atróficas: são consideradas desordens estéticas de difícil resolução e elas apresentam-se com certo relevo em relação à superfície da pele.

Hipertróficas: elas possuem um maior relevo em relação à pele e também podem ser consideradas de difícil resolução.

Tratamento

 As estrias vermelhas podem ser mais facilmente eliminadas com tratamentos mais simples. Por isso, é importante começar os cuidados logo que surjam as primeiras marcas. (dicas caseiras para cuidar da beleza na gestação).

“Para evitar a formação de novas estrias e o agravamento de estrias antigas, recomenda-se que a grávida abuse do creme hidratante e óleo de amêndoas todos os dias”, explica Maria Fernanda.

Já as estrias brancas não possuem tratamento simples, mas existem alguns métodos capazes de amenizá-las e, em alguns casos, podem até sumir por completo. Nesse caso, é ideal que o paciente consulte seu médico para saber qual o possível resultado e quais procedimentos são recomendados.

Existem alguns cuidados que podem ser seguidos pelas grávidas, para evitar o aparecimento das estrias. São eles:

– Evitar o ganho de peso excessivo;

– Beber bastante água;

– Evitar tomar banhos muito quentes, que acabam ressecando a pele;

– Usar sabonete líquido, que não ressecam a pele;

– Aplicar creme hidratante ou óleo de amêndoas sempre após o banho.

Equipe Gestação Bebê

A equipe de redatores do Gestação Bebê é formada por jornalistas e profissionais convidados de diversas áreas, como pediatria e psicologia.

Este post tem 7 comentários

  1. Carynne

    Achei interessante pois como sou negra minhas estrias são mas escuras então quer dizer que minhas estrias tem cura. adorei

  2. Carynne

    Adorei saber que tem cura minhas estrias

  3. vanessa

    preciso d um tratamento para tirar minhas estrias brancas ..

  4. ilzi Pinheiro

    Também tenho bastante estria mas e so ao redor do umbigo..

  5. Delcia Zange

    obrigada pela informação, adorei saber que posso acabar com as minhas estrias

  6. Ótimo artigo, parabéns! Realmente algumas mulheres sofrem muito com esse problema de estrias e no período da gravidez é ainda mais difícil o controle pois o crescimento/esticamento da pele se dá de forma rápida. Hidratar a pele é muito importante mas nem sempre garante a prevenção, infelizmente. Tratamentos naturais costumam dar bons resultados tanto para tratar qto para prevenir, e de forma segura e econômica. Mais uma vez, parabéns pelo artigo!

  7. gabriela

    eu tbem estou gestante,estou de 26 semanas e tbem apareceu no meus seios estrias avermelhadas um pouco escura, e na cintura tbem! estou doida com isso nao sei oque fazer! eu nao tinha nem uma estria sí quer! e agora apareceu de uma vez!

Deixe um comentário