Desmame Diurno ou Noturno: Quando e como fazer?

O momento ideal para dar início ao desmame é um assunto delicado para muitas mulheres que passam pela maternidade. Isso porque ela precisa considerar o seu próprio bem-estar e o do bebê.

Há várias maneiras de fazer o desmame, tudo depende do desejo da mãe e personalidade da criança. O processo deve ter início quando ela começa a ingerir outros alimentos, o que leva a uma redução da quantidade de mamadas.

Entender quais são as formas mais indicadas de fazer o desmame, qual a idade ideal, como proceder com o desmame diurno e noturno e também como fazer para aliviar as dores comuns nesse processo é muito importante. Saiba por quê!

Qual a idade ideal para o desmame do bebê?

De acordo com pediatras e a Organização Mundial de Saúde (OMS), o mais indicado é que o aleitamento materno seja feito até a criança completar 2 anos de idade. Porém, é bom frisar que não existe um momento exato para o desmame.

Quando o bebê completa 6 meses, é preciso começar a introdução de outros alimentos, como papinhas e sucos naturais. Isso porque, a partir dessa idade, o corpo necessita de mais nutrientes para se desenvolver.

como aliviar a dor do desmame

(Foto: Blog BBW)

O processo é gradual e deve ter início quando os novos alimentos são inseridos. Assim, tanto a mãe quanto o bebê podem ir se acostumando com a separação.

Qual a melhor forma de fazer o desmame?

Não existe uma resposta exata para essa pergunta, já que cada criança tem uma reação diferente. Apesar disso, há algumas dicas que podem ajudar, ficando ao critério da mãe experimentar quais achar melhor. Veja!

Faça o desmame de forma gradual

O ideal é evitar desmamar o seu filho de maneira abrupta. Afinal, isso pode levar a um sentimento de rejeição do bebê, além de resultar no acúmulo de leite nas mamas, causando dor.

Para começar, reduza o número e o tempo de mamadas por dia.

Converse com a criança

Quando o seu filho estiver com 2 anos, o melhor é explicar que ele já é grande e está na hora de usar mamadeira ou copo. Mesmo sendo pequeno, vai entender que o leite acabou.

Peça ajuda

Contar com a ajuda do pai ou avós é importante no processo do desmame. Eles podem contribuir oferecendo outros alimentos ou a mamadeira quando o bebê estiver com fome. Isso evita que ele sinta o cheiro de leite da mãe nesse momento.

Evite desmamar em tempo de mudanças

Se a criança estiver passando por uma fase de outras mudanças, como retirada de fraldas ou um irmão a caminho, o melhor é adiar o desmame. Isso porque a criança pode se sentir mais estressada, dificultando o processo.

Diurno x noturno

A melhor maneira de iniciar o desmame é substituir a mamada da hora do almoço pela papinha, frutas e sucos naturais. No mês seguinte, a mamada que o bebê costuma fazer na hora do jantar também pode ser substituída por uma refeição salgada.

como fazer o desmame noturno

(Foto: Mush)

Se a mãe trabalha fora, pode amamentar o bebê ao acordar de manhã e antes de dormir. Se possível, é indicado armazenar leite para que possa ser oferecido ao bebê à tarde na mamadeira.

Quando a criança for maior, os intervalos das refeições podem incluir lanchinhos completos. Assim, com cerca de 2 anos, ela só vai mamar uma ou duas vezes, tornando mais fácil a retirada gradual à noite.

Como fazer o desmame noturno gentil?

O desmame noturno deve ser feito após o processo de desmame diurno. Veja algumas dicas de como proceder da maneira mais leve possível:

  • Evite que o bebê entre no sono mamando.
  • Quando a criança acordar, tente acalmá-la no berço.
  • Ofereça mamadas extras ao final do dia.
  • Peça para o pai atender o bebê e oferecer o leite materno em mamadeira.
  • Se precisar pegar o bebê no colo, prefira ficar em pé, evitando a posição que costuma estar quando oferece a mamada.
  • Muitas vezes o bebê só deseja ter contato com a mãe. Por isso, caso seja possível, deixe o berço próximo à cama.

Como aliviar a dor do desmame?

Muitas vezes acontece de a mulher se sentir culpada com a chegada do desmame. Afinal, amamentar é um momento especial onde se forma a ligação afetiva entre mãe e filho. Porém, é importante ver isso como um processo natural.

O vínculo com a criança vai continuar, mas será construído de outras maneiras. Para ajudar a superar essa fase, fortaleça a ligação com o seu filho por meio de músicas de ninar, um banho aconchegante antes de dormir e momentos gostosos no seu colo.

Leite empedrado depois do desmame

Com a interrupção das mamadas, a quantidade de leite materno começa a diminuir de forma natural. Isso acontece porque é a sucção do bebê que estimula a produção do leite. Ou seja, quanto menos mamar, menos leite é produzido pelo corpo da mãe.

leite empedrado

(Foto: Unaienses)

Quando o aleitamento é interrompido, pode levar a problemas como o acúmulo de leite nas mamas. Isso faz com que ele se torne mais viscoso e endureça, levando ao empedramento, o que resulta em sensação de dor e inchaço.

Para se sentir mais aliviada, faça uma massagem circular nas mamas usando o dedo médio e o indicador. Se sentir as mamas cheias, ordenhe e evite retirar todo o leite, pois isso vai fazer com que a produção seja estimulada de novo.

Outra dica é fazer compressas frias nas mamas, pois ajuda no alívio das dores e redução do inchaço. Elas devem ser aplicadas entre 10 e 15 minutos.

É normal produzir leite depois de parar de amamentar?

É normal sair leite da mama depois do desmame do bebê. O motivo para isso acontecer se deve à produção do hormônio prolactina, responsável pela produção de leite, que normalmente precisa de um tempo para se estabilizar.

Além disso, pode se tratar de uma secreção produzida pelo corpo para a limpeza dos dutos mamários, fazendo com que a mulher se confunda e acredite se tratar de leite.

Caso tenha dúvidas a respeito, consulte o seu ginecologista.

É importante entender que o desmame não acontece de um dia para o outro. Como foi mostrado, o processo pode acontecer de maneira tranquila, com paciência e muito amor, evitando sofrimento para a mãe e para o bebê.

Referências

revistacrescer.globo.com/Criancas/Desenvolvimento/noticia/2014/11/como-fazer-o-desmame-do-bebe-com-calma.html

gineco.com.br/saude-feminina/gravidez/qual-e-a-hora-certa-de-fazer-o-desmame-do-bebe

unimed.coop.br/web/metropolitanadoagreste/viver-bem/pais-e-filhos/a-hora-do-desmame

macetesdemae.com/desmame-noturno-gentil-dicas-para-ajudar-nesse-processo

leiturinha.com.br/blog/desmame