Search
Search
X

Banho de luz no bebê: para que serve e quanto tempo devo fazer?

Ao contrário do que muitas mães pensam, o banho de luz é um procedimento simples, que não causa dor ao recém-nascido

O banho de luz é um tratamento dado ao recém-nascido quando ele apresenta uma tonalidade amarelada na pele. Veja o motivo para que isso aconteça e porque o tratamento é indicado.

O que é banho de luz?

O banho de luz é um tratamento comum dado a bebês prematuros e também aos bebês que nasceram no tempo certo, mas apresentam icterícia neonatal. A Icterícia não é considerada uma doença e ocorre em cerca de 50% dos bebês, com mais chance de se manifestar em bebês prematuros.

Essa alteração fisiológica é também chamada de amarelão, justamente por deixar o recém-nascido com uma tonalidade amarelada na pele e também no branco dos olhos. A cor amarela se manifesta primeiro no rosto, entre o segundo e terceiro dia após o nascimento do bebê. Em seguida, se espalha para o tórax, abdome e pernas.

Isso acontece por causa de um acúmulo de bilirrubina no sangue, pois o fígado apresenta dificuldade em absorver toda essa substância de cor amarela, que acaba se acumulando no sangue.

Banho de luz em recém-nascido

Em geral, a tonalidade amarelada acaba regredindo por conta própria, por volta do décimo dia do nascimento do bebê. Quando isso não acontece, é necessário que o bebê receba o banho de luz, ou fototerapia.

Para identificar o nível de concentração da bilirrubina, é feito um exame de sangue quando o amarelão é notado, sendo então definido o tratamento adequado.

banho de luz em bebes com icterícia

Foto: RM Healthy

Para que serve?

O banho de luz é necessário quando a icterícia não reduz sozinha. Isso porque, se a bilirrubina ultrapassar os limites toleráveis, poderá se acumular no cérebro do bebê, causando danos permanentes no sistema nervoso e afetando o seu desenvolvimento.

Porém, as chances de chegar a esse nível são bem raras, ocorrendo apenas se a mãe não informar ao médico sobre o surgimento do amarelão no bebê.

O objetivo do banho de sol é converter a bilirrubina acumulada na pele numa outra substância não prejudicial, fazendo com que a coloração do bebê volte ao normal.

Por que dar banho de luz no bebê ajuda no tratamento?

O banho de luz no bebê é feito através de luzes azuis, que ajudam a metabolizar a bilirrubina e a transformar em substância não-tóxica, sendo então excretada pelo fígado. O bebê é exposto a esse tratamento diariamente, até que os níveis da substância estejam seguros.

foto bebe com amarelão

O banho de luz é realizado diariamente durante o tratamento da icterícia até que a criança volte à coloração normal (Foto:Science News)

Como fazer banho de luz no bebê?

Quando a icterícia no bebê apresenta um nível bem leve, é possível que o médico indique somente um banho de sol. Nesse caso, ele poderá ser feito no colo da mãe, deixando o bebê com o rosto contra o sol de modo que não atinja os seus olhos. É importante que o clima não esteja frio e que não haja vento.



No caso de fazer banho de luz no hospital, o bebê é colocado em um berço sem roupinhas e com os olhos cobertos por uma máscara protetora, recebendo uma fonte de luz azul.

Quanto tempo expor o bebê à luz? Quantos minutos por dia?

No hospital, o tratamento leva cerca de 2 a 7 dias, dependendo da necessidade.

O banho de sol deverá ser feito por cerca de 15 minutos de manhã e à tarde, sempre antes das 10h e após as 16h. É importante respeitar os horários do banho de sol, pois se não for feito dentro do horário recomendado, pode trazer riscos causados pela exposição solar.

Confira nesse vídeo o banho de sol do pequeno Vinícios, na maternidade Santa Lúcia:

Banho de luz no bebê: para que serve e quanto tempo devo fazer?
Avalie esta matéria!






Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*