Dicas para limpar os brinquedos do bebê

Os brinquedos do bebê estão sempre por todos os lados e lugares: em determinado momento estão na cama, no sofá e na mesa de jantar e em outros estão no jardim e no chão dos mais variados cômodos. No meio de todo esse trajeto e das brincadeiras preferidas, é possível que o bebê coloque-os na boca ou manipule-os e depois leve a mão à boca. Mas, o perigo por traz disso tudo são os microrganismos que podem provocar doenças.

Como limpar os brinquedos adequadamente?

Além de toda essa movimentação, as crianças se alimentam segurando seus brinquedos, o que pode provocar a queda de resíduos. Como se não bastasse, os brinquedos preferidos são sempre os mais sujinhos, já que elas não querem desgrudar deles nem na hora de serem lavados.

Leia ainda: Sinais de estomatite no bebê

Sem neurose

É claro que este cenário, por mais que possa parecer assustador, é normal. As crianças brincam, se sujam, se divertem, vivem. Estar em contato com toda essa “sujeira” tem seu lado bom: o fortalecimento do sistema imunológico da criança.

A limpeza: os materiais duros

Quando o brinquedo é feito de material duro, como plástico, borracha, madeira ou metal, a limpeza deve ser feita pelo menos uma vez por semana. Passe um pano úmido ou com álcool para limpar estes brinquedos.

Já bonecos feitos de pano ou pelúcia devem ser limpos a cada duas semanas ou uma vez por mês. Eles podem ser lavados com água e sabão. Garanta que sequem por completo para evitar mal cheiro e o desenvolvimento de bactérias.

Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

Guarde os brinquedos adequadamente

É claro que existem aqueles brinquedos com os quais seu filho brinca com frequência. Nestes casos não vai ter jeito: eles acabarão ficando em cima dos móveis ou “pra lá e pra cá”. Já os brinquedos com os quais ele brinca de vez em quando devem ser guardados adequadamente para não juntar pó e microrganismos. Coloque-os em caixas fechadas.