Vantagens e desvantagens de uma gestação no inverno

Uma gravidez no inverno pode ser muito boa para as mulheres, que se sentem mais confortáveis nas temperaturas mais amenas. É que o calor sentido é menor e também o inchaço.

Mas também existem desvantagens. Confira a seguir outros benefícios e também quais são os cuidados adicionais:

Cuidados com a pele

No inverno, os banhos precisam ser tomados com a água mais aquecida. Eles tendem a ser mais demorados também. Mas isso é bastante prejudicial para a pele, que acaba perdendo sua camada de proteção natural. Então, é importante não demorar muito no chuveiro. As altas temperaturas da água fazem com que a pele fique ainda ressecada. Por isso, você deve abusar da hidratação, seja com óleos ou cremes, que ainda contribuem para a prevenção de estrias.

Ah, os lábios precisam de atenção semelhante. Use manteiga de cacau ou batom com hidratante.

 Leia ainda: Amamentação e o câncer de mama

Os cabelos

Os cabelos também podem sofrer com os banhos quentes, ficando ressecados e sem brilho. O ideal é lavar os fios com água morna.

Foto: ivstatic.

Foto: ivstatic.

Protetor solar

Mesmo no inverno, o uso do protetor solar é muito importante. Lembre-se que a gestante pode adquirir manchas na pele facial durante os nove meses se não se proteger. Existem protetores que possuem hidratante na fórmula, eles podem ser uma boa pedida.

Muita água

No inverno é normal não sentir tanta sede quanto no verão, mas mesmo assim a hidratação precisa continuar sendo feita. A gestante precisa ingerir cerca de dois litros diários de água. Sucos naturais de fruta também são bem-vindos.

Quilinhos extras

No inverno o corpo tende a fazer reservas de energia para suportar o frio. Por outro lado, as baixas temperaturas podem deixar a mulher com uma certa preguiça de se exercitar. O resultado da combinação? Quilos extras. Então, continue seguindo sua alimentação equilibrada.


  • Add Your Comment