Cuidados com a pele do bebê no verão

Não são só os adultos que precisam redobrar os cuidados com a pele no verão, os bebês também precisam de atenção. A pele dos pequenos é ainda muito fina e sensível, por isso é preciso que os pais não descuidem do bem estar das crianças.

Se acostumando com o sol

Os pais não devem ficar excessivamente preocupados nem impedir que seus filhos saiam de casa. Mas o contato com os raios solares deve acontecer de maneira gradual. Se estiver na praia, por exemplo, o bebê deve expor primeiro suas perninhas ao sol e depois os bracinhos e tronco.

Para começar, 10 minutos diários são suficientes, até atingir 30. Os bonés e chapéus são aliados importantes para proteger o rostinho do bebê.

 Leia ainda: Incômodos normais do fim da gestação

Quando o sol é seguro?

Os bebês podem tomar sol, o que é até saudável para eles, mas isso deve acontecer apenas em horários seguros. O período que vai das 10 horas da manhã até 4 da tarde deve ser evitado.

Protetor solar

No verão, o protetor solar é indispensável para os pequenos. Na hora de comprar, os pais devem preferir os protetores infantis, que de fato apresentam composição mais adequada à pele dos pequenos, com menor chance de alergia – observe sempre os rótulos para evitar surpresas desagradáveis.

O protetor é indicado para crianças a partir dos seis meses de idade, não antes disso.

Como passar?

As alternativas em creme são melhores e mais eficientes para os bebês, e devem ser passadas por todo o corpo, espalhando bem. É bom esperar cerca de 30 minutos até que o produto seja totalmente absorvido.

Muitas crianças podem se negar a passar o protetor, e o segredo é fazer deste momento tão necessário, também algo divertido.