Aborto Retido: Sintomas, Sinais e Causa

O aborto retido pode acontecer principalmente no início da gravidez, trazendo preocupação para muitas mulheres. Ele pode ser provocado por vários motivos e apresentar diferentes sintomas. Aprenda a seguir como identificar os sinais desse tipo de aborto.

O que é aborto retido

O aborto retido (também chamado de perda gestacional ou abortamento incompleto) é uma complicação na gravidez que ocorre quando o desenvolvimento do feto ou da placenta cessa, o que pode acontecer até a 20ª semana da gestação. Porém, com a morte do feto, o colo do útero se mantém fechado e não há a eliminação da placenta ou dos tecidos fetais.

gravidez retida

Como o conteúdo da gestação não é eliminado no aborto retido, geralmente há a recomendação do médico que seja feita uma cirurgia. (WKOW)

Além disso, também existe a opção de realizar uma conduta expectante ou o uso de medicamentos. Entenda como funciona cada um deles:

Cirurgia

A cirurgia é indica para reduzir o tempo do tratamento e acabar mais rápido com esse processo psicologicamente doloroso para a mãe. Nesse caso, o mais comum é a realização da técnica de dilatação e curetagem, sendo também possível fazer uma aspiração. Porém, por se tratar de ser um procedimento evasivo, tem os seus riscos, como qualquer outro procedimento cirúrgico.

gravidez interrompida retida sintomas

Foto: Attn

Medicamentos

O uso de medicamentos pode ser feito para induzir a contração uterina e a eliminação do seu conteúdo, o que evita os riscos de uma intervenção cirúrgica. Porém, o ponto negativo é que o tempo de sangramento é maior do que com a cirurgia e pode causar vômitos, enjoo e diarreia. Além disso, há casos em que, mesmo com o uso de medicamentos, torna-se necessário realizar a cirurgia.

Conduta expectorante

 A conduta expectorante consiste em aguardar que o conteúdo presente no útero seja eliminado espontaneamente, sem necessitar de internação, mas com o uso de medicamentos. Nesse caso, é necessário verificar qual o estado psicológico da paciente para aguardar a eliminação espontânea.

Aborto retido

Foto: Mayura

Sintomas do Abordo retido

Os sintomas mais comuns em um aborto retido são o sangramento vaginal, dor lombar e dor pélvica. Há casos menos recorrentes onde a mulher apresenta febre, o que pode agravar o seu quadro clínico.

Por isso, caso apresente algum desses sintomas, procure um médico para que seja feito o diagnóstico o mais breve possível.

Engravidar após aborto retido    

Mesmo que a mulher passe por um aborto retido, nada impede que ela tenha uma gravidez saudável após alguns meses do ocorrido. Porém, é importante identificar qual foi a causa desse incidente, para que seja possível corrigi-lo e evitar que aconteça de novo.

Os médicos recomendam esperar pelo menos entre 2 a 3 ciclos menstruais antes de tentar engravidar novamente. Isso permite que os hormônios do corpo da mulher possam se regular e se preparar para uma nova gestação.

 Sinais de aborto retido

Um dos sinais que podem indicar essa complicação é o desaparecimento dos sintomas da gravidez. Porém, também acontece de a mulher não apresentar nenhum tipo de sintoma, como dor ou um pequeno sangramento.

Geralmente, ele é descoberto nos exames de pré-natal de rotina, detectado apenas quando é feito uma ecografia e o batimento do coração não é constatado. O diagnóstico é feito através de um exame físico e de ultrassonografia transvaginal.

Causas

De acordo com ginecologistas, o aborto retido pode ter diversas causas, sendo as principais:

-Defeitos nos cromossomos do embrião
-Má formação uterina
-Inflamações
-Alteração na tireoide
-Mal controle da diabetes
-Alteração na coagulação sanguínea
-Doenças ginecológicas
-A perda gestacional tem maiores chances de acontecer na primeira gestação e pode ocorrer com maior frequência com o avanço da idade da mulher.


  • Add Your Comment

    *