Copo de Transição ou Mamadeira: qual o melhor?

O copo de transição é um utensílio que costuma fazer parte de uma das fases da vida do bebê. Afinal, a criança deve ser estimulada a beber sozinha conforme vai se desenvolvendo.

Mas, devido à variedade de modelos disponíveis, dúvidas podem surgir sobre o copo de transição ideal. Isso porque, é importante que a criança se adapte da melhor maneira, de acordo com sua idade e habilidade.

Se você deseja saber sobre a introdução desse utensílio na rotina do seu filho, qual modelo escolher e se vale mesmo a pena, siga com a leitura para esclarecer essas e outras questões sobre o assunto.

O que é copo de transição ou treinamento?

Quando a mãe decide que está na hora do filho fazer a passagem do peito ou da mamadeira para o copo, a criança geralmente encontra certa dificuldade. Afinal, não é fácil segurar um copo comum com suas mãozinhas pequenas e a falta de habilidade.

É nesse momento que o copo de transição (ou de treinamento) é usado para ajudar a criança. Em geral, eles são feitos de plástico, possuem alças para segurar, bico macio ou rígido, e podem ter uma tampa para evitar que o líquido caia.

melhor copo de transição

(Foto: Philips)

A diferença principal para a mamadeira se encontra no bico do copo de transição, que contém mais furinhos. Dessa forma, o líquido sai com mais facilidade, fazendo com que o bebê não precise usar a sucção na hora de tomar o leite.

O uso do copo ajuda o pequeno a se acostumar ao uso de copos normais de uma maneira mais controlada. Além disso, contribui para o desenvolvimento da autonomia da criança, pois permite que ela mesma segure o objeto e beba sem o auxílio de um adulto.

Tipos de copos de transição e marcas

Embora similares, atualmente existem inúmeros tipos de copos de transição, que apresentam características e funções específicas. Isso depende do modelo e da marca.

Veja quais são os tipos de copos mais comuns para os bebês:

  • Com alças: ajuda a criança a segurar o copo com mais segurança. As alças podem ou não ser ergonômicas, de modo a se adaptar às mãos do bebê.
  • Antivazamento: desenvolvido para evitar acidentes com a criança, sem que ela acabe derramando o líquido sobre si mesma.
  • Com bico de silicone: o bico mais macio é recomendado para os bebês mais novinhos, facilitando a primeira transição para o copo. O bico pode ser adquirido separadamente e trocado quando necessário.
  • Com bico rígido: indicado para crianças mais velhas, quando já se acostumaram ao uso do copo com o bico de silicone.
  • Com canudo: ao invés de bico, o copo contém um canudinho para a criança beber. A adaptação pode ser mais difícil para as que ainda não estão habituadas a fazer a sucção do líquido.
  • Com válvula: o modelo permite optar pelo fluxo livre ou antivazamento, o que é feito removendo ou colocando a válvula. Assim o fluxo pode ser controlado, evitando a saída de um volume grande do líquido.
  • Copo 360º: não possui bico e ajuda os bebês mais novos a evitar o derramamento enquanto bebem em um copo aberto.

Cada criança pode se adaptar melhor a um determinado modelo de copo, por isso é preciso encontrar aquele que melhor se adequa às suas habilidades.

Após definir o tipo de copo de transição, o próximo passo é a escolha da marca:

Avent

Possui modelos com e sem bico. O bico branco é maleável, mas sem tentar imitar o mamilo, enquanto o verde é completamente rígido. Já o copo sem bico é indicado para a criança que vai começar o uso do copo normal.

copo de treinamento

(Foto: Babies Planet)

copo de transição ou mamadeira

(Foto: Babiez)

Nuk

Tem o frasco transparente, o que permite que a criança veja o que está tomando.

É fácil de lavar e os bicos de silicone têm corte bem fino, o que libera o líquido apenas com a sucção. Porém, o bico mole pode ser estragado facilmente pela criança.

nuk

(Foto: Mercado Livre)

tipos de copo

(Foto: BH para o Mundo)

MAM

Transparente e com bocal mais largo, tem válvula fácil de manusear e com ótima vedação. Possui bico macio e de fácil higienização. 

copo de transição mam

(Foto: Anne Claire Baby Store)

Ayoba

Copo transparente e fácil de higienizar. A desvantagem fica por conta do bico, que é frágil e pode ser facilmente destruído pela criança.

o que é

(Foto: ShopFácil)

Momma

O modelo vira-não-vira impede que o copo tombe, o que também faz com que as crianças achem divertido. O modelo é transparente, possui alças e canudo retrátil, que fica guardado dentro da tampa.

copo de transição momma

(Foto: Amazon)

Se você ainda está com dúvidas ou gosta de ouvir a opinião de outras pessoas, confira algumas dicas antes de escolher o copo de transição ou treinamento ideal para o seu bebê:

O que é melhor mamadeira ou copo de transição?

O uso do copo de transição é mais indicado do que a mamadeira quando se deseja evitar o desmame precoce. Isso porque, o uso de bicos artificiais pode resultar em uma confusão de bicos, fazendo com que o bebê abandone o seio materno.

Para que o copo de transição não provoque o desmame, é preciso que ele seja sem bico. Ou seja, o copo deve ser qualquer modelo infantil que não derrame, com ou sem tampa ou alças.

O uso da mamadeira pode dificultar a transição futura para o copo de transição devido à diferença de sucção. Porém, como as crianças gostam de imitar os adultos, elas podem estar mais inclinadas a usar o copo de transição, sem preferir a mamadeira.

Contraindicações

De acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde) o aleitamento materno deve ser feito exclusivamente até o bebê completar 6 meses de vida. Por isso, a primeira contraindicação é usar o copo de transição antes disso.

qual o melhor

(Foto: Blog da Leiturinha)

Os copos com canudos não são indicados para bebês muito novos ou para o uso diário. O motivo é porque eles fazem com que o bebê acabe forçando demais a musculatura.

Outra contraindicação do copo é quando a criança ainda não se sente à vontade com ele. Nesse caso, é preciso que a transição seja feita com mais calma, acompanhando o ritmo e personalidade de cada bebê.

O uso do copo de transição ajuda a trazer mais autonomia para a criança e contribui para o desenvolvimento das habilidades motoras e cognitivas. Por isso, quando o momento chegar, pode ser um utensílio de grande ajuda.