Sulfato Ferroso na Gravidez: Para que serve, apresentação, como tomar e efeitos colaterais

Veja nessa matéria tudo sobre sulfato ferroso na gravidez: para que serve? Quais os benefícios durante a gestação e como funciona sua ação no organismo.

 O ferro é importante para o organismo antes mesmo de a mulher engravidar. Ele é necessário para a manutenção da boa saúde e energia, além da realização de diversas funções, entre elas a produção de hemoglobina e também para a conservação de um sistema imunológico saudável.

 “Durante a gravidez, a necessidade de ferro no organismo é maior, devido à formação do sangue da placenta e do feto e também para compensar a perda durante o parto” explica a médica Maria Fernanda Truffa.

Apresentação

Sulfato ferroso é um remédio complementar de ferro usado para combater a anemia. O ferro é encontrado em diversos alimentos, entre eles estão a carne bovina, brócolis, feijão, fígado entre outros.

Porém, às vezes se faz necessário ingeri-lo de forma complementar, especialmente se há deficiência no consumo de ferro através das fontes naturais.

Ele pode se apresentar na forma em gotas, comprimidos ou até mesmo injetável.

Uso:

Gotas 

A Solução oral se apresenta em um frasco com 30 ml de solução oral na concentração de 25 mg/ml de ferro elementar + conta-gotas.

Deve-se diluir o volume calculado em água ou suco de frutas. Para evitar manchas nos dentes, pode-se tomar o medicamento diluído através de um canudo.

Comprimido 

Sulfato Ferroso comprimido revestido 40mg Fe++. Cada comprimido revestido contém 121,72mg de sulfato ferroso dessecado, equivalente a 40mg de ferro elementar.

Normalmente, a recomendação é tomar 2 comprimidos por dia. Um 20 minutos antes do almoço e outro 20 minutos antes do jantar.

Injetável 

O Sulfato ferroso injetável é encontrado na fórmula do Noripurum intramuscular que age como antianêmico especialmente indicado para o tratamento das anemias nutricionais e microcíticas causadas por deficiência de ferro.

É composto por um complexo de hidróxido de ferro (III) polimaltosado em solução aquosa, quase isotônica, para injeção intramuscular.

Como tomar (Posologia)

Para as gestantes, a recomendação é de 27 miligramas de ferro por dia e, para quem deseja engravidar, é de 15 a 18 miligramas.

Para que serve 

O ferro atua diretamente na hemoglobina (proteína encontrada nos glóbulos vermelhos que são responsáveis por carregar o oxigênio para as células do nosso corpo).

Um organismo com deficiência de ferro se altera no funcionamento das hemoglobinas, desenvolvendo assim uma anemia ferropriva.

Por isso o sulfato ferroso é usado com o objetivo de estimular o apetite, aumentar o ferro no organismo e tratar problemas de anemia.

sulfato ferroso na gravidez

Sulfato ferroso infantil 

Tratar a anemia em crianças não é das tarefas mais simples. O controle da alimentação precisa ser rígido.

É importante enriquecer a alimentação das crianças com frutas, verduras, legumes e fígado.

O sulfato ferroso em gotas é administrado em crianças que ainda não conseguem engolir o comprimido.

O medicamento causa o escurecimento das fezes e a impregnação da substância nas roupas e nos dentes, por isso é importante diluir em água ou suco.

  • Crianças, até 1 ano:  Tomar 40 mg, equivalente a 6 gotas, 3 vezes ao dia.
  • Crianças de 1 a 5 anos: Tomar 80 mg, ou 12 gotas, 3 vezes ao dia.

Efeitos Colaterais

Possíveis efeitos colaterais dos suplementos de ferro podem ser vivenciados. Em sua maioria, os sintomas podem ser náuseas, vômitos, dores no estômago, diarreia, constipação e fezes escuras.

No caso das mulheres grávidas, a constipação pode ser muito comum. Para aliviar tais sintomas, é recomendável consumir mais fibras, que facilitam o trânsito intestinal e tornam as fezes mais maleáveis.

Bula 

Sulfato Ferroso solução oral 25mg Fe++

Este medicamento é destinado ao tratamento da anemia por deficiência de ferro que decorre de privação alimentar, perdas crônicas ou interferência na absorção de ferro.

É indicado como prevenção e terapêutica da anemia na gravidez. Previne também a anemia ferropriva em prematuros.

Sulfato Ferroso comprimido revestido 40mg Fe++

Este tipo de sulfato ferroso é destinado ao tratamento da anemia por deficiência de ferro que decorre de privação alimentar, perdas crônicas ou interferência na absorção de ferro em crianças com mais de 7 anos, jovens e adultos. Terapêutica da anemia da gravidez.

Preço

O sulfato ferroso e seus genéricos podem ser encontrados em todas as farmácias, e tem variantes de preços entre R$7, 50 (sete reais e cinquenta centavos) até R$12,00 (doze reais).

Fontes de ferro

Existem dois tipos de ferro. O ferro chamado “heme”, que é o melhor absorvido pelo organismo e está presente, principalmente, na carne vermelha, aves e peixes. O ferro “não heme”, presente no açaí, vegetais verdes escuros e grãos, e que possui um menor poder de absorção. No entanto, é possível potencializar sua ação combinando esses alimentos com outras fontes de vitamina C, como: laranja, acerola, limão, tangerina e frutas vermelhas.

No vídeo abaixo, o médico nutrólogo Dr. Eric Slywitch explicará os cuidados com o ferro da alimentação “heme” e “não heme”.

É importante lembrar que gestantes vegetarianas devem ter um acompanhamento com um nutricionista, pois precisarão receber suplementação de outras vitaminas, como as do ‘complexo B’, que estão presentes principalmente em alimentos de origem animal.

Vale ressaltar que há alguns vilões que prejudicam a absorção do ferro, como é o caso do consumo de derivados de leite após as refeições e do café.

Anemia durante a gravidez

Há um aumento de sangue no corpo da gestante em até 50%, portanto uma maior quantidade de ferro é necessária para produzir mais hemoglobina (proteína presente nos glóbulos vermelhos).

 O ferro é um mineral de extrema importância para o desenvolvimento do feto, principalmente após o terceiro trimestre, quando muitas grávidas fazem uso da suplementação para evitar a anemia.

A anemia ferropriva, causada pela falta de ferro no organismo, tem como principais sintomas: fadiga e desânimo, cansaço, tontura, dificuldade de concentração, dores de cabeça e nas pernas, além de maior dificuldade para o organismo combater infecções.

Durante a gestação, a anemia, principalmente no início e metade da gravidez, está ligada a um maior risco de parto prematuro, atraso no crescimento, bebê com baixo peso e, em alguns casos, morte fetal ou do recém-nascido. Já a mãe pode apresentar insuficiência cardíaca e hemorragia pós-parto. Agora que você está por dentro da importância do sulfato ferroso na gravidez, que tal conhecer mais sobre os benefícios do ácido fólico na gestação.

Posso tomar sulfato ferroso amamentando? 

As necessidades nutricionais durante a amamentação são maiores, sendo necessário aporte calórico adequado para suprir o conteúdo energético do leite produzido e secretado.

É recomendado o aumento do consumo de alimentos ricos em ferro (carne vermelha magra, fígado, feijões, verduras escuras), cálcio (leite, iogurte, queijo, salmão, couve, espinafre, almeirão, gergelim, amêndoas), vitaminas A (fígado, gema de ovo, vegetais verdes escuros e amarelos) e do Complexo B (hortaliças folhosas verdes, leguminosas, fígado, germe de trigo, suco de laranja) para sustentar a lactação e não diminuir as reservas maternas.

Sulfato ferroso ajuda a engravidar? 

O sulfato ferroso não ajuda a engravidar, mas ele tem um importante papel no desenvolvimento do feto. Isso acontece porque durante a gravidez a demanda de sangue é maior para formar o feto e placenta. Para quem está planejando engravidar, é recomendável o consumo de até 18 miligramas de ferro ao dia. A dose diária aumenta para 27 miligramas para as mulheres grávidas.

Essa medida funciona como uma preparação do seu corpo para o recebimento do ferro e, se combinado com a ingestão (previamente receitada por um profissional) de ácido fólico, pode tornar o “ambiente” mais propício para o acolhimento do feto recém concebido.

Confira alguns alimentos ricos em ferro:

Alimentos ricos em ferro

Foto: Boa Forma e Saúde

Sulfato ferroso engorda? Abre o apetite? 

Não há na sua composição algum elemento que faça engordar por assim dizer, mas logo que a anemia se vá e a pessoa esteja curada, podemos esperar que o apetite aumente, o que pode resultar na elevação do peso.

Isso nos leva a concluir que, de forma indireta, o sulfato ferroso pode estar associado ao ganho de peso em alguns casos.

Sulfato ferroso x ácido fólico 

O ácido fólico é uma vitamina do complexo B – B9 –, e é fundamental para a divisão celular do novo ser.

A vitamina é muito importante principalmente nos três primeiros meses de gestação, quando o bebê começa a formar partes importantes de seu organismo.

A suplementação com ácido fólico deve ser de 400mcg/dia para as mulheres que pretendem engravidar e de 600mcg/dia para gestantes. Tanto o ácido fólico como o sulfato ferroso são importantes para garantir a permanência do ferro e dos nutrientes necessários para manter a saúde da mãe e do bebê.