Como fazer limpeza de pele durante a gestação

Dentre as inúmeras mudanças sofridas pelas futuras mamães durante a gestação está o surgimento de cravos e espinhas. Mesmo mulheres que nunca tiveram acne podem acabar se incomodando com o excesso de oleosidade da pele. Os responsáveis? Mais uma vez os hormônios.

Cuidando da pele naturalmente

Alguns cuidados simples e algumas mudanças de atitude podem ajudar a controlar a acne e a garantir uma aparência mais bonita à pele. Ter uma rotina de sono, sempre dormindo e acordando no mesmo horário, e dormir em ambiente tranquilo, silencioso e ventilado ajudam.

Leia ainda: Esportes para praticar durante a gestação

A limpeza de pele é permitida?

Sim, a limpeza de pele é permitida, mas desde que não utilize qualquer ácido ou produto que possa prejudicar mãe e bebê. O procedimento é inclusive muito útil para remover cravos e espinhas e desobstruir os poros, mas não deve ser realizado mais do que uma vez por mês.

Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

O que evitar?

Além de ácidos e outros produtos que podem comprometer a saúde de mãe e bebê, a limpeza de pele em gestantes não deve utilizar aparelhos estéticos de alta freqüência, espoliantes e toxina botulínica.

Rotina diária de cuidados

Para ajudar no combate à acne, a mulher precisa criar uma rotina de cuidados. O primeiro deles é lavar o rosto diariamente com sabonete neutro para pele oleosa. Outro ponto importante é não tomar banhos quentes demais, já que as altas temperaturas estimulam deixam a pele ressecada.

A importância do protetor solar

Durante a gestação, podem surgir manchas na pele da mulher. Para se proteger e também para afastar a acne, é necessário passar protetor solar todos os dias – FPS 30 e proteção UVA. Após a limpeza, a pele fica sensível e ainda mais suscetível a manchas, por isso não abandone seu protetor solar.