É normal o bebê mexer muito na barriga?

Sentir o primeiro chute, o primeiro movimento do bebê: isso é tudo o que as futuras mamães mais desejam passados os primeiros meses de gestação, quando a notícia já foi comemorada por toda a família. Mas, apesar disso, algumas dúvidas podem surgir. É normal o bebê se mexer muito dentro da barriga? E a falta de movimento, significa que há algo errado?

Quando começam os primeiros movimentos?

A gestante sente os primeiros movimentos de seu bebê por volta da 18ª e da 20ª semana. Porém, isso não significa que estes são seus primeiros movimentos. Na verdade, os bebês começam a se mexer bem antes, durante a 7ª semana de gravidez. O que acontece é que a mulher ainda não consegue percebê-los.

A partir da 7ª semana, os movimentos vão se tornando mais intensos e constantes, até que a gestante consiga percebê-los.

Leia ainda: Perigos do mel para bebês até um ano

Foto: cdn.sheknows.

Foto: cdn.sheknows.

Fortalecendo os laços

Quando a mulher sente seu bebê se mexer dentro de sua barriga, sente que ele está crescendo e se desenvolvendo corretamente. Além disso, a emoção pode ser grande, e todos vem colocar as mãos para sentir também, especialmente o futuro papai. Tudo isso já começa a estreitar os laços entre os pais e seu bebê.

O significado dos movimentos

Os movimentos não só emocionam. Eles também dizem muito sobre o bebê, seu bem-estar e saúde. Ambientes agitados e interferências no estado de espírito da mulher podem, por consequência, deixar o feto mais agitado também.

Com o avançar dos meses e a proximidade do parto, os movimentos vão diminuindo gradualmente. É que o bebê cresceu e não há mais espaço sobrando dentro do útero para que ele possa se mexer à vontade. Mas, as mães devem estar sempre atentas: interrupções repentinas na movimentação do bebê podem ser sinal de alerta. Se acontecer, procure seu médico.