Tapete para quarto de bebê: Como escolher modelo ideal?

A hora de montar a decoração do quarto do bebê é um momento muito especial, onde cada detalhe é pensado de forma minuciosa pela mãe. Entre os vários itens que compõem o ambiente, escolher o tapete para quarto de bebê consiste em uma tarefa que precisa de atenção especial.

O motivo é porque é importante escolher um tapete com modelo e material que sejam adequados para o quarto da criança, já que é preciso evitar tombos e limpá-lo frequentemente para evitar alergias.

Por esse motivo, nem sempre o tapete mais bonito é o mais indicado.

Neste artigo, apresentamos algumas dicas que podem fazer toda a diferença na hora de definir o tapete para colocar no quarto do bebê. Não deixe de conferir agora mesmo!

Como escolher o tapete para quarto de bebê

Os tapetes para quarto de bebê ajudam a deixar a decoração ainda mais bonita e também confere mais charme ao ambiente. Porém, eles não servem apenas para complementar a decoração do quarto, mas também contribuem de forma a trazer um maior conforto acústico, já que ajudam a absorver os ruídos.

Outro benefício dos tapetes é que eles evitam que o bebê escorregue e também filtram o excesso de luz do ambiente. Isso sem falar que oferecem um ar mais aconchegante para a mãe e para o bebê.

Na hora de escolher o tipo de tapete para o quarto, o recomendado é optar por aqueles que são desenvolvidos especialmente para o quarto dos bebês, já que eles são feitos com materiais adequados para esse ambiente.

Como esse mercado cresce a cada dia, é possível encontrar esses tapetes com maior facilidade.

tapete para quarto de bebe

Algumas dicas que são fundamentais na hora de escolher o tapete para quarto de bebê são mostradas a seguir:

Tecido

O ideal é preferir tapetes que sejam confeccionados com um tecido que seja mais firme ou então com pelos mais curtos. Isso porque, além de serem mais fáceis de limpar, eles evitam que a poeira acabe se acumulando demais.

Porém, é importante lembrar que o bebê vai começar a engatinhar sobre o tapete daqui a algum tempo.

Por isso, se preferir um tapete que seja mais felpudo e macio ao toque da criança, a dica é optar por um de fibra sintética, nylon ou poliéster.

Cores

As cores e estampas vão depender do tipo de decoração usada no quarto. Nas decorações que são tendências nos dias de hoje, pode-se fugir do clássico: azul para menino e rosa para menina.

As cores podem variar, combinando com o restante de decoração ou então criando um contraste bonito. Enquanto as cores quentes trazem um ar de aconchego e energia ao ambiente, as tonalidades mais cleans deixam o quarto com um ar mais tranquilo e sofisticado.

Se as paredes forem pintadas com cores cleans, é possível abusar nas cores do tapete para dar um ar mais infantil e alegre ao quarto. Mas se o desejo é ter um ambiente mais sofisticado, o melhor é usar cores e estampas neutras para o tapete.

Tamanho

O tamanho do tapete vai depender das dimensões do quarto da criança. Se o quarto for grande, além da opção de usar um modelo grande, também pode-se fazer a combinação usando dois tapetes. Isso permite criar mais de um ambiente no quarto.

tapete infantil para quarto de bebe

Caso o quarto seja pequeno ou com piso escuro, o recomendado é escolher um tapete claro, pois isso ajuda a dar a sensação de ampliar o ambiente. Para quem busca por comodidade, adquirir um tapete pequeno facilita na hora de retirar para lavar. ­­­­

Piso do quarto

Se o piso do quarto do bebê for escorregadio, como no caso de carpete de madeira ou piso encerado, o melhor é escolher um tapete antiderrapante. Dessa forma, é possível evitar que o bebê acabe escorregando ao se apoiar no tapete e se machuque.

Além disso, é preciso pensar se o objetivo é que o tapete sirva apenas como parte da decoração ou também para a evitar o contato direto da criança com o piso frio quando ela começar a engatilhar.

No segundo caso, o tapete ajuda a combater temperaturas mais baixas, o que protege o bebê de pegar um resfriado.

Alergia

Uma das maiores preocupações das mães quando estão na dúvida de colocar ou não um tapete no quarto do bebê é em relação à possibilidade de provocar uma alergia na criança.

Para evitar que isso aconteça, é preciso escolher um tapete feito com um material que seja menos propenso a reter umidade, como os de EVA. Além disso, é importante seguir todas as recomendações de limpeza indicadas pelo fabricante do produto.

Modelos mais indicados de tapete

Existe uma infinidade de modelos de tapetes que podem ser escolhidos para fazer parte da decoração do quarto do bebê, o que faz com que seja difícil optar por apenas um.

Ele pode servir para demarcar um determinado espaço do quarto, criando vários ambientes, como o cantinho da amamentação, do berço, ou das brincadeiras.

O modelo com formato redondo, por exemplo, é perfeito para preencher o ambiente. Em um tamanho menor, ele também é ideal para demarcar um espaço, como o cantinho da amamentação.

tapete para quarto de bebe menina

Modelos com formatos e estampas infantis vão deixar o quarto colorido e com um ar mais lúdico. Formas geométricas das mais variadas são tendência e podem ser usados à vontade nas decorações, especialmente naquelas com estilo mais moderno.

O modelo do tapete pode ser mais clássico ou então é possível abusar das formas e cores divertidas, como tapetes em formato de brinquedos, carrinho, coração, nuvem, etc. É importante que o modelo combine com o estilo da decoração do quarto e com a cor das paredes.

Uma dica é fazer um quarto temático e que o tapete também siga o padrão do tema definido. Por exemplo, se o tema for safári, o tapete pode ser no formato de um leãozinho. Se for tema princesa, o modelo pode ser o de uma coroa.

Melhores materiais para o quarto de bebê

Na hora de escolher em tapete para quarto de bebê, é preferível que ele seja feito com um material que possa ser limpo usando um aspirador ou um pano molhado. Entre as opções há os que são confeccionados de náilon ou algodão, por exemplo.

Para evitar que o bebê escorregue quando estiver engatinhando ou aprendendo a andar, tapetes fabricados com material antiderrapante são indicados. Além disso, como a saúde do bebê é mais frágil, é fundamental que o tapete seja de material atóxico e hipoalergênico.

tapetes para quarto de bebe hipoalergênico

Confira a seguir quais são os materiais mais recomendados para o quarto do bebê e os motivos:

  • Algodão: além de ser um tapete macio e confortável para o bebê engatinhar, esse material é o mais comum de ser encontrado e ainda é de fácil limpeza.
  • EVA: esse material de borracha é antiderrapante, o que evita a queda do bebê. Outra vantagem é que ele não absorve umidade e pode ser limpo facilmente com um pano molhado.
  • Náilon: também consiste em um material de fácil limpeza. Além disso, não absorve muita umidade.
  • Poliéster: o tapete de poliéster é macio e também tem a vantagem de ser antialérgico.
  • Lã: optar por um tapete de lã vai trazer mais conforto para o ambiente. Apesar disso, por ser um material que acumula mais sujeira, é importante que ele seja limpo com maior frequência.

Como limpar o tapete do quarto de bebê

A limpeza regular do tapete é muito importante, já que o bebê ainda está adquirindo os anticorpos e a poeira pode ser um problema para a saúde dele.

Como as áreas urbanas são as mais poluídas, o recomendado é que a limpeza seja feita semanalmente para evitar o acúmulo de poeira. Já nas cidades menores, limpar uma vez por semana é o suficiente.

Cada tapete tem uma maneira específica de ser limpo, o que vai depender do material quem que ele é feito. Por esse motivo, o ideal é seguir sempre as instruções do fabricante, o que também vai evitar que o tapete acabe se estragando.

Lembrando que os tapetes devem ser sempre aspirados no quarto do bebê e não sacudidos, o que evita que a poeira se espalhe pelo ambiente.

como limpar tapetes

Uma dica é impermeabilizar o tapete, o que é feito em empresas especializadas. Há lojas que fazem a impermeabilização antes de entregar o produto, fazendo com que ele seja recebido pronto para o uso. Isso vai evitar o cheiro dos produtos usados, que levam até três horas para sair totalmente.

Tapete de EVA para engatinhar

Os tapetes para quarto de bebê feitos de EVA são uma opção divertida e versátil, especialmente quando o bebê começa a engatinhar. Por serem antiderrapantes, eles são perfeitos para dar maior segurança ao ambiente nos momentos de recreação.

Esses tapetes ainda são duráveis, bem macios e confortáveis para a criança, protegendo contra o chão gelado. Além disso, eles são bem higiênicos, pois não absorvem o suor e a sujeira e são fáceis de limpar.

Eles podem ser encontrados com diferentes imagens, cores e espessuras para então serem montados no tamanho desejado. A instalação é bem simples e pode ser feita por qualquer pessoa, já que o material é bem leve e de fácil manuseio. Ademais, pode-se optar por modelos com numerais e alfabetos para estimular o bebê quando ele começar a engatinhar.

É importante ressaltar que os tapetes para quarto de bebês feitos com esse material não possuem substâncias tóxicas e, por essa razão, podem ser usados sem receio algum, até mesmo no caso de o bebê ter alguma alergia.

Tapete de crochê é recomendado?

Essa peça é clássica e pode ser feita em diferentes estilos, dando um ar muito acolhedor ao ambiente. Porém, usar ou não um tapete de crochê no quarto do bebê é uma dúvida bem comum entre as mães. Ele pode ser usado sem problema, mas como é feito de um material leve, se desloca com facilidade e pode resultar em tombos do bebê.

Para quem não deseja abrir mão de usar um tapete feito de crochê, é possível evitar que acidentes aconteçam. Basta colocar um adesivo antiderrapante embaixo do tapete, que podem ser encontrados facilmente em lojas de material de construção.

Tapete antialérgico

O uso de tapetes antialérgicos ajuda a proteger o bebê contra possíveis alergias e, por esse motivo, eles são um dos mais indicados para usar no quarto.

Esse tipo de tapete apresenta uma quantidade menor de camadas de tecido e, no caso dos que são confeccionados de pelos, também contém em baixa quantidade.

Eles podem ser encontrados principalmente em lojas especializadas em modelos sob medida, onde é possível fazer a escolha nas mais variadas formas, com estampas, desenhos e cores diversas.

Tapete emborrachado infantil

O tapete emborrachado (ou PVC) apresenta uma proteção antitérmica, evitando que o frio do piso atinja o bebê. Além disso, ele é um material totalmente seguro para a criança, já que é atóxico, ou seja, não apresenta nenhum tipo de tinta ou metal tóxico em sua composição.

tapete emborrachado no quarto de bebê

Outra das vantagens do tapete emborrachado para colocar no quarto é que, assim como o EVA, ele pode ser limpado facilmente, usando apenas um pano molhado. Além disso, ele tem uma grande durabilidade e é bem resistente, o que é perfeito para aguentar as brincadeiras e pulos do bebê sobre ele. E quando precisar remover o tapete do local, basta dobrá-lo.

A maioria desses tapetes são dupla face, ou seja, ele pode ser usado dos dois lados. Por isso, caso se canse do desenho infantil, pode virar do outro lado, é como se fosse dois tapetes em um.

Como foi mostrado neste post, a escolha do melhor tapete para quarto de bebê deve levar em conta uma série de fatores, que inclui o modelo que mais combina com o ambiente, o material com o qual o tapete é fabricado e, sobretudo, qual é aquele que vai oferecer mais segurança para o bebê. Assim, além de ficar mais aconchegante, o quarto estará perfeito para receber o novo morador.

Referências

vivadecora.com.br/revista/tapetes-para-quarto-de-bebe/

drlavatudo.com/carpete/tapete-para-quarto-de-bebe/

quartoparabebe.com.br/decoracao/tapete-do-quarto-do-bebe/

lojamaria.com.br/blog/tapete-em-eva-e-toxico-para-criancas/

soumae.org/tapetes-decorativos-para-quarto-de-bebe/


  • Add Your Comment

    *