11 Mitos e Verdades sobre Gravidez que você precisa saber

Quando a mulher descobre que está grávida, é comum que familiares e amigos deem sugestões e dicas do que fazer ou não na gravidez. Não bastasse as dúvidas – que geralmente são muitas – e a revolução hormonal, ainda é preciso selecionar o que se deve ou não acreditar, o que é mito ou verdade sobre esse momento mágico.

Então, afinal de contas, que 11 mitos e verdades são esses?

As crendices populares surgiram há anos e foram passando de geração a geração, até chegar aos ouvidos das futuras mamães. Confira o top 11 delas:

Foto: M.transformbirth.co

 

1 – Grávida não deve tomar banhos quentes

Na realidade banhos quentes devem mesmo ser evitados. Portanto, esse sim é verdade. Explicamos: a temperatura da mãe não deve se elevar em demasia na gestação, pois isso pode causar problemas de malformação no bebê. Portanto, a temperatura da mãe não deve ultrapassar 36ºC.

 

2 – A manteiga de cacau evita estrias na gravidez

MitoA manteiga de cacau apenas deixa a pele da mulher mais sensível e hidratada, mas isso não significa dizer que impedirá as estrias. Pior, algumas mulheres até desenvolvem reações alérgicas.

 

Leia mais: Contrações na gestação – Quando começam? Quais os sintomas?

 

3 – Viajar de avião no primeiro ou no último trimestre

A grávida não pode viajar nem no primeiro trimestre, nem no último? Mito.  A grávida pode viajar sempre, desde que ambos – mãe e bebê estejam bem e seguros e o médico tenha autorizado. É verdade que algumas empresas aéreas não aceitam gestantes em algum período da gravidez, mas isso se deve somente ao fato de haver medo do avião ter que fazer um pouso de emergência por causa disso.

Foto: eDestinos

4 – Não pode tocar em gatos na gestação

Mito. Na verdade, o que você não é aconselhável é trocar a caixa de areia de seu animal, por conta da possibilidade de adquirir toxoplasmose.

 

5 – Não pode ter relações sexuais, nem colocar as mãos na cabeça ou tocar os dedos durante a gravidez

Quem inventou isso? Tudo mitoA não ser que você possua alguma limitação física que a impeça.

 

6 – A penetração durante a relação sexual na gravidez machuca o bebê

Mito. A criança está protegida pela camada do útero, a penetração só não é indicada quando há riscos reais, como exemplo: placenta deslocada ou risco de parto prematuro. Nesses casos, mamães com gestação de risco, devem evitar.

 

7 – Comer bolacha de água e sal ajuda a evitar a azia na gravidez?

Sim, verdadeiro. Todo e qualquer alimento leve ajuda a amenizar o mal-estar.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

 

8 – Quando o bebê é grande demais é melhor parto cesáreo?

Mito. Um bebê precisa ter mais de 4,5 quilos para ser considerado grande. É bem raro, mas pode acontecer. Mesmo assim, não há necessidade de uma cesárea por esse motivo. Nesse caso em especial, a equipe médica fará a avaliação de possíveis riscos para a saúde de ambos, mãe e bebê.

 

9 – Risco na barriga quer dizer que é menino?

Mito. O risco na barriga é apenas uma alteração hormonal, nada tem a ver com o sexo do bebê.

 

10 – O adoçante deve ser evitado na gravidez porque pode causar malformação?

Alguns estudos feitos em ratos mostraram que ao consumir alimentos dietéticos os bebês ratinhos tivera malformação, embora isso não esteja comprovado. Vale o bom senso.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

 

11 – Durante a amamentação não há risco de engravidar?

Mito. A mãe pode rapidamente voltar a ovular e engravidar.

Recomendamos: