É possível engravidar fora do período fértil: descubra

Para a mulher que está tentando engravidar (ou até mesmo para quem deseja evitar uma gravidez não programada), torna-se um fator fundamental entender se é possível engravidar fora do período fértil ou não.

Pode acontecer de a gravidez acontecer fora da programação da mulher, como se a concepção de fato acontecesse fora do seu período fértil. Mas o que acontece na maioria desses casos é que algum evento pode fazer com que o funcionamento regular do corpo feminino se altere. Como resultado, a ovulação ocorre fora do período normal.

Além disso, existem outros fatores que podem fazer com que a gravidez aconteça fora do período fértil da mulher. Continue a leitura para entender mais a respeito.

É possível engravidar fora do período fértil?

Para que seja possível responder a essa pergunta, primeiramente é preciso esclarecer alguns pontos importantes. Em primeiro lugar, engravidar fora do período fértil é algo considerado praticamente impossível, já que a gravidez acontece apenas no período fértil, quando o óvulo é fecundado pelo espermatozoide.

Por esse motivo, o que na verdade pode acontecer é a mulher engravidar fora dos dias em que ela calculava ser o seu período fértil.

As chances de ter uma ovulação fora do período fértil são muito baixas, pois ocorre apenas em casos específicos, como quando há uma grande mudança hormonal no corpo. Porém, a mulher engravidar nesse caso é algo pouco provável.

Por conta disso, pode-se afirmar que a mulher sempre engravida quando está em algum período fértil. Ou seja, na verdade o que realmente acontece é a ovulação ocorrer fora da data que estava prevista.

O período fértil tem início 3 dias antes da ovulação e o seu término ocorre 3 dias depois. Em geral, as mulheres têm ciclos que duram de 28 a 30 dias. No meio do ciclo é quando ocorre a ovulação, ou seja, entre o 11º ao 15 º dias depois do início da menstruação. Já o pico acontece no 14º, ou seja, esse é o momento onde as chances de engravidar são maiores.

Quando o ciclo é irregular, o que pode acontecer é a mulher achar que não se encontra em seu período fértil, quando na verdade está. Isso ocorre devido à dificuldade de calcular com precisão a data em que a ovulação acontece.

é possível engravidar fora do período fértil

(Foto: El Heraldo)

Esse é o motivo pelo qual recorrer ao método da “tabelinha” não é considerado confiável quando se deseja evitar a gravidez.

Além disso, outros fatores podem fazer com que a ovulação aconteça antes ou após a fase, como o estresse ou uma mudança no estilo de vida.

Ovulação por adrenalina

Uma das razões para acontecer de a mulher engravidar fora do período fértil é quando há uma ovulação causada por adrenalina. Isso quer dizer que, durante a relação, a ovulação pode ser estimulada de forma inesperada.

Dessa forma, a mulher pode ovular mais de uma vez em um mesmo ciclo e o óvulo acaba sendo fecundado, resultando na gravidez. Por essa razão, algumas mulheres têm mais facilidade para ficarem grávidas, já que esse estímulo à ovulação aumenta as chances de ela vir a conceber.

É importante dizer que a ovulação por adrenalina não é algo que acontece com todas as mulheres. Como não há uma maneira fácil de saber quando pode acontecer esse fenômeno, a mulher que não usa nenhum tipo de método contraceptivo tem aumentadas as chances de uma gravidez.

Tempo de vida dos espermatozoides

A outra possibilidade de uma gravidez não programada é devido ao tempo de vida do espermatozoide no corpo feminino. Como ele pode sobreviver de 3 a 5 dias, se a mulher tiver relações nesses dias e a ovulação ocorrer, o óvulo fértil pode ser fecundado por esse espermatozoide.

Essa causa para a gravidez fora do período fértil é comum e também pode ser evitada com o uso de contraceptivos. Além disso, já houve até mesmo casos raros onde os espermatozoides sobreviveram por 15 dias no corpo da mulher, resultando na gravidez mesmo que a relação tenha ocorrido fora do período fértil.

Ovulação Precoce

Pode acontecer de a ovulação surgir precocemente, o que se dá quando a liberação do óvulo ocorre 8 ou 10 dias após o ciclo menstrual. O motivo para isso acontecer pode estar relacionado a diversos fatores, como:

  • Estresse
  • Bebida alcoólica
  • Alimentação
  • Cigarro
  • Doenças crônicas

Quais as chances de engravidar fora do período fértil e tomando anticoncepcional?

As chances de a mulher engravidar sem estar em seu período fértil e ainda tomando anticoncepcional todos os dias, por pelo menos 3 meses e no mesmo horário são praticamente nulas.

engravidar fora do período fértil tomando anticoncepcional

Isso acontece porque, nesse caso, não há o período fértil e, consequentemente, a mulher não ovula. Dessa forma, como não existe um óvulo maduro, as chances de engravidar são reduzidas.

Além de inibir a ovulação, o uso do anticoncepcional também provoca uma alteração no muco cervical e no endométrio uterino, fatores que ajudam a prevenir a gravidez.

Porém, é fundamental frisar que tomar o anticoncepcional de forma irregular, ou seja, tomar em qualquer horário ou se esquecer de tomar alguns dos comprimidos (principalmente na primeira semana da cartela) podem ter a eficácia reduzida.

Isso acontece porque, ao tomar a pílula de forma irregular, resulta em alterações hormonais durante o ciclo. Dessa forma, faz com que a mulher possa ovular e, consequentemente, aumenta o risco de uma gravidez indesejada.

Além disso, se a mulher vomitar ou então tiver uma diarreia em até 2 horas após tomar a pílula, também pode acontecer de a eficácia da pílula ser diminuída.

Existem alguns medicamentos que podem fazer com que a eficácia do anticoncepcional seja reduzida.

Por esse motivo, é importante que a mulher se informe com o médico sempre que iniciar uma nova medicação. Dessa forma, é possível saber se pode haver uma interferência e se outro contraceptivo deve ser usado adicionalmente, como a camisinha.

Além disso, é importante frisar que uso do anticoncepcional não previne contra as DSTs. Por isso, além de evitar a gravidez, usar a camisinha também garante a segurança contra doenças e infecções.

Como calcular o período fértil para engravidar

Para quem está tentando engravidar, é importante saber calcular o período fértil. Isso é possível fazendo o cálculo com base no primeiro dia da menstruação.

como calcular o período fértil para engravidar

(Foto: App Guia da Mamãe)

Veja como é feito o cálculo no caso de ciclos regulares e ciclos irregulares:

Ciclo regular

Quando a mulher tem o ciclo normal (ou seja, de 28 dias) o pico do período fértil acontece no 14º ou 15º dia após o primeiro dia da menstruação. Em geral, a ovulação acontece entre o 11º e 17º dia após a menstruação.

Portanto, se o primeiro dia da menstruação aconteceu, por exemplo, dia 2 de novembro, a ovulação vai ocorrer por volta do dia 16 de novembro. Já o período fértil será entre os dias 12 e 17 de novembro. Dessa forma, os dias em que as chances de engravidar são maiores vão do dia 14 até o dia 17 de novembro.

Ciclo irregular

Porém, pode acontecer de a mulher ter um ciclo irregular, o que torna o cálculo do período fértil menos preciso para quem deseja engravidar. Isso acontece porque, como nem sempre o ciclo menstrual vem no mesmo período, há a possibilidade de que o cálculo seja errado.

A forma de calcular no caso o ciclo seja irregular é anotar o tempo que dura cada ciclo menstrual durante um ano. Em seguida, basta subtrair 18 dias do ciclo mais curto e 11 dias quando o ciclo é mais longo.

Isso quer dizer que, se o ciclo mais curto durou 22 dias e o mais longo 28 dias, o cálculo é feito da seguinte forma: 22 – 18 = 4 e 28 – 11 = 17. Dessa forma, o período fértil vai ocorrer entre o 4º e 17º dias do ciclo.

Se a mulher tem o ciclo irregular, deseja engravidar e quer ter a certeza sobre o período fértil, o mais indicado é fazer um teste de ovulação para ter maior precisão.

O teste pode ser adquirido em qualquer farmácia por um preço acessível e é feito de maneira simples. Assim como um teste de gravidez, basta a mulher colher a urina em um potinho, colocar o teste e aguardar o resultado.

Além disso, muitas vezes a mulher apresenta uma ovulação precoce (que acontece antes dos 14 dias) ou então tardia (ocorre após 14 dias). Isso faz com que o cálculo não seja exato. Por isso, se a intenção de fazer o cálculo do período fértil for com o objetivo de não engravidar, o mais recomendado é usar outros métodos contraceptivos, pois o método da tabelinha pode falhar, resultando em uma gravidez indesejada.

Como saber se estou ovulando?

É possível que a mulher identifique se está ou não ovulando. Isso pode ser feito observando alguns sintomas que se manifestam nesse período.

como saber se estou ovulando

Confira quais são eles a seguir:

Posição do colo do útero

Em geral, as mudanças no útero no momento da ovulação não são rapidamente notadas pela mulher. Umas das mudanças que podem ser notadas é que no período fértil há uma mudança na posição do colo do útero. Ele fica mais aberto, molhado e suave durante a ovulação.

Muco vaginal

É possível identificar se está ovulando, mesmo que seja fora do período normal, observando qual é o aspecto do muco vaginal.

Quando ele adquire um aspecto mais denso, como a clara de ovo, quer dizer que a mulher está ovulando. Isso acontece por conta da presença do hormônio chamado estradiol.

O muco pode apresentar variações de uma mulher para outra e, em geral, quando ele fica mais “fino”, significa que a mulher está no melhor momento para conceber. 

Alteração na temperatura corporal

Outro sinal que pode indicar que a mulher está para ovular é quando há um ligeiro aumento em sua temperatura corporal. Por esse motivo, ao ficar atenta a esse sintoma, é possível identificar qual o momento exato em que ocorre a ovulação.

Uma dica é medir a temperatura com o termômetro e anotar de hora em hora para ver se ela está subindo.

Sensibilidade nas mamas

As glândulas mamárias possuem receptores hormonais. Isso faz com que, quando o corpo produz o estrogênio na primeira fase do ciclo, um aumento das mamas ocorra. Quando acontece a ovulação, há o aumento da progesterona, o que deixa as mamas doloridas. Por isso, esses sinais são usados para indicar a ovulação.

Outros sinais

Além dos sintomas apresentados anteriormente, outros sinais também podem ser observados para que a mulher possa identificar que está ovulando.

Entre esses sinais está uma sensação de dor em uma das laterais do abdômen, que geralmente tem a duração de algumas horas. Outro sinal é a retenção de líquido, aumento da libido e também do apetite.

Entender que é possível engravidar fora do período fértil pode ser um fator que aumenta as esperanças da mulher que deseja engravidar. Além disso, também ajuda a entender melhor o funcionamento do próprio corpo no caso de quem não está planejando ter um filho.

Em ambos os casos, é importante conversar com o ginecologista para poder esclarecer todas as dúvidas que restarem a respeito.

Referências

trocandofraldas.com.br/posso-engravidar-fora-do-periodo-fertil

medicoresponde.com.br/corro-risco-de-engravidar-fora-do-meu-periodo-fertil

minhavida.com.br/familia/materias/31914-e-possivel-engravidar-fora-do-periodo-fertil

manualdamamae.com.br/e-possivel-engravidar-fora-do-periodo-fertil

saudenocorpo.com/gravidez-fora-periodo-fertil-e-possivel

almanaquedospais.com.br/posso-engravidar-fora-do-periodo-fertil


  • Add Your Comment

    *