Como tratar as manchas da gestação

As manchas são muito comuns na gravidez, e ocorrem devido ao aumento dos hormônios que entram em ação para a transformação do corpo para que seja possível abrigar e formar uma nova vida.

Porém, existem alguns cuidados que podem evitar o surgimento de marcas – principalmente no rosto. Existem também alguns tratamentos estéticos que podem melhorar a aparência da mulher, e desde que feitos com o consentimento do médico que acompanha a gestação, aumentar também a beleza e a auto-estima.

 Leia ainda: Dicas para aliviar o calor durante a gestação

Mancha na pele durante a gestação: tratamento e prevenção

De acordo com dermatologistas, os cremes que possuem vitamina C na fórmula não interferem na gravidez e ajudam a clarear a pele – eles devem ser utilizados durante a noite.

Depois do parto, a mãe deve tomar cuidado para não escolher cosméticos que interfiram na amamentação. Um tratamento possível após o período da amamentação é o que utiliza ácido retinóico, que clareia as manchas. É necessário cuidado, pois durante a amamentação o ácido pode causar má formação e alteração do desenvolvimento.

Os peelings também devem receber o aval do médico da mulher. A mulher não deve ainda comprar cosmétidos sem orientação, já que eles podem conter substâncias não indicadas na fórmula.

Como a prevenção é a melhor maneira de evitar um problema, é fundamental que as gestantes façam uso de filtro solar com fator minimo de 15, que deve ser repassado ao longo do tempo. Se a exposição ao sol ou à luz fluorescente for por longo período, o fator indicado é o 30.

Outras marcas durante a gravidez

A gravidez pode também causar estrias nas mulheres que têm a pele bastante esticada com o crescimento do bebê no útero. A hidratação com óleos ajuda muito a prevenir, mas existem também tratamentos bastante simples e eficazes, como a drenagem linfática e massagem.


  • Adicione um comentário

    *