Primeira papinha do bebê, como fazer?

Papinha do bebê, como fazer?

Quando o bebê completa seis meses, chega a hora da tão esperada introdução dos primeiros alimentos. Até esse ponto, o recomendado pelo Ministério da Saúde é a amamentação exclusiva, sempre com preferência para o aleitamento materno.

A introdução de outros alimentos na dieta do bebê deve ser feita aos poucos. O ideal é ir apresentando novos sabores a cada semana e assim será possível perceber quais alimentos são mais bem aceitos e quais que causam mais estranhamento. Lembre-se também de apresentar novidades sempre em pequenas quantidades para poder se prevenir de possíveis alergias.

Não é preciso deixar de amamentar, a recomendação dos médicos é de que o aleitamento continue até pelo menos os dois anos de idade. Aos poucos vá substituindo algumas mamadas por refeições com papinhas de frutas ou salgadas. ( Veja: 12 Dúvidas comuns sobre amamentação).

Como começar a introduzir alimentos na dieta do bebê?

papinha do bebê

Que tal começar fazendo uma papinha de abobora para o bebê? (Foto: Verywell)

A Dr.ª Adriana Passos Cardoso, nutricionista do Instituto Campineiro de Tratamento da Obesidade, sugere um passo a passo: “Após os 6 meses de idade devemos iniciar com os sucos de fruta, cerca de 2 a 3 colheres de chá pela manhã, nos intervalos das mamadas, uma vez ao dia. Aumente o volume aos poucos até no máximo 100 ml, sempre sucos naturais coados e sem açúcar.

Em uma semana, introduza a papa de fruta à tarde, ainda sem substituir nenhuma mamada. A partir da terceira semana do início da introdução do suco, podemos introduzir a papa salgada uma vez ao dia, no almoço ou jantar, complementando a refeição com a amamentação enquanto a criança não estiver aceitando bem.  Aos poucos a papinha salgada substituirá a mamada e por volta dos 7-8 meses de idade a mamada do almoço e do jantar deve ser substituída”.

O que é importante saber ao preparar a papinha do bebê?

primeira papinha

Foto: MadMimi

Para preparar a papinha evite alguns alimentos como: leite de vaca e derivados, enlatados, embutidos, condimentados, apimentados, água de coco, temperos prontos e outros com muito sal. Alimentos ricos em fibras como farinhas integrais, farelo de trigo e cereais integrais. Açúcar, mel, corantes artificiais e sucos artificiais.

De acordo com a Dr.ª Adriana, a papa salgada deve conter de 4 a 5 alimentos de grupos diferentes e podemos acrescentar óleo, sal e cebola em pequenas quantidades. “Depois da adaptação podemos utilizar alho, salsinha, manjericão, salsão e outros temperos naturais.

Os alimentos podem ser cozidos juntos e depois amassados e oferecidos à criança separadamente. A textura evolui aos poucos, conforme a aceitação, mas é importante evitar o uso do mixer ou liquidificador”, completa.

Papinha

A especialista em nutrição Dr.ª Adriana Passos Cardoso ainda indica duas receitas de papinha para seu bebê. Nutritivas, saudáveis e muito gostosas.

Primeira papinha: Sopa de cenoura com batata

papinha para o bebê

Papinhas legumes. Foto: Univision

Ingredientes:

– ½ xícara de chá de cenoura picada

– ½ batata picada

– 1 pitada pequena de sal

– 1 filete de azeite

Preparo:

Cozinhe a cenoura e a batata em 200 ml de água por 20 min. Acrescente o sal. Passe o conteúdo da panela em uma peneira de malha grossa com a água do cozimento. Coloque no prato da criança e acrescente o o azeite e sirva.

Segunda papinha: Sopa de carne, batata, cenoura e couve

papinha do neném

Foto: Mundoovo

Ingredientes:

 – ½ xícara de chá de carne (100g)

– ½ xícara de chá de cenoura picada

– ½ batata picada

– 1 colher de sopa de couve-manteiga picada

– 1 colher de sopa de feijão previamente cozido, com caldo

– 1 pitada de sal

– 1 colher de sobremesa de azeite

Preparo:

Separe todos os ingredientes. Coloque a carne na panela e refogue. Acrescente a água. Acrescente a cenoura e a batata e cozinhe. Por último, acrescente a couve e deixe cozinhar. Fazendo o conteúdo da panela ao liquidificador, acrescente o feijão e bata. Acrescente o azeite e o sal e sirva.

 

Dicas para uma melhor alimentação da criança:

– Para manter a alimentação da criança saudável, mantenha um cardápio variado e colorido, assim seu filho vai demonstrar preferências por alguns alimentos.

– Ofereça os alimentos preferidos junto com os alimentos rejeitados.

– Reduza ao máximo a ingestão de sal e açúcar.

Mantenha-o sempre à mesa e utilize talheres, pratos e copos especiais para crianças pequenas.


    1. Avatar
      Tatiane 18 de novembro de 2015
    2. Avatar
      Tatiane 18 de novembro de 2015
    3. Avatar
      carina 8 de dezembro de 2015
    4. Avatar
      Nadia 7 de julho de 2016

    Add Your Comment

    *