Esterilização de Mamadeira e Chupeta: como fazer

Fazer a correta esterilização de mamadeira e chupeta é fundamental para prevenir doenças e infecções. Isso porque, nos primeiros anos de vida do bebê, o organismo ainda não tem as defesas necessárias e as bactérias se instalam com mais facilmente.

Para evitar que isso aconteça, existem várias maneiras de fazer a esterilização. São procedimentos simples que ajudam a evitar a contaminação por esses microrganismos.

Então, aprenda quais são esses métodos e como cada um deles deve ser feito. Veja também algumas atitudes que devem ser evitadas na hora de limpar as mamadeiras.

Assim, será possível proteger com mais eficácia a saúde do seu bebê. Confira!

É necessário fazer a esterilização de mamadeira?

Sim, é necessário que as mamadeiras sejam esterilizadas. Ao nascer, o bebê ainda não tem o sistema imunológico completamente desenvolvido. Por esse motivo, ele está mais vulnerável a apresentar doenças e infecções.

Como os bicos das mamadeiras e chupetas costumam ter a presença de vírus e bactérias, é muito importante que o procedimento seja feito. Quando esses utensílios são devidamente esterilizados, é possível eliminar esses microrganismos.

esterilização de mamadeira no microondas

(Foto: thesimpleparent)

Por conta da imaturidade do sistema imunológico do bebê, a má higienização dos bicos pode resultar em problemas como sapinho, diarreias e vômitos.

O procedimento deve ser feito antes da mamadeira ou chupeta ser usada pela primeira vez. Em seguida, a esterilização precisa ser feita uma vez ao dia ou quando o utensílio cair no chão.

Por isso, o recomendado é que o bebê tenha ao menos 2 ou 3 mamadeiras e chupetas. Assim, quando uma estiver sendo esterilizada, ele poderá fazer uso da outra.

Tipos de esterilização de mamadeira e chupeta

Existem várias formas de fazer a esterilização dos bicos artificiais. É importante lembrar que, para que não haja a transmissão dos germes, é preciso lavar bem as mãos com água e sabão antes de começar.

É bom ressaltar que todas as maneiras que serão apresentadas são eficazes para a eliminação dos microrganismos nocivos. Cada uma delas pode ser usada de acordo com a situação e necessidade do momento.

A seguir, veja como proteger a saúde do bebê com os procedimentos mais comuns:

Como esterilizar mamadeiras no micro-ondas?

A esterilização no micro-ondas é feita de uma maneira bem prática. Isso faz com que seja considerado um método ideal para usar em viagens.

O procedimento é feito colocando a mamadeira, bico e chupeta, limpos dentro de um recipiente de vidro ou em um de plástico próprio para micro-ondas.

Também há esterilizadores próprios que são encontrados nas farmácias.

como esterilizar mamadeira

(Foto: hdwallpapersearch)

A seguir, os utensílios devem ser cobertos com água e levados ao micro-ondas em potência máxima por cerca de 6 minutos. No caso do esterilizador, é preciso seguir as orientações do fabricante.

Para finalizar, a secagem da mamadeira, bico e chupeta devem ocorrer naturalmente sobre uma folha de papel toalha ou um escorredor que esteja limpo.

Esterilização de mamadeira com água fervente

Esse também é um método simples para esterilizar, o uso da água fervente não requer nenhum aparelho específico. Basta ter uma panela nova, que deve ser utilizada apenas para a esterilização dos objetos do bebê.

A mamadeira, bico e chupeta são colocados dentro de uma panela e cobertos com água. Depois é necessário levar a panela ao fogo e deixar ferver por 5 a 10 minutos.

A seguir, é preciso retirar os objetos e deixar secar naturalmente em uma toalha de papel.

Depois que secarem bem, os utensílios devem ser guardados no armário da cozinha. Mas não se pode deixar completamente fechados.

Esterilizador elétrico

O esterilizador elétrico é fácil de manusear e usa o vapor para realizar a esterilização. Ele pode acomodar cerca de 4 a 6 mamadeiras ao mesmo tempo e, ao colocá-las dentro do aparelho, basta apertar o botão de iniciar.

Assim que a esterilização for feita, o que leva por volta de 7 minutos, os utensílios podem permanecer armazenados dentro desse mesmo recipiente.

É recomendado seguir as recomendações indicadas na caixa do produto.

O ponto positivo do uso desse método é que o esterilizador elétrico prolonga a vida útil dos utensílios. Isso ocorre porque o desgaste durante o procedimento é menor.

Esterilização com produtos químicos

Esse é outro método indicado para quem costuma viajar, já que, além de não usar eletricidade, é feito com água fria.

como esterilizar mamadeira com agua fervente

(Foto: kafeteria)

O procedimento é feito colocando um comprimido na água, que acaba sendo dissolvido. Porém, trata-se de um método que pode levar entre 30 a 60 minutos.

Até quando se deve esterilizar a mamadeira?

Conforme o bebê vai crescendo, ele passa a ter mais contato com as bactérias existentes ao seu redor. Desse modo, o seu sistema imunológico vai se fortalecendo com o passar do tempo.

Além disso, os anticorpos presentes no leite materno também contribuem para a formação das suas defesas contra esses microrganismos. Após os 6 meses de vida, o sistema de defesa se encontra mais resistente.

Apesar disso, o indicado é que as crianças usem mamadeiras e chupetas esterilizadas até os 3 anos. Isso é ainda mais importante quando frequentam escolinhas ou creches. Assim, será possível evitar maiores ocorrências de resfriados e viroses.

Dicas do que não fazer

Veja algumas dicas importantes do que não é aconselhado fazer na hora de limpar chupetas e mamadeiras:

  • Usar qualquer tipo de pano para secar os utensílios do bebê. Isso porque pode acontecer uma contaminação com micro-organismos presos aos fios do tecido.
  • Deixar alguma parte da mamadeira e chupeta fora da água na hora de esterilizar. É necessário que tudo fique encoberto pela água para a completa esterilização.
  • Deixar água e detergente dentro da mamadeira durante toda a noite de molho com o bico virado para dentro.
  • Armazenar os utensílios molhados ou ainda úmidos no armário. Isso vai provocar a proliferação de fungos.
  • Passar dias ou meses sem lavar a mamadeira e chupeta. Os microrganismos vão se espalhar por conta de resíduos de leite e de saliva presentes nos objetos.
até quando esterilizar mamadeira

(Foto: cheapstery)

Como foi explicado, o uso dos métodos de esterilização de mamadeira e chupeta é muito importante. Por isso, escolha o que considera melhor e siga as instruções que foram apresentadas.

Referências

soumamae.com.br/esterilizacao-de-mamadeiras

tuasaude.com/como-esterilizar-mamadeira-e-chupeta

guiadobebe.com.br/esterilizacao-de-mamadeiras-e-chupetas

dicaspaisefilhos.com.br/bebes-e-criancas/como-esterilizar-mamadeiras-e-chupetas