Dicas para ajudar o bebê a parar de chupar dedo

Ver que o bebê aprendeu a chupar o dedo é um encanto para os pais, mas é preciso compreender que esta façanha pode se tornar um hábito bem complicado de pôr um fim. Separamos algumas dicas para ajudar seu filho a parar de chupar os dedinhos. Veja:

O hábito de chupar o dedo na infância normalmente é despertado a partir dos 6 meses, ou mais cedo, em algumas situações. Este costume é iniciado geralmente por aspectos fisiológicos como, a necessidade constante da sucção e a coceira na gengiva em virtude do crescimento dos dentinhos.

Em que momento tirar?

Se no período entre 1 ano e meio e 2 anos o pequeno não largar esta prática sozinho, este é o momento para entrar em ação. É preciso lembrar que é nesta fase que se desperta a vontade de interagir além do interior da casa, ele se desprende da fase oral, na qual coloca tudo na boca, e começa a ter interesse em conhecer o seu redor.

Leia também: Até quantos meses colocar o bebê para arrotar?

É preciso observar em quais momentos seu filho coloca o dedo na boca, geralmente é quando estão com sono, inseguros, ansiosos ou desconfortáveis. Dedique-se em corrigir a causa do problema e sempre esteja por perto nestes momentos.

 

Foto: thesmile

Foto: thesmile

Escolha métodos que o incentive a parar. Converse sobre os danos causados pelo hábito de chupar o dedo. Substitua o dedo por outros objetos, use brinquedos, paninhos ou bonecos.

Não o repreenda. No período de adaptação, ao perceber que a criança está com o dedo na boca, jamais a chame atenção. Ofereça estímulos para a substituição do dedo ou proponha brincadeiras que necessite do uso das mãos para entretê-lo.

Se ainda assim, o hábito persistir, envolva o dedo do seu filho com uma fita ou uma meia para que ele não consiga chupar o dedo. Caso este hábito prossiga além dos 3 aninhos, é indicado uma visita a um pediatra ou psicólogo para que haja uma melhor avaliação da situação.