7 semanas de gravidez

Na sétima semana de gravidez, o embrião mede em torno dos 5mm, mas a tendência é que ao final desta semana ele já ultrapasse os 10mm


7 semanas de gravidez: A intensificação dos sintomas!

Grávidas, vocês já se depararam com enjoos, náuseas, excesso de urina, alterações de humor, tonturas e às vezes até com “quedas de pressão”. Bem-vindas à sétima semana de gravidez! Esses sintomas – que são comuns à maioria das gestantes – e têm início, geralmente, a partir da quarta semana de gravidez, ficam bem evidentes nesta fase.

7 semanas de gravidez

A produção de Beta HCG – um dos hormônios responsáveis pelo desenvolvimento e pela manutenção da gestação – é o causador desses sintomas. Entre a 7ª e a 8ª semanas de gestação os valores de referência do Beta HCG ficam entre 7.650 e 229.000 mIU/ml. E esta alta produção mexe com o bem-estar da mulher.

Outro fator que também fica evidente é o aumento de peso. Muitas gestantes percebem que as roupas, que lhes cabiam tão bem, vão ficando apertadas e suas cinturas vão perdendo as curvas. Também existem aquelas grávidas que não ganharam nada (ou quase nenhum) peso até a sétima semana de gestação. O que também é normal, tendo em vista que as náuseas e os enjoos dificultam a alimentação. No geral, esses sintomas tendem a diminuir nas próximas semanas.

7 semanas de gravidez

Nesta fase, algumas gestantes relatam sensibilidade nas gengivas. Isso também é normal. Mas não é motivo para a falta de escovação ou de cuidados com a saúde bucal. Se a dificuldade for muito grande, procure um dentista!

Ainda em relação ao aumento da produção hormonal, podem surgir manchas escuras na pele do rosto (melasmas ou cloasmas gravídico) – que desaparecerão alguns meses após o parto. A solução é usar protetor solar com FPS (fator de proteção) acima de 30, usar chapéu e evitar a exposição ao sol nos horários mais quentes. Mesmo no inverno ou em dias nublados.

Além da sensação de barriga inchada, muitas gestantes começam a ter prisão de ventre. Na maioria dos casos para mulheres que já tinham o intestino lento. Em alguns casos, apenas a mudança na alimentação como a introdução de fibras podem ajudar. Beber muita água também é fundamental.

Veja que os sintomas são muitos, mas comuns – e, em grande parte, não trazem prejuízos à gestação. Geralmente, desaparecem como vieram. Sozinhos.

Ultrassom

Quando os sintomas forem muito intensos ou seguidos por dores fortes ou por sangramento, o médico deverá ser informado imediatamente. A realização de exames como ultrassom auxilia no diagnóstico de qualquer anormalidade. Mas, se a gravidez estiver evoluindo dentro do esperado, o mais indicado é que o exame seja feito por volta da 11ª semana de gestação.

 

Embriologia da 7ª semana de gravidez

Na sétima semana de gravidez, o embrião mede em torno dos 5mm, mas a tendência é que ao final desta semana ele já ultrapasse os 10mm. Isso porque o desenvolvimento do feto é muito rápido neste período. Ele ainda tem os resquícios de uma pequena cauda – que desaparecerá nas próximas semanas.



As características faciais, como o local onde será a boca, os olhos e as narinas começam a ser formadas. Os intestinos e o pâncreas (responsável pela produção de insulina) vão se desenvolvendo. As fibras musculares também ganham espessura.

semana 7 da gestacao
Foto: Rocketparents

É nesta semana que o embrião começa a realizar os primeiros movimentos. Mas, enquanto ele não crescer a ponto de encostar-se à parede do útero – no segundo trimestre – a futura mamãe não poderá sentir o bebê se mexendo.

7ª semana de gravidez: quanto tempo é?

As 7 semanas de gravidez representa mais da metade do segundo mês de gestação (de 4 semanas e meia a 9 semanas).

Tecnicamente, a sétima semana de gestação equivale à quarta semana de gravidez, calculada a partir da data da última menstruação (DUM).

7 semanas de gravidez
Avalie esta matéria!

- Publicidade -

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*