Desenvolvimento embrionário humano: resumo das fases

Conhecer as etapas do desenvolvimento embrionário permite que a mãe possa compreender melhor o processo de formação do bebê em seu ventre


O desenvolvimento embrionário humano passa por diversas etapas, que vai desde o momento da concepção até o nascimento do bebê. Cada uma dessas etapas apresenta uma importante transformação do feto, onde há o desenvolvimento dos órgãos, sistema nervoso, formação dos membros e tudo mais.

Quando o desenvolvimento fica mais completo, o bebê já se torna capaz de sobreviver fora da barriga da mãe. Porém, mesmo após o nascimento, ele ainda passa por uma fase de amadurecimento de alguns órgãos.

Entenda neste artigo quais são as fases do desenvolvimento embrionário humano e como é a formação do bebê a cada semana da gestação.

   

O que é desenvolvimento embrionário humano

O desenvolvimento embrionário humano consiste no período em que o ser humano se desenvolve antes do seu nascimento. Esse processo tem início com o zigoto, célula que se forma quando o óvulo é fecundado por um espermatozoide, o que acontece mais precisamente na tuba uterina.

Em seguida, ocorrem diversas fases de divisão celular (mitose), até que o zigoto é transportado em direção ao útero por meio de contrações musculares da tuba uterina. Esse trajeto do zigoto pode levar entre 3 e 4 dias, até que ele se fixe no endométrio (processo que é chamado de nidação).

Desde quando ocorre a nidação do embrião no útero, novas estruturas começam a ser formadas, como a placenta e o cordão umbilical, dando então o início à gestação do feto.

Receba notícias do Gestação Bebê. É grátis!

messengerFacebook Messenger

Tudo sobre gravidez e filhos pelo chatbot do Gestação para o Facebook Messengergestação botao

Por volta de três semanas após ter ocorrido a fertilização, começam a se formar os órgãos principais do sistema nervoso, circulatório e digestivo, além do coração.

Os braços e pernas começam a se desenvolver quando o embrião está com cinco semanas e as células ósseas começam a surgir quando a gestação está em sua nona semana. É nesse período que o embrião começa a ter uma aparência humana e já pode ser chamado de feto.

Com cinco meses de gestação, o feto pesa cerca de 500g e tem em média 20 cm. O nascimento do bebê acontece quando a gravidez atinge por volta de 40 semanas.

desenvolvimento embrionário
(Foto: Anatomy-Medicine.com)

Embora o período embrionário e fetal sejam as fases onde ocorre a maioria das mudanças, o desenvolvimento humano também segue após o nascimento, durante a infância, adolescência e também na fase adulta.

Resumo das fases

As etapas que compõem o início do desenvolvimento embrionário são:

  • Ovulação: nessa primeira etapa do desenvolvimento embrionário, o óvulo é liberado pelo ovário, dirigindo-se então para a tuba uterina. É quando tem início o período fértil da mulher.
  • Fertilização: se houver o contato sexual no período fértil e o encontro do óvulo com os espermatozoides, pode acontecer a fecundação. Se isso não ocorrer, a mulher menstrua e outro ciclo menstrual começa até uma nova ovulação.
  • Formação do zigoto: após o óvulo ser fecundado, é formado o zigoto, onde há a união do material genético feminino e masculino.
  • Clivagens do zigoto: enquanto o zigoto se dirige ao útero, ele passa por diversas divisões (mitoses). Nesse processo são formados os blastômeros, estruturas que se interconectam e formam um aglomerado de células.
  • Nidação: após a fase de clivagem do zigoto, ele se fixa nas paredes do endométrio uterino. Dessa forma, tem início os primórdios do embrião e a gestação começa de fato. Durante o processo de nidação, um pequeno sangramento pode ocorrer, o que é normal. Fora isso, ainda não se manifestam sintomas que podem indicar a gravidez.
  • Anexos embrionários: são formados os anexos que têm a função de proteger e nutrir o embrião, sendo eles o cório, âmnio e saco vitelínico. O cório dará origem à placenta, enquanto que o espaço que se formou o âmnio é então preenchido pelo líquido amniótico. Já o saco vitelínico realiza a circulação do sangue.
  • Organogênese: nessa fase do desenvolvimento embrionário, são formados vários tipos de células com diferentes formatos e funções. Elas darão origem aos tecidos e órgãos do embrião que, por sua vez, vão formar o organismo.

Desenvolvimento embrionário semana a semana

O desenvolvimento do bebê no ventre da mãe passa por diversas etapas. Confira a seguir como acontece a formação do embrião e feto semana a semana, desde o momento em que houve a fecundação até o parto.

1º trimestre de gestação

0 semanas

Ocorre a fertilização, encontro do óvulo com o esperma na trompa de falópio. O embrião, fase onde é chamado de zigoto, divide-se rapidamente e flutua por 3 a 4 dias em direção ao útero.

Essa união contém as informações genéticas da mãe e do pai, a definição de todas as características do bebê, além do sexo (que é definido pelo espermatozoide).

desenvolvimento embrionário humano semana a semana
(Imagem: Youtube)
1 semana

O embrião busca um lugar para se implantar no útero e as células sanguíneas começam a ser produzidas pelo saco vitelino.

Com apenas 0,2 mm de comprimento, começam a ser formados o sistema nervoso e coluna vertebral. Também se inicia o desenvolvimento do intestino e do fígado.

2 semanas

São produzidos hormonas que fazem com que o ciclo menstrual da mãe seja interrompido.

3 semanas

Com 3 semanas o coração do embrião começa a bater e a placenta passa a funcionar. Como a espinha cresce de maneira mais rápida do que o restante do corpo, o embrião apresenta uma espécie de cauda, que desaparece conforme ele cresce. Também começa a se formar o tubo neural, que se tornará o cérebro.

fases da primeira semana do desenvolvimento embrionário
(Foto: Bebê Abril)
5 semanas

Três camadas formam o embrião. A camada interior é chamada de endoderma, responsável pela formação do fígado, pulmões, pâncreas e sistema digestivo.

A mesoderma tem a função de formar o esqueleto, coração, rins e vasos sanguíneos. Já a camada externa, a ectoderma, dará origem à pele, olhos, cabelo e sistema nervoso do bebê.

Os olhos passam a ter retina e já é possível identificar a boca e a língua. As células sanguíneas, que antes eram produzidas pelo saco vitelino, agora são fabricadas pelo fígado, fazendo com que o embrião tenha o seu próprio tipo de sangue.

6 semanas

O embrião passa a ser chamado de feto e apresenta entre 9 a 14 mm de comprimento. Com o desenvolvimento dos braços e pernas, já é possível visualizar os dedos. Nessa fase, o feto começa a se mover e a nadar no líquido presente no saco amniótico.

8 semanas

Com o coração quase totalmente formado, o sangue é oxigenado pela placenta. Os dentes de leite começam a se desenvolver na mandíbula e vários órgãos passam a funcionar.

O que acontece no período embrionário

Os ossos começam a endurecer e os dedos e mãos apresentam as primeiras articulações. O cérebro do bebê vai ficando mais complexo e ele começa a mostrar respostas a alguns tipos de estímulos.

10 semanas

O feto já é capaz de sentir dor, já que o cérebro está formado por completo. Os olhos são recobertos pelas pálpebras e ficam fechadas até o sétimo mês. Também são formadas as cordas vocais e o bebê já consegue levar o polegar à boca.

Os rins passam a funcionar pela primeira vez e se desenvolvem os ovários ou testículos, mas ainda não é possível saber qual é o sexo do bebê.

2º trimestre

12 semanas

O feto tem entre 5 a 8 cm de comprimento e formam-se completamente as pálpebras e unhas. Os músculos continuam a se desenvolver e a mãe passa a sentir os movimentos do bebê. Ele vai ficando cada vez mais forte e os riscos de aborto caem.



13 semanas

O paladar do feto se forma e ele já consegue sentir os sabores dos alimentos ingeridos pela mãe. Também já é possível observar os seus movimentos espontâneos.

Quais são as etapas do desenvolvimento embrionárioOs intestinos saem do cordão umbilical para o abdômen. O feto começa a urinar devido ao líquido amniótico que engole.

14 semanas

Nessa etapa da gestação, o bebê consegue dar cambalhotas e pontapés. Suas sobrancelhas e cabelo começam a surgir.

Ocorre o desenvolvimento da audição e, mesmo com os olhos fechados, o bebê já é sensível a alterações de luz.

16 semanas

Há um rápido crescimento do feto e o amadurecimento do sistema nervoso central, além de a circulação do sangue estar completamente desenvolvida. Para acompanhar as necessidades do bebê, o cordão umbilical se alonga e se torna mais forte.

18 semanas

Os órgãos sexuais já podem ser visualizados, permitindo identificar se o bebê é um menino ou uma menina por meio do ultrassom.

O que ocorre durante a Organogenese
(Foto: Pregnancy – LoveToKnow)

O bebê já consegue identificar a voz da mãe e também pode se assustar com barulhos externos.

20 semanas

O peso do feto é de cerca de 250 a 450 g e ele mede entre 15 a 19 cm de comprimento. Sua pele, antes transparente, passa a ficar opaca. As células nervosas se desenvolvem para permitir que os sentidos sejam aflorados (audição, olfato, visão, paladar e tato).

O corpo do bebê se encontra revestido por uma camada gordurosa e esbranquiçada chamada vernix caseosa, que ajuda a proteger a pele e também age como um lubrificante para facilitar o movimento de encaixe do bebê na pelve para a parto.

3º semestre

22 semanas

Nessa etapa, o feto está recoberto pelo lanugo, uma pelagem fina que protege a pele. Os pulmões estão se desenvolvendo e o bebê começa a praticar a respiração ao engolir o líquido amniótico.

24 semanas

Os olhos estão totalmente formados e o feto já é capaz de chorar. Ele também pode inalar e exalar e começam a ser formar as digitais.

Onde ocorre o desenvolvimento do embrião
(Foto: Femina Hospital infantil e Maternidade)

O bebê está medindo entre 27 a 20 cm e pesa cerca de 500 a 600 g. No caso de ele nascer prematuramente, precisará ficar na UTI neonatal para continuar o seu desenvolvimento.

26 semanas

O cérebro do bebê cresce de maneira rápida e os pulmões estão ficando mais fortalecidos. Os ouvidos funcionam totalmente e as narinas se abrem aos poucos.

O bebê ainda consegue se mover de forma livre no líquido amniótico. As estruturas que formam a coluna começam a se desenvolver.

28 semanas

O feto já é capaz de sobreviver fora do útero caso aconteça um parto prematuro. A cabeça está mais proporcional ao restante do corpo e a sua aparência está mais próxima da qual terá ao nascer. Ele tem cerca de 33 cm de comprimento e pesa em média 1 kg.

30 semanas

O bebê dorme praticamente o dia todo. Quando está acordado, ele presta mais atenção aos sons e movimentos externos. Ele já pode se manter na posição que ficará até a chegada do parto.

O que acontece no período embrionário

Nessa semana o bebê pode ter soluços, o que significa que houve o amadurecimento dos pulmões. O cérebro já é capaz de regular a temperatura corporal e também fazer o controle da respiração do bebê.

32 semanas

O bebê já consegue se mover para onde deseja. Sua pele se torna mais lisa, ocorre o crescimento dos cabelos e suas unhas alcançam a ponta dos dedinhos. Ele mede entre 41 e 42 cm e pesa por volta de 1720 g.

36 semanas

Quase todo o lanugo já caiu e o tamanho do bebê já preenche quase todo o espaço dentro da placenta. Com espaço limitado, ele pode não conseguir se posicionar de cabeça para baixo. Porém, há bebês que mudam para essa posição pouco tempo antes do parto.

38 semanas

O parto se aproxima e pode acontecer a qualquer momento ou daqui a poucas semanas. O bebê se prepara para viver fora do útero e, após seu nascimento, a placenta é desprendida e o cordão umbilical deixa de funcionar. Dessa forma, o bebê começa a respirar, fazendo com que o sangue passe pelos pulmões.

o que é desenvolvimento embrionário

Após passar por todas essas etapas do desenvolvimento embrionário e saber exatamente como o bebê está a cada semana da gestação, finalmente ela poderá ter o filho nos braços, conhecer o seu rosto e ouvir o primeiro chorinho tão esperado.

Referências

todamateria.com.br/desenvolvimento-embrionario-humano

brasilescola.uol.com.br/biologia/desenvolvimento-do-embriao.htm

infoescola.com/embriologia/desenvolvimento-embrionario-humano

sobiologia.com.br/conteudos/embriologia/reproducao7.php

megabebes.com.br/megabebes/index.php/desenvolvimento-fetal-semana-a-semana

portalsaofrancisco.com.br/biologia/desenvolvimento-embrionario-humano

Desenvolvimento embrionário humano: resumo das fases
Avalie esta matéria!

- Publicidade -

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*