Desconforto abdominal pode ser sinal de gravidez?

O desconforto abdominal pode ser sinal de gravidez; não uma gravidez normal, mas uma gravidez ectópica.

Para entender o que é uma gravidez ectópica, pegaremos como base o desenvolvimento de uma gravidez normal. O processo de gravidez envolve três fenômenos fundamentais: fecundação, nidação, e embriogênese (formação do embrião). O óvulo, quando está maturo, é liberado pelo ovário e vai descendo pela tuba uterina (trompas de Falópio) em direção ao útero. Este deslocamento dura vários dias.

Se houver uma ejaculação, os espermatozoides serão lançados dentro da vagina e atingirão o útero e em seguida as tubas uterinas, onde geralmente ocorre a fecundação (encontro entre o espermatozoide e o óvulo) formando a célula ovo. A célula ovo continua seu deslocamento geralmente até atingir a parede do útero, onde se fixa e sofre uma série de divisões e transformações dando origem ao embrião.

O processo de fixação à parede do útero é denominado nidação, e é fundamental para ocorrer a gestação ou gravidez. Pode acontecer de a célula ovo se fixar na tuba uterina e o embrião começar a ser formado neste local, caracterizando-se assim, a gravidez ectópica.

dor abdominal

Foto: Americanpregnancy

Desconforto abdominal pode ser sinal de gravidez

Vários fatores podem causar uma gravidez ectópica. A maioria destes fatores resulta em danos estruturais nas tubas uterinas fazendo com que a célula ovo interrompa o seu deslocamento e se fixe no interior das tubas. Alguns destes fatores são: tabagismo, cicatrizes de cirurgias anteriores, doença inflamatória pélvica, desequilíbrio hormonal, defeitos congênitos, história de endometriose, DSTs, uso inadequado de DIU.

Se você já esteve em alguma destas situações, você precisa ficar atenta aos sintomas, pois você faz parte do “grupo de risco”.

No começo da gravidez ectópica, os sintomas são os mesmos de uma gravidez normal: atraso na menstruação, seios sensíveis e inchados, fadiga, aumento da micção, náusea. Porém, enquanto na evolução de uma gravidez normal, alguns sintomas tendem a diminuir, na gravidez ectópica, os sintomas vão se agravando, comprometendo a estrutura de vários órgãos da mulher, podendo até mesmo ser fatal, quando não diagnosticada e tratada a tempo.

Leia também: Medicamentos que causam risco na gravidez

gravidez ectopica

Foto: 4tololo.ru

Sintomas da gravidez ectópica

Sintomas da gravidez ectópica: hemorragia vaginal, que pode variar de intensidade; dor abdominal ou pélvica que piora com o movimento ou esforço; tonturas, vertigens ou desmaio; sinais de choque hipovolêmico; dor no ombro. Estes três últimos sintomas indicam hemorragia abdominal.

A gravidez ectópica não pode prosseguir, pois o ovo fertilizado não sobrevive, além de por em risco a vida da mãe.

Mas o desconforto abdominal não é sintoma só de gravidez ectópica, existem vários outros problemas que podem causar tal desconforto, pois afinal, o abdome é local onde se encontram vários órgãos.

Tipos de desconforto

Existem vários tipos de desconforto e dores abdominais, e podem ocorrer em diferentes locais do abdome. O local é importante para definir as possíveis causas.

Se a dor for na parte superior do abdome pode ser problema relacionado à: angina, apendicite, cálculo renal, refluxo gastresofágico, pancreatite, hepatite, pneumonia.

Se a dor se manifestar na parte inferior do abdome, pode indicar: endometriose, obstrução intestinal, apendicite, constipação, cálculos biliares, úlcera, infecções no trato urinário, problemas de estômago e intestino, doença inflamatória pélvica.

Considerando tudo que foi exposto aqui, é muito importante que, na presença de qualquer sinal de desconforto abdominal, a mulher procure um médico para verificar-se a causa, e realizar o acompanhamento e tratamento adequados.