Meias de compressão para gestantes

A gestação é um momento maravilhoso para a mulher, mas o desenvolvimento e crescimento de um novo ser dentro de seu útero provoca inúmeras mudanças em seu corpo e no funcionamento dele. Muitas novas sensações surgem, inclusive incômodos, que apesar de comuns podem atrapalhar bastante. A bos notícia é que existem métodos eficazes para o alívio da maioria deles.

Inchaço nas pernas

O inchaço nos membros inferiores é normal e aumenta principalmente nos últimos meses da gestação. Ele ocorre devido aos hormônios que estão no corpo e do aumento do volume de sangue circulando. Outro motivo é o crescimento do útero, que comprime os vasos sanguíneos da região pélvica, atrapalhando a circulação de sangue trazido das pernas e pés para o coração.

 Leia ainda: Dicas para distrair um bebê

Varizes e vasinhos

A somatória destes fatores provoca a dilatação dos vasos, o que pode causar varizes e vasinhos. Muitos já existiam ali e aumentam de tamanho, outros surgem neste período.

Sintomas

As sensações negativas decorrentes do problema são muitas, como dor, peso e cansaço das pernas, queimação, inchaço, formigamento, cãibra e coceira.

 

O que pode aliviar o problema?

Algumas medidas simples podem ajudar a diminuir consideravelmente o problema, como evitar o ganho excessivo de peso, ter uma alimentação equilibrada e balanceada, repleta de alimentos leves e saudáveis. Fazer exercícios leves, como caminhadas, também ajuda muito. Evitar ficar longos períodos em pé e descansar bastante com as pernas levemente elevadas também trazem benefícios.

Meias de compressão

As meias de compressão, muito usadas por pessoas mais velhas com problemas de circulação, também podem ser usadas pelas gestantes. Estas meias ajudam a evitar as varizes, e devem ser usadas desde o início da gestação. Apesar de facilmente encontradas no mercado, vale ressaltar que tanto a meia quanto a compressão devem ser indicadas por seu médico.