Umbigo do bebê recém-nascido com secreção

O cuidado com o umbigo do bebê é de suma importância – desde o tempo em que ele estiver com o coto, até que caia e sua cicatrização seja completa.

Algumas atitudes erradas podem trazer problemas para seu bebê. Nesse processo pode ocorrer a saída de secreção,  que se não cuidada rapidamente e da forma correta prejudicará a saúde da criança.

Veja agora algumas maneiras simples de cuidar da cicatrização do umbigo do seu bebê:

Leia mais: É normal o bebê babar demais?

Foto: Galleryhip

Foto: Galleryhip

1- Procedimento adequado

Primeiros cuidados – Quando o bebê nasce o cordão umbilical é cortado pelo obstetra, mas cerca de três centímetros permanece ainda na criança, o qual recebe o nome de coto umbilical. O bebê então é avaliado pelas enfermeiras e nele é colocado uma espécie de grampo, chamado de clamp.

Aspectos do coto umbilical – Nos primeiros momentos de vida do bebê o coto tem aspecto amolecido, gelatinoso e com uma cor branco-azulado. Com o passar do tempo ele vai entrando em um processo de ressecamento e vai ficando escuro e seco. Por isso, fique sossegada com esse processo, isso é normal.

O prazo para que o coto caia – Geralmente isso ocorre entre sete e quinze dias. Alguns bebês têm esse processo retardado por apresentarem o umbigo mais grosso, mas isso é normal e ele poderá cair até o 25º dia. É normal que ocorra também um pequeno sangramento, seguido da queda do coto umbilical.

 2 – Secreções parecidas com pus

É comum e normal que o coto tenha algum tipo de secreção amarelada que pode ser muito parecida com o pus, mas não se desespere mamãe, isso não quer dizer que ele esteja infeccionado.

Poderá aparecer um pouco de sangue na frauda do bebê devido ao contato com o coto, por isso você deve deixar o coto em contato com o ar, o máximo possível, isso ajudará para que ele seque mais rápido.

Se você desconfiar que algo não está normal com o coto do seu bebê leve-o ao médico.

Foto: Momjunstion

Foto: Momjunstion

3 – Higienização correta

Limpe-o com uma gaze limpa umedecida com um produto que tenha sido recomendado pelo pediatra – normalmente eles recomendam álcool de 70% –  higienize o local delicadamente, circundando o coto, após a queda continue higienizando e secando bem, até sua completa cicatrização.

4 – Causas de infecção

O umbigo pode infeccionar? Quais as principais causas?

  • O descuido da higienização do umbigo.
  • Fraudas sujas por muito tempo e também muito apertadas sobre o coto desprotegido.

5- Quando você precisa se preocupar?

  • Se o beber apresentar febre, mamar pouco ou aparentar não estar bem.
  • Se o umbigo ou em torno dele estiver inchado ou vermelho.
  • O coto ficar com um mal cheiro muito forte.

 6- O que deve ser evitado?

  • Evite todo tipo de receita caseira, elas poderão causar infecções. Nunca use moedas, cremes caseiros ou simpatias que possam prejudicar o umbigo do seu bebê.
  • Somente use produtos recomendados pelo pediatra.