Colikids: Dosagem, efeitos colaterais, quanto tempo usar e armazenamento

O uso de Colikids, produto composto por probióticos, é recomendado pela maioria dos pediatras, pois age melhorando a flora intestinal de forma segura e eficaz.

As cólicas são motivo de grande desconforto e incômodo para os recém-nascidos, causando também preocupação para os pais que presenciam o sofrimento da criança.

Para esclarecer as dúvidas a respeito, confira a seguir quando deve-se usar Colikids, a quantidade recomendada e muito mais.

O que é Colikids?

Colikids é um produto em gotas feito à base de probióticos, que age equilibrando a flora intestinal das crianças. Os probióticos presentes em sua composição são os Lactobacillus Reuteri DSM 17938, microrganismos vivos que ajudam a manter a saúde no intestino.

Esses lactobacilos também são conhecidos como “bactérias do bem”, sendo um dos únicos probióticos presentes no trato intestinal dos seres humanos. Para ter o efeito desejado, é necessário que os probióticos sejam ingeridos na quantidade ideal e que cheguem vivos ao intestino, para que possam atuar no organismo.

Esse lactobacilo, que também está presente no leite materno, foi isolado no laboratório e usado para compor produtos que contribuem para o fortalecimento da flora intestinal.

Com base em testes laboratoriais, foi possível comprovar que os probióticos presentes no Colikids sobrevivem às enzimas e acidez do estômago, garantindo a sua segurança e eficácia para o uso em crianças, adultos e idosos.

Trata-se de um produto natural, o que é ideal para o uso em recém-nascidos, já que o organismo do bebê é ainda sensível e, por conta disso, é preciso evitar o uso de medicamentos químicos que possam prejudicar o seu desenvolvimento.

Para que serve

O Colikids tem como indicação principal repor a flora intestinal, contribuindo para diminuir o desconforto causado pelas cólicas, principalmente nos primeiros meses de vida do bebê.  Ele atua no combate aos gases em excesso, além de acabar com a diarreia e fortalecer as defesas do organismo, o que permite ter uma recuperação de forma mais rápida.

Como já foi citado, o leite materno possui lactobacilos que ajudam a manter o intestino do bebê saudável. Por isso, o Colikids apresenta um resultado mais rápido quando é oferecido para as crianças que se alimentam de fórmula artificial, já que proporcionará os lactobacilos que deveriam ser ingeridos por meio do aleitamento materno.

Dessa forma, é possível dizer que o Colikids ajuda na maturação do intestino do bebê, fazendo com que a digestão do leite consumido se torne mais fácil.

Como funciona no organismo

Nos primeiros meses de vida do bebê, seu organismo ainda não se encontra totalmente maduro, o que faz com que ele enfrente dificuldade em digerir o leite consumido. Por essa razão, é normal que eles acabem sentindo cólicas.

Os probióticos presentes no Colikids produzem substâncias que matam aquelas bactérias que podem provocar cólicas, evitando sua proliferação e proporcionando o equilíbrio da flora intestinal. Além disso, esses probióticos aderem ao revestimento interno do intestino, controlando a quantidade de microrganismos nocivos que se fixam nesse local.

Para que o probiótico seja eficaz, ele deve sobreviver à acidez existente no estômago após ser ingerido, chegando ao cólon em quantidade suficiente para que possam aderir à mucosa intestinal e assim contribuir para evitar a proliferação das bactérias nocivas à saúde.

Como usar o Colikids

O uso de Colikids deve ser feito da seguinte maneira:

  1. Agite bem o frasco antes de usar. Para formar as gotas, vire o frasco para baixo.
  2. Pingue as gotas em uma colher ou diretamente na boca do bebê.
  3. Quando a criança já for maior de 6 meses, o produto pode ser misturado em um pouco de líquido frio ou em temperatura ambiente (como leite, por exemplo).

É importante ressaltar que Colikids não deve ser misturado a líquidos ou alimentos quentes, pois pode danificar os Lactobacilos, que devem ficar ativos ao alcançar o intestino do bebê.  Também vale lembrar que esse produto deve ser sempre usado sob indicação de um pediatra.

Armazenamento do Medicamento

Após aberto, o frasco deve ser mantido na geladeira, o que evita que os lactobacilos sejam danificados.

A embalagem do Colikids possui um filme plástico que tem a finalidade de proteger o produto da umidade, garantindo sua validade dentro do prazo em temperatura ambiente. Por esse motivo, essa proteção não deve ser ingerida ou mastigada.

Posologia: quantas vezes ao dia dar Colikids?

Segundo a bula, o recomendado é usar 5 gotas do produto por dia, sem ultrapassar essa quantidade. Alguns profissionais indicam o uso direto das 5 gotas, enquanto outros recomendam tomar 3 gotas e depois mais 2.

É importante que o pediatra informe como será feita a dosagem e como ela será distribuída ao longo do dia, o que vai depender da sensibilidade que a criança tem ao produto.

Por quanto tempo posso usar Colikids?

Como o Colikids se trata de um probiótico, o recomendado é que o seu uso seja feito como um tratamento, e não apenas para aliviar a cólica de imediato. Esse produto leva algum tempo para começar a fazer efeito no organismo do bebê, o que pode ir de alguns dias a semanas.

O motivo para isso é que, para que possa surtir efeito, é necessário que os lactobacilos povoem o intestino do bebê. Por essa razão, muitas vezes pode acontecer de a mãe desistir de usar Colikids por achar que ele não está agindo de forma a melhorar o desconforto do bebê.

Alguns pediatras recomendam que o uso de Colikids seja feito já nos primeiros meses de vida do bebê, para que assim ele comece a fazer efeito no momento ideal, já que o tratamento já está sendo feito.

bebe chorando de colicas

Foto: Mom Junction

Colikids x recém-nascido

Os recém-nascidos são os mais afetados pela cólica, o que acontece por causa da imaturidade do seu aparelho intestinal. Por serem ainda muito frágeis, o uso de medicamentos deve ser evitado ao máximo, para que não acabe causando danos ao organismo.

O uso de Colikids é geralmente receitado pelo pediatra, sendo fundamental a indicação de um profissional antes de oferecer o produto ao bebê. Ele pode ser usado de forma segura desde recém-nascidos até quando o bebê se aproxima dos 3 anos de idade. As crianças que passam por tratamentos médicos muitas vezes recebem a indicação do Colikids para evitas as cólicas.

Assim como os bebês que mamam no peito, os que nasceram de parto normal têm contato com os lactobacilos, ao contrário dos que nascem via cesariana. Por esse motivo, recém-nascidos por cesariana podem ter uma necessidade maior do uso dos probióticos presentes no Colikids.

Efeitos Colaterais e Reações

Quando usado na dose que está indicada em sua bula, o produto não traz efeitos colaterais. Porém, seu uso não deve ser feito por quem apresenta alergia aos componentes.

Alguns medicamentos para cólica podem apresentar efeitos colaterais, como sonolência, por exemplo. Entretanto, por ser um produto feito à base de probióticos (ou seja, não apresenta uma composição sintética ou tóxica), o uso de Colikids não resulta em nenhum tipo de efeito colateral grave.

Colikids não atua como um analgésico, mas consiste em um tratamento a médio prazo, evitando a formação excessiva de gases e, consequentemente, reduzindo a sensação de cólica. Por isso, não se deve jamais aumentar a dosagem esperando que isso traga resultados mais rápidos.

Contraindicação

Por conter lactobacilos vivos em sua composição, o Corikids não é um produto indicado para as pessoas que são alérgicas aos seus componentes.

No caso de a criança apresentar alguma reação ao ingerir o medicamento, o seu uso deve ser suspenso e o médico informado o mais breve possível.

Superdosagem

Em caso de ocorrer uma superdosagem de Colikids, não se deve nunca tentar induzir o vômito, oferecer leite ou água para o bebê. A criança deve ser levada ao pronto-socorro imediatamente, lembrando de também levar a embalagem do produto.

Através do número 0800 148 110, é possível entrar em contato com o Centro de Assistência Toxicológica para receber informações gratuitamente.

mae com bebe no colo recem nascido

Foto: nutriklub.cz

Qual melhor horário para dar Colikids?

Como o uso do Colikids leva o bebê a fazer cocô em algumas horas, o ideal é que ele seja ingerido no período do dia. Isso evita que seja necessário fazer a troca da fralda durante a madrugada.

Colikids funciona mesmo?

Esse medicamento para cólica de bebê é recomendado pelos pediatras, que aprovam a sua eficácia. Ele possui uma composição diferente do Luftal e Mylicon, pois é feito de probióticos que ajudam no amadurecimento da flora intestinal do bebê.

Como esse produto é considerado como sendo um tratamento, não proporcionando um alívio imediato, acontece de algumas mães acreditarem que ele não está surtindo o efeito desejado. Porém, o seu efeito no organismo ocorre entre 7 a 10 dias de uso e, em alguns casos, pode levar semanas.

Colikids ou Colic Calm?

O Colikids e o Colic Calm são produtos diferentes, tanto em relação à composição quanto ao objetivo. Enquanto o Colikids consiste em um probiótico (ou seja, que promove o aumento da quantidade das “bactérias boas” presentes no organismo), o Colic Calm trata-se de um produto homeopático, feito exclusivamente com o uso de produtos naturais, como camomila, erva-doce, hortelã, gengibre, erva-cidreira e carvão vegetal.

Por ser um medicamento que oferece um resultado de forma instantânea, o Colic Calm é muito recomendado por pediatras, sendo considerado o medicamento mais utilizado no mundo para o combate da cólica em bebês. Além disso, ele tem um sabor suave que agrada os bebês e ajuda a ajustar o organismo para o consumo de novos alimentos.

O Colic Calm (que é fabricado apenas nos Estados Unidos) age apenas no momento da dor, trazendo o alívio para os gases e dor no estômago do bebê. Por outro lado, o Colikids atua como um tratamento, que vai ajudar a tornar o intestino da criança mais fortalecido contra a presença das bactérias patogênicas.

Como cada um desses medicamentos possui uma ação diferente, muitos pediatras acabam recomendando o uso de ambos de forma simultânea.

colikis contra colicas

Foto: Irelands Baby

Quanto custa?

O Colikids pode ser adquirido em qualquer farmácia pelo preço médio de R$ 70,00. Muitos pais reclamam do preço, alegando que esse valor se deve apenas à alta procura do produto, já que se trata de um remédio contra cólica que é muito indicado pelos pediatras.

Porém, o lado positivo é que o frasco, que contém 5ml, tem uma durabilidade grande. Ele também pode ser comprado pela internet, onde é necessário se atentar ao valor do frete na hora de adquirir.

Como evitar a cólica nos bebês

Como o efeito do Colikids não é imediato, é importante tomar algumas atitudes que ajudam a prevenir a cólica. Se o modo como o bebê pega no peito estiver sendo feito de forma incorreta, por exemplo, ele vai engolir ar enquanto mama. Esse acúmulo de ar no intestino irá provocar as cólicas.

O bebê deve estar bem posicionado em frente ao peito e abocanhar toda a auréola ao redor do bico para evitar engolir ar enquanto mama.

Para entender se o bebê está sentindo cólica, é preciso prestar atenção a alguns indícios:

  • O bebê chora e aparenta estar bastante incomodado.
  • Enquanto chora, o bebê encolhe as perninhas, movimento feito para tentar aliviar o incômodo.
  • O choro pode se prolongar por mais de uma hora e ser bem intenso.

Para ajudar a aliviar a cólica, o indicado é fazer uma massagem leve na barriguinha do bebê com movimentos circulares. O melhor é que a massagem seja feita com as mãos mornas para que, dessa forma, seja possível transmitir o calor das mãos para o bebê, ajudando a diminuir o desconforto.

Outra forma é usar uma bolsa de água quente nessa região, sempre lembrando de verificar se a temperatura está adequada para evitar queimar a pele do bebê. Também pode-se fazer movimentos de esticar e contrair as perninhas ou dar um banho de ofurô, além de fazer com que o bebê arrote após mamar.

Como o bebê possui um organismo frágil, qualquer medicamento deve ser oferecido a ele apenas em último caso e sempre com orientação do pediatra.


  • Add Your Comment