Como escolher o canguru correto para o bebê

Os cangurus facilitam muito a vida das mães que querem transportar seus bebês por aí com mais praticidade e sem a necessidade de um objeto tão grande quanto o carrinho. Com o canguru, mamãe e bebê ficam bem juntinhos e as crianças se sentem seguras, protegidas e confortáveis. No entanto, nem todos os cangurus são ideais para as crianças ou para as mulheres. É preciso analisar bem antes da compra para adquirir o produto certo.

Você está pensando em adquirir um canguru? Sabe quais são as características que precisam ser avaliadas na hora da compra? Se você nunca pensou sobre o assunto, vai se surpreender com as informações que trazemos abaixo. Não deixe de se informar antes da compra:

Os cangurus

Não há mal nenhum em transportar o bebê em um canguru, ao contrário. Mas antes de comprar, é preciso analisar o produto para saber se ele não poderá oferecer riscos à mãe e bebê. Na hora da compra, é necessário avaliar muito mais do que apenas a marca e o preço. Existem muitas marcas conhecidas e de preços altos que não trazem todas as recomendações adequadas.

Leia ainda: Nomes de bebês para 2015 – masculino e feminino

Foto: cdn2.mamaeonline.

Foto: cdn2.mamaeonline.

A posição correta

Muitos bebês, conforme vão crescendo, querem ficam em uma posição mais ereta, virados para frente no canguru. Mas, esta postura não é adequada. Esta posição obriga o bebê a ficar com a coluna curvada ao contrário do que sua fisiologia exige. Além disso, a criança fica exposta a estímulos diretos para os quais sinda não possui defesa, sem proteção, já que não consegue se virar. Outro ponto é o incômodo para a mãe, que carrega o bebê. Ela tem que modificar sua postura para encontrar seu centro de gravidade e se equilibrar, o que causa problemas na coluna e ombros e força excessivamente o assoalho pélvico.

Cangurus ergonômicos

Procure por cangurus ergonômicos, nos quais o bebê fique com a perninha dobrada. A perninha reta pode provocar a abertura de sua bacia.