Confira como ocorre a evolução do útero durante a gestação

O útero abriga o óvulo fecundado, que dará origem ao bebê. É no útero que o bebê vai se desenvolver durante os nove meses de gestação. Mas, você sabe como funciona cada etapa da gravidez e como o útero trabalha em todo esse processo? Veja todos os detalhes a seguir:

Útero e bebê

Desde o início da menstruação, o útero já está pronto para receber o bebê. Depois de ocorrida a fecundação, o óvulo fecundado, agora chamado de zigoto, vai até o útero e se instala no endométrio, que a camada de sangue que o reveste internamente. Depois de iniciada a divisão celular, o zigoto passa a ser chamado de blastócito. É nesse momento que ele e o endométrio se fundem e que começa a se formar a placenta.

Leia ainda: Como dormir bem após o nascimento do bebê?

Foto: assets.chrisflores.

Foto: assets.chrisflores.

Durante a gestação

A partir do momento que o útero recebe o embrião, ele começa a crescer. Esse crescimento ocorre para que o órgão possa se adaptar ao crescimento e desenvolvimento do bebê. A cavidade uterina vai aumentar de tamanho de 500 a 1 mil vezes. Seu peso, ao final da gestação, será de mais ou menos 900 gramas ou 1 quilo.

Depois de 4 ou 5 semanas da instalação, os vasos sanguíneos existentes na placenta entram no endométrio e começam a levar oxigênio e nutrientes vindos do sangue da mãe para seu bebê.

Os músculos começam a se redistribuir, indo para a parte superior do útero, para que ele tenha a força necessária no momento do parto.

O colo do útero deverá ser capaz de resistir à pressão realizada pelo útero durante toda a gestação, evitando ainda que bactérias adentrem para o útero. No local se forma uma substância celante e mucosa.

Por volta da 38ª semana de gestação, o colo alarga o canal na chamada dilatação. A substância mucosa é expulsa e o útero começa a se contrair para que o parto comece.