Faz mal usar Bepantol em bebês?

O Bepantol está cada vez mais popular. Muitas mulheres têm usado o Bepantol Derma para hidratar a pele e também para cuidar dos cabelos – são muitas as maneiras de usar. Diante de tantas aplicações, como fica o uso nos bebês? Faz mal? As mães deve ter espacial cuidado com os produtos utilizados em seus bebês. O ideal é que sempre comprem produtos produzidos e destinados especialmente ao público infantil. É que nestes casos a fórmula é adaptada para as necessidades e especificidades dos pequenos, não causando efeitos indesejados. Veja a abaixo todas as informações importantes sobre o Bepantol, suas funções e como deve ser utilizado:

Bepantol em bebês

Segundo dermatologistas, o Bepantol não faz qualquer mal para o bebê desde nos pequenos seja utilizado o Bepantol Baby, que possui fórmula especialmente desenvolvida para agir na pele infantil. Dentre seus componentes estão dexpantenol, óleo de amêndoas doces, ceras e lanolina, que hidratam, previnem assaduras e protegem a pele do contato com urina e fezes das fraldas.

Leia ainda: Amamentação e o câncer de mama

Bepantol para as futuras mamães

As gestantes também possuem uma versão específica de Bepantol, o Bepantol Mamy, que promove a hidratação da pele e ajuda a prevenir o aparecimento das estrias.

Foto: static.

Foto: static.

Bepantol Derma

O Bepantol Derma é a versão mais tradicional do produto e também pode ser um aliado importante das gestantes e mulheres de maneira geral. Ele tem poderosa ação hidratante e pode ser usado em áreas ressecadas como  cotovelos, joelhos, cantinhos do nariz, cutículas e até mesmo lábios.

Reações e dúvidas

As mulheres devem sempre consultar seus médicos diante de dúvidas e possíveis reações do produto. É importante ainda consultar uma dermatologista para saber qual é o produto mais indicado para determinado problema. O Bepantol, por exemplo, não eficaz para clareamento de olheiras e axilas, como muitas pessoas acreditam.