Gravidez na adolescência – Riscos, Causas e Consequências

A gravidez na adolescência é um fato bastante comum em nossa sociedade. De acordo com as estatísticas, na década de 1990 cerca de 10% das gestações ocorriam em jovens com idade entre 12 e 19 anos. Dez anos depois, nos anos 2000, este número quase dobrou, atingindo 18%.

Os partos em adolescentes somam mais de 700 mil todo os anos no Brasil, um números muito expressivo – o que muitos médicos consideram epidemia. Mas, quais os ricos de se engravidar antes dos 20 anos de idade?

Todas as classes sociais

A gravidez na adolescência ocorre tanto com jovens de classes sociais baixas quanto médias altas. No caso das últimas, no entanto, é mais difícil de se obter dados para quantificações. Muitas delas, dispondo de condições financeiras para tanto, decidem interromper suas gestações, mesmo sendo isso proibido pela lei brasileira.

 Leia ainda: Como comemorar o primeiro Natal do bebê

Quais as causas da gravidez na adolescência?

São muitas. Muitas jovens veem na gravidez uma maneira de ascensão social, pois seus companheiros possuem melhores condições socioeconômicas. Em outras a interrupção dos estudos e a baixa escolaridade contribuem.

A desestruturação familiar é outro ponto. Geralmente as adolescentes não possuem boa relação com seus pais.

A gravidez na adolescência é de alto risco

Considerando os pontos biológicos e físicos, a gravidez na adolescência é considerada de alto risco. A hipertensão é cinco vezes mais comum em jovens gravidas e muitas sofrem ainda com a anemia. Estes problemas aumentam os riscos de parto prematuro e bebês sem o peso ideal, além da necessidade de cesárea.

Importância do pré-natal

Muitas vezes por medo da família, principalmente dos pais, as jovens demoram a revelar que estão gravidas, o que retarda o início do acompanhamento médico pré-natal, contribuindo para o crescimento dos riscos já citados tanto para mãe quanto para bebê.

 

 

 

Gravidez na adolescência – Riscos, Causas e Consequências
1.8 (35%) 4 vote[s]

  • Adicione um comentário

    *