Gestação depois dos 30 anos – Principais cuidados

Atualmente, a gravidez após os 30 anos de idade é muito comum. As mulheres começaram a buscar sucesso profissional, estabilidade financeira e também o parceiro certo antes de decidir ter um bebê e começar uma família.

A medicina também evoluiu muito, e permite que as mulheres possam dar a luz com saúde e tranquilidade mesmo com o avançar da idade. No entanto, alguns cuidados são indispensáveis e devem ser seguidos pelas mulheres que desejam engravidar após os 30.

Fertilidade

A fertilidade da mulher começa a diminuir a partir dos 25 anos. Depois dessa idade, ela continua decaindo ano a ano. De maneira geral, a fertilidade atinge índices mais baixos quando a mulher chega aos 35 anos. Os tratamento em vitro possuem chances de 35% a 50%.

 Leia ainda: Como tratar dermatite de fralda do bebê

Quais os riscos?

Com o avançar da idade, alguns problemas podem acometer a mulher com mais facilidade e frequência. A pressão alta e diabetes, por exemplo, são comuns e podem atrapalhar e trazer riscos à gestação, inclusive dificultar o desenvolvimento saudável do bebê.

É mais comum ainda bebês nascerem de partos prematuros e abaixo do peso quando as mulheres engravidam depois dos 30.

Engravidar é possível

Apesar do que foi dito acima, é possível engravidar após os 30 e levar uma gestação muito saudável. Antes de engravidar, procure um médico para realizar alguns exames gerais e mais específicos sobre sua saúde. Eles irão indicar se algum medicamento ou vitamina são necessários.

Acompanhamento pré-natal

Depois de engravidar vem a parte que exige mais cuidado e dedicação da mulher: o acompanhamento pré-natal. Os exames e visitas ao médico devem ser feitos com regularidade, obedecendo as datas fixadas. Dessa maneira qualquer problema pode ser detectado com rapidez e os hábitos mais saudáveis explicados. Estes cuidados simples garantem uma gestação tranquila para mãe e bebê.

Já tem 35 anos? Veja o que diz o especialista sobre o assunto: