Como preparar a casa para chegada do bebê

A organização da casa é preciso ser preparada com antecedência para a chegada de um bebê, pois o ambiente do pequeno necessita de total segurança para o seu conforto e de sua família.

A atenção com a limpeza é fundamental. Evite muitas cortinas, tapetes e almofadas para não ocorrer a proliferação de ácaros e poeiras no ambiente.

Leia mais: Dúvidas sobre a transição do bebê para caminha

Os protetores de tomada não podem faltar na fase em que o pequeno começa a engatinhar.

Produtos de limpeza jamais devem estar ao alcance de criança. De preferência, armazene-os na parte mais alta do armário.

Não esqueça das facas e tesouras! Costumamos deixá-las em qualquer lugar, mas quando se tem um bebê é preciso guardá-las em gavetas mais altas e nunca em cima das bancadas.

Se possui piscina em casa, a proteja com cercas ou redes de proteção.

Foto:ordeneprotect

Foto:ordeneprotect

Nas janelas, use grades temporárias ou redes de proteção. A recomendação é instalar antes do pequeno começar a engatinhar.

Se mora em uma casa com escadas, não esqueça dos portões com travas. Escada é o lugar que possui mais risco para uma criança.

Móveis como, cadeiras, poltronas e bancos podem ser utilizados pelos bebês como escada. Durante este período, evite deixar esses móveis em locais onde você não possa visualizar com rapidez e frequencia.

Na sala, livre- se de objetos que podem se quebrar com facilidade. Enfeites, vasos e porta retratos de vidro ou porcelana precisam ser guardados por um tempo.

Para facilitar a vida das mamães, reserve uma gaveta para os utensílios do bebê. As mamadeiras, chupetas, pratinhos, copinhos, esterilizadores, copos e outros objetos guardados em um mesmo lugar contribuem na organização.

Atualmente, o mercado já oferece vários objetos destinados à segurança do bebê. Existe o kit de travas, grade de porta e cama, protetor de mesa, travas de portas, etc. Estes produtos são facilmente encontrados em lojas de departamentos.

Entre todos estes facilitadores, existe um que essencialmente não pode ficar de fora: A presença de um responsável sempre ao redor do bebê. Fica a dica!