Chás de plantas contraindicados durante a gestação

Os chás são sempre utilizados e apreciados em gostosos encontros com amigas, em tardes frias e noites em que se quer relaxar. Se você gosta da bebida e a aprecia com frequência, precisa saber que durante a gestação é preciso ter alguns cuidados a mais. É que nem todos os chás são indicados para o período: algumas ervas podem fazer mal à gestação e ao bebê.

O primeiro trimestre

O primeiro trimestre da gestação é bastante delicado e merece mais atenção. Nele, órgãos e sistemas importantes do bebê começam a se formar. Por isso, o cuidado tem que ser redobrado. Nestes três meses, não é indicado ingerir chá de qualquer erva que não seja segura, ou seja, que não possua estudos conclusivos mostrando que não fazem qualquer mal à gravidez.

Leia ainda: Amamentação e o câncer de mama

Foto: wpmedia.

Foto: wpmedia.

Atenção redobrada

Quando a orientação é de atenção redobrada, a mulher deve realmente tomar mais cuidado. É que algumas ervas bastante comuns e populares estão incluídas na lista de ervas contraindicadas. Sabe aquele chá que você está acostumada a beber e que nunca te causou qualquer efeito colateral? Pois é, agora é necessário verificar se esta erva oferece risco à gestantes.

Riscos

Muitas são as ações negativas que as ervas podem causar. Alguns dos efeitos negativos são estímulo e relaxamento do útero, aborto, hemorragias, diarreia, enjoos, vômito, cólicas, contrações, malformação do bebê. Mulheres que estão amamentando também precisam ter cuidado. É que algumas ervas podem inibir a produção de leite materno e ainda deixá-lo com gosto alterado.

Ervas contraindicadas

Dentre as ervas contraindicadas na gestação estão: Achillea millefolium (Mil folhas), Allium sativum (Alho), Aloe sp. (Babosa), Anemopaegma sp (Catuaba), Angelica archangelica (Angélica européia), Angelica sinensis (Angélica chinesa), Arctium lappa (Bardana), Aristolochia sp. (Jarrinha, Mil folhas), Arnica montana (Arnica), Baccharis sp. (Carqueja), Brassica alba (Mostarda), Chenopodium ambrosioides (Erva de Santa Maria / Mastruço), Coix lacrima-jobi (Lágrimas de Nossa Senhora) e Coleus barbatus (Boldo).