Como organizar a rotina alimentar do bebê

A organização da rotina alimentar do bebê é indispensável para que ele não fique com fome e consequentemente irritado. Muitas mães têm dúvidas em relação ao assunto. Para ajudar, veja as dicas abaixo:

Recém-nascido

O bebê recém-nascido precisa ser amamentado várias vezes ao dia, pois seu estômago ainda é pequeno e não consegue armazenar uma grande quantidade de alimento. O indicado é amamentar de duas em duas horas. Para que a mãe esteja apta a amamentar tantas vezes, a dica é se hidratar bebendo muita água.

Conforme o bebê vai crescendo, a quantidade de mamadas e o intervalo entre elas diminui. O bebê começa a estabelecer seu ritmo com o bebê. Até os seis meses de idade, o único alimento oferecido ao bebê deve ser o leite materno – não é necessário oferecer sequer água.

 Leia ainda: O que fazer em caso de queda na gravidez?

Seis meses de idade

A partir dos seis meses, alimentos sólidos passam a fazer parte da dieta do bebê. Além do leite, papinhas de frutas e legumes, sucos e água devem ser oferecidos. Em relação aos horários, o ideal é dar o suco pela manhã e a papinha à tarde – estabelecer horários é importante.

Almoço e jantar

bebe comendo

Após a variação da dieta do bebê, uma rotina alimentar maior deve se estabelecer. A criança vai começar a almoçar. O ideal é que ela coma antes dos adultos, assim você terá tempo de alimentá-la com tranquilidade.

O melhor horário é entre 11 e 11 e meia. O cardápio deve contemplar, inicialmente legumes com uma pitada de sal. No início o bebê pode fazer cara feia, mas aos poucos vai se acostumar. Depois coloque no prato arroz, carne e verduras.

No mês seguinte, inclua também o jantar na rotina alimentar do bebê, entre 18 e 18 e meia. Depois do jantar, o bebê pode tomar um banho relaxante para dormir.